Como entrar em uma faculdade de Engenharia na Irlanda

Como entrar em uma faculdade de Engenharia na Irlanda

Karina Moura

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Já pensou em entrar para faculdade de engenharia na Irlanda? Esse é um dos cursos de graduação mais procurados no mundo pelos estudantes, segundo última pesquisa da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico — OCDE (2019). No entanto, na Ilha Esmeralda, existe uma escassez de profissionais graduados na área, e isso significa que, daqui a algum tempo, não haverá mão de obra qualificada no país.

Nos últimos cinco anos, segundo relatório do Engineers Ireland, instituição que representa e registra os engenheiros na Irlanda (o equivalente ao Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura/CREA, no Brasil), houve uma redução de 55% no número de graduados em engenharia civil e de construção, mesmo com um aumento de 48% no número de ingressantes em cursos de ensino superior nessas áreas.

A realidade atual é que o número de alunos que entram nos setores de engenharia e tecnologia de terceiro nível precisa ser muito maior para atender às necessidades atuais e futuras da Irlanda. Esse é um bom momento para o setor e os recém-formados, pois houve um salto nos salários iniciais e muita oferta de emprego.

Leia também: Faculdade na Irlanda: cursos, universidades e processos seletivos


Todo esse cenário tem despertado o interesse de muitos estudantes estrangeiros que desejam ter uma graduação e experiência internacional na área de engenharia.

As universidades e institutos de tecnologia do país ofertam uma ampla variedade de cursos de engenharia que custam, em média, entre 9 mil e 25 mil euros a anuidade. O valor também vai depender se o candidato é cidadão europeu ou não, se a universidade tem uma alta qualidade de ensino e da localização da cidade.

Tudo isso precisa ser levado em consideração na hora da escolha da instituição de ensino.

Se você sonha entrar para uma faculdade de engenharia na Irlanda, o E-Dublin vai mostrar como se candidatar e passar um monte de informação relevante para começar o seu planejamento. Vamos nessa?

Como entrar em uma faculdade de Engenharia na Irlanda?

Photo by ThisisEngineering RAEng on Unsplash

O processo seletivo é um dos mais simples do mundo, no qual o candidato faz sua inscrição on-line, apresenta a documentação solicitada pela universidade e, quando for aceito, paga o valor da anuidade do curso para começar as aulas. Porém, as etapas de inscrição são diferentes para quem é cidadão europeu e não europeu.

Abaixo, vamos explicar como funciona cada etapa da inscrição. Confira!

Inscrição para candidato cidadão europeu

O candidato deverá fazer sua inscrição por meio da Central Applications Office (CAO), que processa os pedidos de cursos de graduação na Irish Higher Education Institutions (HEIs). A pontuação necessária para entrar na faculdade vai depender de cada instituição de ensino (média da CAO é de 415 pontos) e o candidato deverá pagar uma taxa de inscrição on-line de 45 euros.

No curso de engenharia, o candidato vai precisar preencher alguns requisitos específicos de admissão da faculdade. Na Trinity College Dublin, por exemplo, que é considerada a melhor universidade da Irlanda e 101º no ranking geral da Times Higher Education, o World University Ranking (2020), o futuro universitário precisa apresentar um certificado em matemática como o Irish Leaving Certificate (H4 Mathematics); ou Advanced GCE (A-Level) Grade C Mathematics; ou International Baccalaureate (HL Grade 5 Mathematics). O requisito específico de admissão vai depender de cada universidade, ok?

Além disso, vai precisar comprovar proficiência na língua inglesa como TOEFL, IELTS, University of Cambridg, Duolingo, entre outros. Cada qualificação dessa tem uma pontuação mínima que vai depender também da universidade.

Leia também: Melhores áreas para trabalhar na Irlanda – 2020/2021

Inscrição candidato não europeu

Photo by ThisisEngineering RAEng on Unsplash

A inscrição é on-line, feita diretamente no próprio site da universidade, e o candidato precisa pagar uma taxa (o valor depende de cada instituição de ensino). Após candidatura, o candidato não europeu deverá preencher os requisitos de admissão necessários, que geralmente são:

  • tradução juramentada do diploma de ensino médio e histórico escolar, graduação ou pós;
  • certificado de proficiência em inglês (TOEFL, IELTS ou Cambridge);
  • cópia do passaporte;
  • Seguro-saúde;
  • declaração pessoal e cartas de recomendação.

Além disso, assim que aprovado, o candidato precisará tirar seu visto de estudante (Stamp 2), que deve ser solicitado assim que ele chega ao país. Em posse dos documentos necessários (passaporte válido, carta da instituição de ensino, garantia de 3 mil euros, seguro-saúde e comprovante de residência), o estudante deverá comparecer a um escritório de imigração para tirar o visto.

Se o candidato fizer todas essas etapas, respeitar o prazo de inscrição e pagar a anuidade — diferente do Brasil, ele paga a anuidade do curso antes de começar as aulas —, então está apto para entrar em uma faculdade de engenharia na Irlanda!

Quais são as melhores faculdades de Engenharia na Irlanda?

Photo by ThisisEngineering RAEng on Unsplash

Existem aproximadamente 23 universidades de engenharia na Irlanda, que oferecem vários cursos de engenharia civil, mecânica, ambiental, elétrica, biomédica e informática. A duração do programa é de 4 anos para a maioria dos cursos e, geralmente, no último ano, o aluno escolhe a especialização que deseja fazer.

De acordo com o QS News Ranking, 7 universidades irlandesas estão incluídas na lista das 500 melhores instituições de engenharia e tecnologia em todo o mundo, são elas:

A Maynooth University não consta nessa lista, mas tem um dos melhores cursos de engenharia eletrônica do mundo. É reconhecida internacionalmente e, por meio de programas de pesquisa, desenvolveu expertise nas áreas de comunicações móveis, diagnósticos e tecnologias biomédicas e controle inteligente de grandes máquinas, como robôs ou de ondas.

Leia também: Como trabalhar na Irlanda: regras, vistos e profissões para brasileiros

Quais são os cursos da faculdade de Engenharia na Irlanda mais comuns e os valores anuais?

Photo by ThisisEngineering RAEng on Unsplash

Abaixo, listamos os principais cursos de graduação (Bachelors Degree) e média de valores das universidades irlandesas.

  • Engenharia Aerospacial | Taxa anual 15 mil euros
  • Engenharia Biomédica | Taxa anual 18 mil euros
  • Engenharia Civil, Estrutural e Ambiental | Taxa anual 22 mil euros
  • Engenharia Informática | Taxa anual 17 mil euros
  • Engenharia Eletrônica | Taxa anual 15 mil euros
  • Engenharia Eletrônica e Informática | Taxa anual 15 mil euros
  • Engenharia Mecânica e de Manufatura | Taxa anual 16 mil euros

Vale lembrar que, quanto mais qualificada é a universidade e sua localização, mais caro é o curso. Portanto, caso o seu orçamento esteja apertado, opte por uma instituição menos renomada.

Estrangeiros podem fazer faculdade de engenharia na Irlanda?

Sim, estrangeiros podem fazer faculdade de engenharia na Irlanda. Como já falamos aqui, os não europeus interessados em entrar para o curso devem fazer sua inscrição on-line diretamente no próprio site da universidade.

Vale ressaltar que cada instituição tem um processo seletivo e prazo de inscrição final diferente. Por esse motivo, o candidato precisa ficar atento às datas.

Como é o mercado de trabalho de Engenharia na Irlanda?

Photo by ThisisEngineering RAEng on Unsplash

Uma das profissões mais carentes na Irlanda é a engenharia, principalmente nas áreas de mecânica, elétrica e eletrônica. Só em 2019, mais de 6 mil novos empregos foram criados, e os Engenheiros de Projeto de Produção e Controle de Qualidade tiveram o maior crescimento, com 8,4%, seguidos por Engenheiros Civis, com a taxa de crescimento de 6,3%.

Com oportunidades em alta e salário anual em torno de 45 mil euros, para ser engenheiro na Irlanda é necessário conhecer as exigências do governo irlandês, como permissão de trabalho e as necessidades das empresas. A exigência de um determinado tempo de experiência, por exemplo, pode variar de acordo com a área e a vaga em questão. Isso sem contar o nível do inglês, com entendimento dos termos técnicos da área.

Os órgãos normativos da engenharia e que distinguem o desempenho do profissional na Irlanda são separados por setores, como o The Department of Transport, Tourism and Sport (DTTAS), o Irish Aviation Authority e o Engineers Ireland.

A profissão faz parte, ainda, da lista de critical skills que são consideradas escassas na Irlanda e podem ser ocupadas por profissionais estrangeiros. As ocupações elegíveis sob esse tipo de autorização são consideradas extremamente importantes para o crescimento da economia e, por isso, o governo irlandês facilita a permissão para trabalho.

Veja também

Como é o Regime Trabalhista na Irlanda?

Karina Moura
Karina Moura, Formada em Jornalismo e Relações Internacionais. Produtora de conteúdo digital e consultora de comunicação e marketing, atuou por muito tempo em projetos B2B, com atendimento e relacionamento ao cliente. Apaixonada por pessoas e causas que promovam a troca de experiências entre elas, hoje se prepara para o seu primeiro intercâmbio em Dublin, na Irlanda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar