Intercâmbio entre casais, a história do Ramon e da Vivi

Intercâmbio entre casais, a história do Ramon e da Vivi

Ávany França

7 meses atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Você ai já cogitou fazer o seu intercâmbio em dose dupla? Que tal divivir tarefas, ansiedades, os medos, inseguranças e também as alegrias dos primeiros momentos longe e casa? Tem gente que fez, curtiu e tem muito a te contar sobre o assunto. E no primeiro texto da série “Intercâmbio entre casais” quem conta essa história é o Ramon e a Vivi!!! Olha eles ai!!

 

Ramon e Vivi embarcaram para a Irlanda juntos. Arquivo Pessoal.

Ramon e Vivi embarcaram para a Irlanda juntos. Arquivo Pessoal.

Começamos a namorar em março de 2008 e, desde então já falávamos em futuramente fazer um intercâmbio. Não lembramos exatamente como a ideia surgiu, mas achamos que o que serviu de incentivo foi o fato de o Ramon já ter viajado antes e a Viviana estar precisando aperfeiçoar seu inglês, somado a isso, nós dois sempre tivemos vontade de viajar !

Em 2010 nosso plano começou a criar forma, começamos a pesquisar lugares, valores, agências e, claro, a guardar dinheiro. Em Abril de 2011 foi quando tudo aconteceu, decidimos vir para a Irlanda por dois motivos: queríamos vir para a Europa para poder viajar para mais países e, dentro das opções que tínhamos, a Irlanda era a opção mais acessível financeiramente. Então, com o dinheiro em mãos e com o apoio dos nosso familiares, fomos na agência de intercâmbio escolhida e fechamos o pacote. Depois de tudo confirmado, a primeira coisa que fizemos foi o nosso blog, Ramon e Vivi na Irlanda, com o intuito de usá-lo como um diário onde pudéssemos compartilhar nosso dia a dia com nossa família e amigos e para servir como fonte de pesquisa para todos que tem interesse de fazer o mesmo que nós.

Quando chegamos aqui, no dia 06 de agosto de 2011, foi amor à primeira vista, nos apaixonamos por Dublin e pela a Irlanda, passamos as duas primeiras semanas indo, todos os dias depois da aula, à algum ponto turístico (na verdade, fazemos isso até hoje, só com uma frequência um pouco menor).

Desde que chegamos já fizemos muitos amigos, alguns já voltaram para o Brasil e outros ainda estão por aqui conosco. Já viajamos pela Irlanda, Irlanda do Norte, Londres, Edimburgo e Barcelona. Agora, estamos nos preparando para iniciar o nosso mochilão por outros 12 países.

Para nós, com certeza foi muito importante termos vindo juntos, tanto para o intercâmbio como para nós como casal. Um intercâmbio a dois tem as suas facilidades, temos alguém com que dividir nossas angústias, dúvidas, dificuldades e, principalmente, as alegrias. É muito bom viajar ao lado de quem amamos, principalmente por que as idéias e os gostos são muito parecidos tornando as escolhas um pouco mais fáceis, mas nem sempre, algumas vezes temos que ceder ou até negociar um com o outro e é aí que entram os aprendizados e o amadurecimento. Vindo para cá em casal temos que estar cientes de que tudo deve ser conversado e que as opiniões de ambas as partes devem ser ponderadas e levadas em consideração e não só a de uma. Além do amadurecimento, fomos muito importantes um para o outro durante a fase de adaptação no país.

Outra vantagem que vemos em estarmos juntos aqui é que, duas pessoas possuem uma maior variedade de características, o que torna muito mais fácil de se lidar com o dia a dia longe de casa, já que um pode suprir a carência de outro, principalmente quando o assunto são as tarefas de casa.

A desvantagem de estar em casal, é que sozinhos, provavelmente, nos obrigaríamos a interagir mais com pessoas de outras nacionalidades e treinaríamos mais ainda o inglês.

Para quem está com vontade de encarar uma aventura em casal, o nosso conselho definitivamente é: façam, pois vale a pena! Já estamos a quase 6 meses aqui e só temos lembranças boas para levar para o Brasil. O intercâmbio nos fez amadurecer individualmente e como casal, além disso, viajar é a melhor coisa que existe na vida!

E se você quer saber mais sobre essa aventura a dois acompanhe as estórias do Ramon e da Vivi no Ramon e Vivi na Irlanda

Avatar
Ávany França, Jornalista por profissão, já passou por editorias de moda, gastronomia, história e turismo. Uma vida sem desafios não foi desenhada para essa baiana de Salvador. Amante das viagens, coleciona mais de 80 destinos no passaporte. Quer saber mais? Corre porque até você terminar de ler esse perfil já terei alguma novidade.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar