Irlanda amplia medidas para contenção do Covid-19

Irlanda amplia medidas para contenção do Covid-19

Rubinho Vitti

2 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

O primeiro-ministro irlandês (Taoiseach) Leo Varadkar fez um novo pronunciamento na tarde desta terça-feira, 24 de março, divulgando novas medidas para contenção do novo coronavírus. O governo se reuniu para decidir sobre os próximos passos que, segundo Varadkar, são “ações sem precedentes para responder a uma emergência sem precedentes”. Além disso, ele estendeu o prazo de contingenciamento anunciado anteriormente. As novas medidas valem a partir da meia-noite desta quarta-feira, 25 de março.

Entre as novas medidas estão o fechamento de todos os teatros, clubes, salas de bingo e lojas não essenciais, além da limitação de cafés e restaurantes ao atendimento “para viagem”, sem a possibilidade de pessoas se sentarem para comer. Supermercados e farmácias seguirão abertos normalmente, assim como outros estabelecimentos, com restrições a respeito do distanciamento social.

Todos os eventos esportivos, mesmo aqueles a portas fechadas, serão cancelados. Os encontros ao ar livre serão limitados a um máximo de quatro pessoas, com exceção a famílias. Parques e áreas para crianças também serão fechados.

Leia também: Coronavírus: Irlanda anuncia extensão de visto a imigrantes

O primeiro-ministro aconselhou as pessoas a deixarem suas casas “apenas por razões essenciais, como ir ao trabalho ou ir às lojas buscar suprimentos” e disse que “visitas não essenciais devem ser evitadas”. Viagens, mesmo que internas, não devem ocorrer.

Garda vai atuar para garantir distanciamento social

Varadkar também anunciou que a Garda (polícia irlandesa) vai atuar para “garantir que as medidas de distanciamento social sejam cumpridas”, intervindo, caso necessário, para o cumprimento das medidas.

Data de retorno da normalidade é adiada

As medidas anunciadas anteriormente, com o fechamento de pubs e escolas, serão adiadas. Primeiramente era para que a reabertura ocorresse no dia 29 de março, mas vão seguir até o dia 19 de abril.

Aumento do “seguro-desemprego”

O primeiro-ministro irlandês afirmou ainda que vai aumentar o valor emergencial para aqueles que foram afetados pelo contingenciamento provocado pelo surto do Covid-19. Antes, os desempregados tinham direito a 203 euros por semana. Agora, serão 350 euros. O pagamento também se aplica aos trabalhadores independentes.

Hospitais particulares vão atuar como públicos

Varadkar anunciou ainda que os hospitais particulares “atuarão efetivamente como hospitais públicos” durante a pandemia de Covid-19. “Os hospitais privados concordaram em fazer isso sem fins lucrativos. Pacientes públicos e privados serão tratados igualmente”, disse.

A RTÉ disponibilizou o discurso de Leo Varadkar na íntegra.

Situação do Covid-19 na Irlanda

A Irlanda já conta com 1.125 casos confirmados de pessoas com coronavírus. São seis mortes registradas. Um total de 208 desses casos são profissionais de saúde. Dublin ainda tem o maior número de casos em 471, seguido por Cork com 104 casos.

Veja também

Como cuidar da saúde durante uma viagem no exterior?

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar