Hospitais têm redução de pacientes internados por Covid-19 na Irlanda

Hospitais têm redução de pacientes internados por Covid-19 na Irlanda

Rubinho Vitti

2 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

O número de pacientes internados por contaminação ou suspeita de contaminação por Covid-19 na Irlanda tem diminuído na Irlanda. O país registrou um total de 569 internações pela doença segundo boletim governamental divulgado no domingo, 17 de maio. Isso significa 250 a menos em relação à semana anterior. As Unidades de Terapia Intensiva, UTIs, registraram 76 casos.

St James’s Hospital, em Dublin, é um dos hospitais com mais casos de internações por Covid-19 na Irlanda. Foto: Divulgação

Os hospitais com a maioria dos casos de internação são em Dublin, Tallaght University Hospital, o Mater e o St James’s, além do University Hospital Limerick.

Apesar de menos internações, o país ainda registra pacientes aguardando para ser internado. De acordo com o Irish Nurses & Midwives Organisation (INMO), havia 21 pacientes aguardando no departamento de emergência do Hospital Universitário Limerick e 14 no Midland Regional Mullingar.

Leia também: Primeira fase da flexibilização do lockdown começa dia 18

Novo relatório mostra menos mortes em um dia

O Departamento de Saúde da Irlanda divulgou boletim diário nesta segunda-feira, 18 de maio, mostrando que quatro pessoas morreram no país por causa do Covid-19, número bem abaixo da média de semanas anteriores, que chegava a 50 mortes por dia. O total, agora, é de 1.547 pessoas vítimas do novo coronavírus.

Entre os novos casos, foram confirmadas mais 88 pessoas contaminadas, elevando o número para 24.200.

De acordo com pesquisa do governo divulgada no domingo, cerca de 80% dos casos de Covid-19 tem aspecto de uma doença leve a moderada, 14% graves e cerca de 6% são gravíssimos.

Veja também

Tudo sobre o sistema de saúde na Irlanda

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar