Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Irlanda

Intercâmbio na Irlanda atrai estudantes de mais de 100 países

Deby Pimentel postou em 29 mar 2018

Adquirir fluência no inglês, conhecer novas pessoas, vivenciar uma nova cultura, viajar pela Europa… Fazer um intercâmbio facilita em todas estas questões. Mas, para onde ir? Desde meados dos anos 2000, fazer um intercâmbio na Irlanda tem se tornado atrativo para estudantes que querem investir no estudo do idioma e, por que não, num curso superior.

Onde fazer o intercâmbio é uma das grandes dúvidas dos estudantes. Crédito: stockasso/depositphotos

Onde fazer o intercâmbio é uma das grandes dúvidas dos estudantes. Crédito: stockasso/depositphotos

Os habitantes da terra dos leprechauns são muito receptivos e festeiros – e há quem diga que o comportamento é bem parecido com o dos brasileiros, o que pode ajudar bastante na adaptação. Portanto, ponto positivo para a Ilha Esmeralda.

Benefícios para estudantes

A Irlanda faz parte dos top 5 países que mais recebem pessoas a fim de aprimorar o inglês, juntamente com Reino Unido, Estados Unidos, Austrália e Canadá. Isso porque nos últimos anos as autoridades que gerenciam o ensino do idioma para estrangeiros criaram padrões elevados de excelência e controle, o que também demonstra que o país é aberto a estes estudantes.

Irlanda recebe estudantes de 101 países diferentes. Crédito: monkeybusiness/depositphotos

Irlanda recebe estudantes de 101 países diferentes. Crédito: monkeybusiness/depositphotos

De acordo com um estudo realizado pelo MEI (Marketing English in Ireland), somente no ano 2016, o país recebeu estudantes de 101 países. E eles resultam em €762 milhões para o país – mais um fator que assegura que serão bem-vindos e bem tratados.

Além disso, com o Brexit e possíveis mudanças que ele irá apresentar aos turistas e na obtenção do visto, a Irlanda pode se tornar a melhor opção na Europa para o aprendizado de inglês.

Intercâmbio em Dublin

Entre os benefícios com o idioma e as demais questões que já falamos, você também pode realizar seu curso e sentir-se um cidadão do mundo ao fazer o intercâmbio em Dublin, por exemplo, que além de propiciar a vivência em uma grande metrópole com acesso a facilidades como transporte eficiente pela Europa, segurança e uma vida cultural agitada, também te colocará em contato com gente de todo o mundo.

Dublin é uma cidade jovem e oferece muitas atrações. Crédito: mady70/depositphotos

Dublin é uma cidade jovem e oferece muitas atrações. Crédito: mady70/depositphotos

Aliás, Dublin é uma capital jovem, com quase metade dos seus mais de 1 milhão de habitantes entre 15 e 49 anos de idade. Portanto, aproveite juntamente com os dubliners – como são chamados, especificamente, os moradores da capital irlandesa – para curtir os mais de 600 pubs espalhados pela cidade.

Além de frequentar os pubs – tradição local – com os irlandeses, você também aprenderá a tomar chá com leite, comer feijão no café da manhã – o famoso irish breakfast, que leva linguiça, ovos fritos, tomate e algo mais – e ainda a tomar cerveja ‘quente’.

Outra curiosidade é que embora a Irlanda seja o destino de estudantes em busca de aperfeiçoar o inglês, o gaélico também é idioma oficial no país.

Custo de vida

Em comparação a outros países de língua inglesa, o custo é um fator que favorece a Irlanda. A comprovação financeira (normalmente a maior dificuldade para os estudantes) é de 3000 euros para a obtenção do visto de estudante de 8 meses (Stamp 2).

Moradia e alimentação também são outro fator importante.  Em Dublin, por exemplo, um aluguel de um quarto varia entre 400 e 700 euros mensais – esse valor cai em cidades do interior. Já o preço médio de uma refeição simples nos restaurantes é de 10 euros.

Trabalho no exterior

Na Irlanda, a área de tecnologia emprega muitos profissionais estrangeiros. Crédito: violetkaipa/depositphotos

Na Irlanda, a área de tecnologia emprega muitos profissionais estrangeiros. Crédito: violetkaipa/depositphotos

Você sabia que a Irlanda tem se tornado o novo polo tecnológico da Europa? A Ilha abriga boa parte das grandes multinacionais do setor, como Dell, Apple, Motorola, Google, Facebook, entre outras. E não é só isso! Setores como biotecnologia, engenharia, finanças e outras áreas também têm atraído grandes empresas internacionais.

Com a economia em aquecimento, o país tem aberto o mercado para profissionais estrangeiros de diversas áreas. Logo, é uma boa oportunidade para tentar conciliar o intercâmbio com curso de inglês e o trabalho de meio período, mesmo com o visto de estudante – diferentemente de outros países de língua inglesa. Assim, quem sabe você não aproveita que a Irlanda tem se tornado um polo de referência de grandes empresas e também encontra o caminho para sua carreira no exterior?

Imagens via Depositphotos
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Jornalista com MBA em Marketing e Empreendedorismo, Débora Pimentel é uma paulistana apaixonada por fotografia, gastronomia e tecnologia. Uma virginiana que adora novas culturas e desafios. Acredita que a informação é sempre a melhor maneira de transformar sonhos em possibilidades.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Baladas e Pubs

Como é viver na cidade de Galway, na Irlanda?

2 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin
Meu Intercâmbio

Intercâmbio: o melhor ano da minha vida

5 meses atrás, por Colaborador E-Dublin