Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Destinos de Intercâmbio

Intercâmbio nos EUA? Será que esse é o seu destino?

Caroline Rodrigues postou em 10 set 2016

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Setembro é o mês das maiores feiras de intercâmbio na Brasil, mas antes de você se preparar para a maratona, vale parar por alguns instantes e se perguntar: O que eu realmente busco no meu intercâmbio? Que destino melhor se adéqua às minhas expectativas? Foi pensando nisso que decidimos explorar um pouquinho de vários destinos de intercâmbio durante todo este mês, para te ajudar na hora de escolher o que é melhor pra você!

Como cada cabeça tem uma sentença e cada estudante tem um país alvo para fazer o intercâmbio, a escolha está relacionada com os objetivos, o perfil, o preço e a concessão do visto.

Os que decidirem estudar idiomas nos Estados Unidos, por exemplo, terão acesso aos cenários conhecidos por meio de filmes e séries, bem como aos pontos turísticos mais divulgados do planeta. Porém, prepare-se para a burocracia, que é bem grande, tendo em vista que a imigração ilegal é um dos maiores problemas deste país.

Mil focos em um país

Pra começar, imagine a oportunidade de estar em Nova York. Isso significa Estátua da Liberdade, Broadway e Central Park. Sem contar poder andar pelo mesmo caminho dos protagonistas de filmes como Harry e Sally, das personagens das séries Gossip Girl e Sexy and The City.

Foto: Songquan Deng / Shutterstock.com

Foto: Songquan Deng / Shutterstock.com

Os focados na parte educacional, mas que já têm o inglês fluente, podem tentar se matricular ou conseguir uma bolsa em uma das inúmeras universidades locais, muitas renomadas mundialmente. Quem em sã consciência não quer trazer no currículo um título em Stanford, Princeton, Yale, Columbia ou Harvard? Essas, aliás estão no topo do ranking das melhores faculdades de solo estadunidense, conforme apontado pela revista Forbes.

Outra vantagem é o posicionamento do território americano, que favorece a presença de climas diferentes. Assim, caso haja preocupação com a adaptação biológica, basta escolher um local com temperatura semelhante ao país de origem.

Na lista de cidades mais procuradas pelos estudantes, estão Chicago, Boston, Denver, Los Angeles e San Diego. A diversidade entre elas é grande, o que possibilita receber quase todos os tipos de estudantes, dos mais diversos interesses e origens.

Valores e burocracia

Por outro lado, a flexibilidade acaba na hora da concessão do visto. O país é procurado por muitos imigrantes em busca do “sonho americano” e por este motivo, os critérios para entrada em território estadunidense estão cada vez mais rigorosos.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Quem optar por este destino com o objetivo de aprender o inglês, pode preparar o bolso porque o valor aproximado de um pacote de 6 meses de estudo de idiomas sai por cerca de R$ 25 mil (acomodação temporária, seguro, escola e visto). O valor não leva em consideração as passagens, a estadia fixa e nem os gastos pessoais.

A possibilidade de trabalho existe em duas circunstâncias: quando o estudante está matriculado em uma universidade – neste caso, apenas estágios, nem sempre são remunerados; ou então através dos programas para universitários, como o de Au pair, destinado ao cuidado de crianças, por exemplo.

Para estudantes de idiomas não há possibilidade de trabalho legal.

A emissão do visto é feita no Brasil e é preciso responder todos os formulários e encaminhar os documentos exigidos pela embaixada, assim como também agendar uma entrevista.

Outra exigência é a movimentação financeira do estudante ou de um patrocinador. O governo quer ter a certeza de que o estudante tem como se manter no exterior sem trabalhar. Isto faz com que a procura pelo intercâmbio nos Estados Unidos seja de pessoas com no máximo 25 anos, recém-formadas ou que estejam em fase acadêmica.

Se você tem inglês fluente e pode se manter por mais tempo sem necessariamente de ter que trabalhar no país de destino, os Estados Unidos podem ser o seu destino. Mas, se você esta indo com o dinheiro contado e não tem ninguém para te socorrer numa emergência, ainda é mais seguro optar por um destino onde o acesso ao trabalho é mais flexível, como Irlanda ou Canadá. O destino também é ideal para quem quer fazer High School, dado ao número de diferentes programas de intercâmbio oferecidos, onde você já chega no país com a vaga garantida, além da regularização do setor, o que dá mais segurança.

Ficou interessado? Procure uma agência de confiança e solicite um orçamento para mais informações sobre pacotes.

Revisado por Tarcísio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Caroline Rodrigues estudou Jornalismo na Universidade Federal de Mato Grosso e trabalhava em Cuiabá, onde perambulou por vários veículos de comunicação e assessorias de imprensa por 13 anos. Depois de tomar um café e conversar com amigos, achou que estava engaiolada e resolveu encarar um intercâmbio depois dos 30.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio

Recentes e populares

Cursos de Inglês

Intercâmbio depois dos 50 anos

2 meses atrás, por Deby Pimentel
E-Dublin TV

Viagem pra Los Angeles

6 meses atrás, por Edu Giansante
Conte Sua Historia

Por que escolhi Waterford para estudar?

9 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Destinos de Intercâmbio

Já considerou estudar em Singapura?

10 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Dicas de Viagem

Vai embarcar para o exterior? Se ligue nessas dicas

10 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves