Europa abrirá fronteiras para 14 países, mas Brasil fica de fora

Europa abrirá fronteiras para 14 países, mas Brasil fica de fora

Rubinho Vitti

3 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

As fronteiras da Europa estão fechadas para países estrangeiros há quatro meses. O conselho da União Europeia, porém, definiu uma lista de 14 países de onde será possível seus moradores aterrissar ou desembarcar em terras europeias. Um 15º país, a China, pode entrar na lista se houver um acordo de reciprocidade.

A Irlanda não entrou na lista dos países da UE que vão abrir as fronteiras para esses países (leia mais aqui).

A proibição segue nos outros países não europeus. Da América Latina, apenas o Uruguai consta na lista. Grandes países como EUA, Brasil e na Rússia, onde a epidemia do Covid-19 não está controlada, estão fora, como já era esperado.

Autoridades da UE discutiram muito o assunto e definiram na sexta-feira sobre quais países entrarariam na lista ou não. A lista deve ser revisada a cada quinzena, à medida que o retorno do turismo internacional da Europa se abre gradualmente.

Viajantes de 14 países não europeus poderão viajar para a Europa a partir de 1º de julho. Foto: Ashim D’Silva/Unsplash

Lista de países de onde é possível viajar para a Europa:

  1. Argélia
  2. Austrália
  3. Canadá
  4. Geórgia
  5. Japão
  6. Sérvia
  7. Coreia do Sul
  8. Montenegro
  9. Marrocos
  10. Nova Zelândia
  11. Ruanda
  12. Tailândia
  13. Tunísia
  14. Uruguai

Leia também: Coronavírus: proibição de aumento de aluguel e despejo é estendida até 20 de julho na Irlanda

Os moradores de países que estão na “green list” não precisarão seguir restrições anteriormente impostas, como quarentena de 14 dias, para viajar a países da Europa. Porém, essas regras poderão ser definidas dependendo do país de destino.

A lista vale para as 27 nações da União Europeia e as quatro outras que fazem parte da “Schengen area”. Qualquer pessoa do Reino Unido será tratada da mesma maneira que os cidadãos da UE até o final do processo de transição do Brexit, em 31 de dezembro.

Os países incluídos na lista foram selecionados com base na confiabilidade de seus dados, na probabilidade de reciprocidade e nas taxas de infecção (16 casos por 100 mil habitantes).

Irlanda deve lançar ‘green list’ nos próximos dias

Em seu último discurso como primeiro-ministro, Leo Varadkar prometeu “green list” de países que podem visitar a Irlanda sem fazer quarentena até 9 de julho. Foto: Merrion Street

A Irlanda deve seguir a linha de raciocínio do UE para permitir que viajantes sejam bem-vindos à ilha. O governo confirmou que as restrições de viagem entre a Irlanda e alguns países serão relaxadas em julho, contando países europeus.

Segundo o ex-primeiro-ministro irlandês, em seu último discurso no cargo antes de Micheál Martin assumir o posto no último sábado, a “green list” será publicada até 9 de julho, e será atualizada a cada duas semanas. Sendo assim, pessoas que viajam para esses países não precisarão fazer quarentena de 14 dias ao voltar à ilha. A expectativa, claro, é que os países liberados pela UE entrem nessa lista.

Leia também: Conheça todos os pontos da 3ª fase de flexibilização do lockdown

“Não há critérios únicos, mas haverá uma mistura de critérios epidemiológicos que serão usados ​​para criar essa lista de países”, afirmou Varadkar, dizendo ainda que caso um país acabe tendo uma “segunda onda” ou “picos específicos”, eles também podem ser retirados da lista.

Segundo Varadkar, com a “green list”, o controle nos portos e aeroportos serão aumentados.

Veja também

Tudo sobre o sistema de saúde na Irlanda

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar