Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Sua Carreira no Exterior

Evento conta como está o mercado para engenheiros na Irlanda

Deby Pimentel postou em 09 dez 2017

Conquistar uma vaga no mercado formal na Irlanda e, mais que isso, trilhar o caminho do sucesso na carreira profissional internacional. Se essa é sua meta e se você é um engenheiro, esse texto é para você, pois o mercado na Irlanda continua a crescer, além de estar aberto a estrangeiros.

Demanda para profissionais de Engenharia

Engenheiros estão em todas as etapas de produção da Economia. Crédito: Leowolfert | Dreamstime

Engenheiros estão em todas as etapas de produção da Economia. Crédito: Leowolfert | Dreamstime

A área de Engenharia, de um modo geral, costuma ser um termômetro da economia mundial por ser um item preponderante em diferentes etapas da cadeia de produção.

Se uma empresa de tecnologia quer expandir, além dos engenheiros ligados à área, precisará de pessoas da construção. Em caso de expansão populacional, a infraestrutura (habitação, trânsito, transporte, entre outros) também precisará. Assim também ocorre com a agropecuária, que ao receber novos insumos para o desenvolvimento, engenheiros igualmente serão chamados e, logo, como a Engenharia é muito abrangente, sempre haverá vagas para diversas especialidades.

Esse panorama é exatamente o que ocorre na Irlanda. Com a retomada do crescimento econômico, diversas áreas de Engenharia começaram a contratar no país – e pelo visto isso vai longe. Atualmente, o mercado oferece oportunidades com salário anual em torno de 45 mil euros, assim como tem aumentado a contratação de estrangeiros, já que a engenharia está na lista de Critical Skills.

Engenheiros brasileiros em evidência

Segundo a brasileira Regiane Vasconcelos, da área de novos negócios do Engineers Ireland, uma das instituições da Irlanda responsáveis pelo reconhecimento dos profissionais de Engenharia (o equivalente ao Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura/CREA, no Brasil), atualmente, 20% dos novos membros de 2017 da instituição são estrangeiros. “Isso demonstra que o mercado está aberto para a mão de obra de expatriados, seja com vistos sponsored (patrocinados pelo contratante) ou mesmo para aqueles com cidadania europeia”, revela Regiane.

Embora na Irlanda a atuação do engenheiro é permitida sem a afiliação a uma instituição reconhecida, tornar-se membro de alguma delas, como o Engineers Ireland, ou o Irish Aviation Authority (específico para aviação e afins), entre outros, facilita a contratação. Isso porque estas entidades conferem autoridade sobre a formação do profissional, dando um título a ele, como Engenheiro Civil pelo Engineers Ireland, por exemplo. “Sem contar que algumas empresas exigem a afiliação, uma espécie de título profissional”, ressalta Regiane.

A reputação dos brasileiros no mercado de Engenharia é outro ponto a ser levado em consideração para quem está pensando em investir numa carreira internacional no exterior. Regiane lembra que a formação do profissional brasileiro, além da qualidade, leva o estudante a atuar e iniciar a experiência ainda durante o curso, uma vez que o estágio é uma exigência no sistema de educação do Brasil.

Networking é fundamental para o sucesso profissional no exterior. Crédito Rawpixelimages | Dreamstime

Networking é fundamental para o sucesso profissional no exterior. Crédito Rawpixelimages | Dreamstime

Portanto, além do idioma, de pesquisar sobre sua área de atuação e o mercado que pretende atuar, não se esqueça de trazer o diploma e o histórico escolar juramentados por um profissional gabaritado.

Networking

Para estimular ainda mais o movimento de contratação de engenheiros brasileiros na Irlanda e orientar estes profissionais, o engenheiro brasileiro Herick Silva, que trabalha em Dublin e já nos contou essa experiência aqui no E-Dublin, juntamente com o Engineers Ireland, realizam no próximo dia 12/12 o evento “Engenheiros Talks”.

O evento gratuito ocorrerá em dois formatos (presencial e online) e terá uma série de palestras com temas como o mercado de engenharia na Irlanda para estrangeiros, dicas sobre a importância do LinkedIn e do networking para o processo de seleção (com a coach brasileira Tana Storani), além de cases de brasileiros que já atuam na Irlanda. Inscrições gratuitas pelo site www.engenheirostalks.com.

Engenheiros Talks
Dia 12/12, a partir das 5:30 pm (Irlanda) e 4:30 pm (Brasil)
22, Clyde Rd, Dublin 4

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Jornalista com MBA em Marketing e Empreendedorismo, Débora Pimentel é uma paulistana apaixonada por fotografia, gastronomia e tecnologia. Uma virginiana que adora novas culturas e desafios. Acredita que a informação é sempre a melhor maneira de transformar sonhos em possibilidades.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Publicidade

Mude sua Vida em 2018

13 horas atrás, por Publicidade E-Dublin
Cultura

Irlanda, álcool e mulheres

6 dias atrás, por Deby Pimentel
Dicas de Viagem

5 destinos para curtir neve na Europa

7 dias atrás, por Elizabeth Gonçalves
Publicidade

Seu intercâmbio na Irlanda de cara nova

1 semana atrás, por Publicidade E-Dublin
Saúde

Hospitais irlandeses aumentam taxa de atendimento emergencial

2 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Essenciais

P60 e reembolso do imposto de renda na Irlanda

2 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Curiosidades

Trinity College: a Universidade mais antiga da Irlanda

3 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin
Irlanda

Conheça Waterford, a cidade mais antiga da Irlanda

4 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin
Serviços

Saiba o que funciona ou não neste fim de ano em Dublin

4 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Meu Intercâmbio

A saudade é algo que persiste no intercâmbio

4 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin