Fazer intercâmbio é como aprender a voar para longe

Fazer intercâmbio é como aprender a voar para longe

Colaborador E-Dublin

2 anos atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Viver a experiência do intercâmbio é uma loucura. É sair da sua zona de conforto. É um teste interno. É lição e provação. É surpreendente. É descoberta. É evolução e aprendizado em tempo recorde.

img_0976

Foto: Arquivo Pessoal

É aprender a lidar com todas as coisas que você achava que não era capaz – e é capaz!

Às vezes as coisas não saem do jeito que você imagina, mas você tenta. Tenta de todas as formas e jeitos possíveis e descobre que é uma pessoa flexível e versátil. Aqui você aprende a não desistir nunca. Mesmo que tudo conspire contra – e como conspira, viu!? Cai, levanta, se reergue, cai de novo. Quando tudo parece está se encaixando, aparece algo pra mostrar que não é fácil, nem que seja a simples e implacável saudade. Que de simples não tem nada. Dói… Dói saber que você está perdendo momentos com as pessoas que faziam parte do seu dia a dia, dói saber que você não pode sair do trabalho e encontrar as pessoas que você realmente ama, dói quando acontece algo e você não tem aquele colo de mãe. E, de novo, que de simples não tem nada.

A simplicidade dos pequenos gestos se tornam grandiosos no olhar da imensa saudade. Mas aí a gente lembra os motivos das escolhas. Se reergue e foca. Foca naquele objetivo que ainda não foi alcançado, aquele objetivo que vai se perdendo, se reinventando e quando você vê, já nem é mais o mesmo.

Vai levando a vida, aprendendo a viver essa vida. E encontra pessoas, lazer e até uma casa pra chamar de lar. E constrói. Constrói algo único que jamais será esquecido, constrói laços intensos, constrói pontes de aprendizados que se encaixam até você saber que se encaixou. E se encontrou. Encontrou e descobriu que existem vários planos para serem planejados, vários sonhos para serem realizados e vários objetivos para serem alcançados.

É exatamente essa confusão mesmo, é muita confusão nos pensamentos. É uma mistura de todos os sentimentos. É o aumento da sua ansiedade antes de dormir. É se sentir sozinho ao redor de várias pessoas. É ter tempo pra você mesmo e não ter privacidade. É não ter tempo e conseguir parar pra observar a paisagem. É sentir que nada vai dar certo e quando você acorda, tudo se ajeita. É desejar pressa para acabar o dia e ao mesmo tempo querer que nunca chegue o dia da passagem. É querer largar tudo e voltar, e ao mesmo tempo começar a acreditar nessa nova vida. E quando você acha que vai enlouquecer, tudo se estabiliza de novo.

É tudo tão intenso… Tão intenso que pequenas coisas irritam, pequenos gestos emocionam e pequenas vitórias já são suficientes. A gente aprende a dar valor, aprende a ser mais paciente, aprende que tem que entender e aceitar. Entende que nem tudo é como é pra ser, entende que a vida surpreende quando menos esperamos. Aceita e se conforma. Muda e redescobre. É tanto aprendizado que até assusta. É uma evolução. E é surpreendente.

Se eu pudesse te dar um conselho, te diria que você tem que ir. Só vai. Mas não esqueça de tirar aquela coragem do bolso e tentar de verdade. Se entregar… Se jogar… Se reinventar… Se encaixar… Se bastar… Se superar. Todo grande progresso vem através de grandes mudanças – e que mudança! 🇮🇪 🎒 👌 🏻

Sobre a autora:
Jess Rabello tem 21 anos, formada em Design de Moda, concluindo a segunda formação em Marketing e acreditando que aprender nunca é demais. A melhor e maior experiência de sua vida foi o intercâmbio, onde aproveitou da melhor forma e viveu momentos inesquecíveis. Gosta de inovação, assuntos que lhe preenchem e histórias de vidas que carrega como crescimento. A vida é feita de vidas que nos rodeiam!

Colaborador E-Dublin
Colaborador E-Dublin, Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar