Galway: Saiba tudo sobre uma das principais cidades da Irlanda

Galway: Saiba tudo sobre uma das principais cidades da Irlanda

Rubinho Vitti

2 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Galway é uma das cidades mais simpáticas da Irlanda. Diferente da capital Dublin e de outras cidades maiores, ela tem um charme que só se encontra no interior do país. Talvez seja por isso mesmo que uma grande quantidade de intercambistas a escolhe para viver.

Distante cerca de 200 km de Dublin, a cidadezinha de 80 mil habitantes mantém seu ar interiorano, o que atrai muita gente que prefere ficar distante de metrópoles. Mesmo assim, Galway é a quinta maior cidade da Irlanda, o que, em termos irlandeses, não quer dizer que seja grande. Muito pelo contrário.

Quem escolhe Galway para viver durante o intercâmbio prima pela qualidade de vida, com mais segurança, saúde, facilidades burocráticas, entre outros pontos. Por tudo isso, ela é considerada uma das melhores cidades para se viver entre sites de viagem e turismo do mundo todo.

Não faltam motivos para querer viver em Galway, e o E-Dublin vai mostrar alguns deles para se apaixonar por essa cidade mágica.

Galway é sinônimo de qualidade de vida

Foto: PxHere

Galway tem cara de interior, um ponto positivo para quem deseja uma vida mais confortável e vivenciar mais a cultura da Irlanda. Foto: PxHere

Morar em Galway significa ter uma ótima qualidade de vida. De acordo com a organização TelePort, que pontua e monitora a qualidade de vida das cidades mundo afora, Galway apresenta um ambiente de vida muito seguro, com altas classificações em liberdade comercial, saúde e qualidade ambiental.

Para se ter uma ideia, são contabilizados uma média de 0,88 assassinatos com arma de fogo a cada 100 mil habitantes por ano na cidade. Isso significa uma morte desse tipo a cada 645 dias. A expectativa de vida é de 81 anos, em média. O único ponto fraco do ranking é o clima. São apenas 71 dias de sol no ano todo.

Cara de cidadezinha do interior

Karen

Karen escolheu morar em Galway pelo clima tranquilo que tem a ver com sua terra natal, no interior de São Paulo. Foto: Acervo pessoal

Sabe aquela vila tranquila, sem muitos carros pelas ruas, onde as famílias se conhecem e até o tio da padaria te chama pelo nome? Galway tem esse ambiente que, aliás, foi um dos motivos para Karen Domingos, 32, se mudar com o namorado para a cidade. “Sou do interior de São Paulo, então Galway tem a minha cara”, disse.

Por ser pequena, a cidade oferece muitas facilidades, inclusive burocráticas. Enquanto escritórios governamentais de Dublin têm filas para fazer qualquer tipo de ação — seja para agendamento do visto, seja para renovação ou tirar documentos como PPS e carta de motorista — Galway tem uma burocracia muito mais tranquila. É bem mais fácil tirar documentos essenciais para se viver no país se você mora lá.

Por exemplo, é possível comparecer ao escritório da Garda, com sua pastinhas de documentos, e no mesmo dia ser atendido para dar entrada no visto de estudante.

Leia também: Por que estudar no interior da Irlanda?

Menos estrangeiros significa melhor prática do inglês

Outro ponto positivo para Karen se mudar para Galway foi o inglês. Com menos brasileiros vivendo na cidade — cerca de 400, segundo o censo (CSO) divulgado em 2016 —, é possível focar na língua e vivenciar a cultura irlandesa.

São bem menos escolas de inglês disponíveis para os cursos, porém o número de estudantes por sala de aula também é menor, o que facilita o aprendizado.

Nas ruas, também é mais raro ouvir pessoas falando outras línguas que não sejam o inglês. Tudo isso pode ajudar a forçar a falar apenas inglês, o que é um dos principais motivos para considerar Galway como destino de intercâmbio.

Custo-benefício é menor que em Dublin

Foto: PxHere

Aluguel, mercado, transporte, entre outras necessidades, podem ser bem mais baratos em cidades pequenas como Galway. Foto: PxHere

Outra brasileira que disse ter feito uma escolha feliz de viver em Galway durante o intercâmbio na Irlanda é Bruna Castilho Ferreira, 32. Ela afirmou que o custo de vida na cidade é menor que o imaginado. “Compra de supermercado é bem barato. Eu compro coisas saudáveis e gasto cerca de 10 euros por semana”, afirmou.

A média para se viver bem, com conforto em uma casa localizada na região central, é de 1.200 euros mensais. Mas é possível gastar bem menos. Karen afirma que seus gastos hoje giram em torno de 700 euros mensais, dividindo o apartamento com o namorado e ainda gastando com alimentação e outras contas.

“Os preços das casas estão subindo e está cada vez mais difícil achar acomodação, mas ainda não está a extrapolação de Dublin de ter que dividir quarto com mais quatro pessoas”, disse. Mesmo assim, o preço do aluguel em Galway é cerca de 40% mais barato do que na capital irlandesa.

Emprego em Galway pode ser fácil de se encontrar

Apesar de pequena, Galway tem muitas oportunidades de emprego. Foto: Rory Hennessey/Unsplash

De acordo com o site CV-Library, existe demanda de emprego no comércio, saúde, trabalho social e nas atividades profissionais, científicas e técnicas. O “boom” do turismo na cidade fez crescer os setores de hospitalidade e alimentação. Galway é responsável por 16% de todas as visitas internacionais à Irlanda.

Galway também é conhecida pelo cenário tecnológico. Cerca de 15% do emprego de Galway vem da tecnologia. Outro setor crescente é do audiovisual, que vale 72 milhões de euros. Não à toa, a Unesco elegeu Galway como a Cidade do Filme, em 2014.

Galway é conhecida como cidade cultural da Irlanda

Galway foi reconhecida como a Capital Cultural da Europa em 2020. Foto: Kelan Chad/Unsplash

Apesar de ser pequena, Galway está longe de ser monótona, pelo menos no quesito cultural. Não só pela canção Galway Girl, de Ed Sheeran, Galway também é conhecida no mundo das artes. A cidade é considerada um ninho artístico forte na Irlanda. Entre as principais vertentes está o teatro, sendo casa de companhias como The Druid e Macnas.

Seus festivais também são famosos no calendário irlandês, como o Festival Internacional de Arts, o Festival de Teatro de Galway, além e festivais de cinema, gastronomia, música e muito mais. São muitos museus e galerias de arte espalhados pela cidade. As ruas também são palcos de músicos e artistas.

Em 2020, Galway foi escolhida como a Capital Cultural da Europa, sendo reconhecida por sua importância na vida das artes da Irlanda.

Belezas naturais são os cartões-postais de Galway

Foto: PxHere

Paisagens bonitas, tranquilas e naturais são motivo de sobra para viver em Galway. Foto: PxHere

E quem não quer viver rodeado pela natureza? A paisagem natural de Galway é exuberante. Só a baía de Galway, banhada pelo Atlântico Norte, tem um visual espetacular.

Existe muitos espaços na cidade para caminhadas e contato com a natureza. Muitos dos destinos turísticos da Irlanda são localizados na região, no condado de Galway, como Cliffs of Moher e o Parque Nacional de Connemara.

Galway ainda tem muitos lugares bacanas para visitar. Entre eles, castelos, jardins e muitas paisagens naturais.

Foto de capa: Gabriel Ramos/Unsplash

Tem interesse em fazer um intercâmbio em Galway? Solicite um orçamento e comece seu planejamento clicando aqui!

Veja também

Guia completo sobre acomodação na Irlanda

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar