Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Cultura

Estudar no exterior faz bem ao cérebro e aumenta a criatividade

Deby Pimentel postou em 24 nov 2017

Fazer um intercâmbio é sempre emocionante. Passados os perrengues financeiros e o tempo com o planejamento, é hora de absorver as possibilidades – entre elas a vivência com pessoas de hábitos diferentes e os relacionamentos interculturais… Mas calma, não estamos falando da vida amorosa. Adaptar-se a novas situações é um dos maiores estimulantes do cérebro durante o intercâmbio, já que entender uma nova cultura significa não só mudança de hábitos, mas revisão de valores. Essa mudança de mindset coloca o expatriado em novas situações que, muitas vezes, podem ser extremamente desafiadoras, o que o força a pensar novas atitudes, tornando-o mais criativo.

Um estudo publicado no Journal of Personality and Social Psychology por William W. Maddux e Adam D. Galinsky, propôs diversos testes com estudantes para medir a criatividade e a relação dela com pessoas que viveram fora de seus país natal. Basicamente, foram dois tipos de exercícios.

O primeiro envolvia graduandos na solução de um exercício de lógica. Nele, 60% dos estudantes que viveram fora conseguiram o resultado, enquanto 40% que não viveram a experiência finalizaram a proposta sem sucesso. Em outro teste, estudantes de MBA tiveram que propor uma solução para um grande business. Foram criados grupos com pessoas que viveram no exterior – os quais 70% obtiveram o resultado esperado – e grupos com pessoas que nunca viveram – destes, nenhum conquistou o objetivo.

Em tese, segundo os pesquisadores, não foram os resultados que comprovaram a ligação entre a criatividade e o fato de morar no exterior, mas sim que em ambos os testes, estes viajantes utilizaram a criatividade e a flexibilidade para chegar ao objetivo.

Criatividade: diante das novas possibilidades, o indivíduo amplia sua visão de mundo, com uma mente mais aberta. Crédito: Depositphotos/Rawpixel

Criatividade: diante das novas possibilidades, o indivíduo amplia sua visão de mundo, com uma mente mais aberta. Crédito: Depositphotos/Rawpixel

Flexibilidade é a chave para o sucesso do intercâmbio

Além da criatividade, uma pessoa que se expõe a um novo contexto cultural se torna ainda mais flexível durante a experiência. “A noção de certo ou errado muda de cultura para cultura”, lembra a psicóloga e coach especializada em intercâmbio Lilian Sousa. Segundo ela, diante das novas possibilidades, o indivíduo amplia sua visão de mundo, tornando-se open minded, ou sejam, mais aberto para o novo, pois se vê na necessidade de experimentar a todo o tempo, além de quebrar os próprios paradigmas e criar competências antes desconhecidas, exercitando o cérebro, pois é preciso focar em soluções.

Não é incomum, por exemplo, observar expatriados se descobrindo e se reinventando durante a estadia em outros países, inclusive apostando em trabalhos mais simples, como o caso de muitos intercambistas que acabam enveredando por carreiras completamente diferentes das que atuavam em seu país de origem. Tana Storani, por exemplo, antes de se tornar uma Coach de Carreira e LinkedIn Expert, assim como muitos outros estudantes, também atuou como garçonete na Irlanda e ressalta que foi um período de grande aprendizado.

Para garantir a empregabilidade, muitos brasileiros acabam enveredando por diferentes áreas. Crédito: Depositphotos/racorn

Para garantir a empregabilidade, muitos brasileiros acabam enveredando por diferentes áreas ou criando seu próprio negócio. Crédito: Depositphotos/ racorn

O empreendedorismo é outra vertente que muitos tendem a desenvolver durante uma temporada no exterior. Aqui na Irlanda, por exemplo, nos últimos anos, tem sido cada vez mais comum encontrar brasileiros empreendedores,  já que a questão da empregabilidade é um dos grandes desafios dos expatriados. O brasileiro Vilar Cunningham, após alguns anos na Irlanda, percebeu que existia uma carência nos sites de relacionamento para lésbicas  no país e decidiu criar um aplicativo exclusivo para esse público, o Les Girls App. “Criei o app principalmente para permitir que mulheres paquerassem entre si, sem terem que se preocupar com possíveis perfis fakes de homens, algo muito comum”, conta.

Criatividade e Originalidade

Fluência Ideacional é o termo utilizado pelos estudiosos sobre as pessoas criativas que possuem um grande número de ideias para um único problema. Isso porque elas são testadas o tempo todo, o que a leva à originalidade, ou seja, quanto mais você se torna flexível e original, mais qualidade terá na solução dos seus problemas!

Todos esses fatores que tiram a pessoa da zona de conforto resultam na habilidade de adaptar-se às adversidades. De acordo com a psicóloga Lilian Sousa, encarar isso com flexibilidade será menos traumático e ajudam a aumentar as possibilidades até mesmo na vida profissional. “Essa experiência amplia o senso de equipe, seja no mercado de trabalho, com família ou parceiro”, explica. Eis porque os recrutadores apreciam a experiência no exterior dos candidatos.

Morar com outros estrangeiros também irá estimular a descoberta e o desenvolvimento de novas habilidades e competências. Crédito: Shutterstock

Morar com outros estrangeiros também irá estimular a descoberta e o desenvolvimento de novas habilidades e competências. Crédito: Shutterstock

É esse exercício da convivência e de vencer os obstáculos que também irá estimular o seu processo de amadurecimento, pois a busca pelo conhecimento é uma constante. “Durante o intercâmbio, a pessoa aprende a focar na solução. De um jeito ou de outro (com a mente aberta, criatividade e flexibilidade aguçadas), vai ter que dar certo!”, finaliza Lilian.

Esta publicação é um oferecimento da BookALanguageSchool.com.

A BookALanguageSchool.com trabalha com transparência, versatilidade, objetividade e paixão pelo o que faz. A missão da agência é tornar o processo de intercâmbio fluído e simples. Se interessou? Solicite um orçamento sem compromisso através do formulário do E-Dublin.

Imagens via Depositphotos / Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Jornalista com MBA em Marketing e Empreendedorismo, Débora Pimentel é uma paulistana apaixonada por fotografia, gastronomia e tecnologia. Uma virginiana que adora novas culturas e desafios. Acredita que a informação é sempre a melhor maneira de transformar sonhos em possibilidades.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio

Recentes e populares

Dicas de Viagem

Saiba como viajar barato para os Estados Unidos

3 dias atrás, por Elizabeth Gonçalves
Cultura

10 coisas imperdíveis para curtir na Irlanda em dezembro

6 dias atrás, por Elizabeth Gonçalves
Publicidade

Mude sua Vida em 2018

1 semana atrás, por Publicidade E-Dublin
Eventos e Festivais

5 mercados de Natal imperdíveis na Irlanda

2 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Agenda Cultural

16 atividades para você curtir em dezembro na Irlanda

2 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Galway

É possível juntar dinheiro durante o Intercâmbio?

2 semanas atrás, por Alessandra Karla Leite
Cultura

Conheça a famosa Casa Georgiana Nº29 em Dublin

2 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin
Economia

Saiba como aproveitar a Black Friday na Irlanda

3 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Clima

5 dicas para encarar o inverno irlandês

1 mês atrás, por Deby Pimentel
Saúde

Depressão? Onde procurar ajuda na Irlanda?

1 mês atrás, por Deby Pimentel