Irlanda bate recorde nas entradas em fundos irlandeses

Irlanda bate recorde nas entradas em fundos irlandeses

Mariana Calazans

3 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Segundo o relatório anual do Irish Funds (IF), em 2020 os ativos sob gestão em fundos de investimento domiciliados na Irlanda resultaram em um recorde de € 3,21 trilhões – representando crescimento de 9% em relação ao ano anterior e sendo o maior número já atingido antes.

A Associação da Indústria de Gestão de Fundos e Ativos da Irlanda também revelou que esse número ainda deve subir para mais de € 5 trilhões em 2025.

Mas o que o Irish Funds faz?

Irlanda se fortaleceu como pólo de investimento internacional. Foto: Unsplash

O IF é o órgão representativo da comunidade internacional de fundos de investimento na Irlanda. Ele representa gestores de fundos, bancos, administradores, firmas de consultoria e outras firmas especializadas envolvidas na indústria internacional de serviços de fundos no país.

Os membros vêm de todas as áreas da indústria de fundos internacionais e o Irish Funds apoia e complementa o desenvolvimento contínuo dela. A organização tem como objetivo melhorar e promover a Irlanda como o local de escolha para ser domicílio e administrar fundos de investimentos.

Apesar da pandemia, o ano de 2020 foi bem satisfatório para a Irlanda pois fortaleceu sua posição como pólo de investimento internacional entre os demais países europeus – os quais compõem o grupo European Fund and Asset Management Association (EFAMA).

Segundo os dados do relatório divulgado pela EFAMA, quase metade das entradas do fluxo de euros em fundos europeus (44,21%) foram para os fundos irlandeses.

O recorde alcançado foi reflexo de diversos fatores além do bom desempenho dos mercados de valores, mas também essencialmente pela saída do Reino Unido do bloco europeu.

Com o Brexit iniciado ano passado, 27 empresas financeiras entraram e/ou expandiram seus negócios no território irlandês aumentando ainda mais as movimentações desde janeiro de 2020.

Os principais tipos de fundos que o IF gerencia são as ETF`s (Exchange Traded Funds), MMF`s (Money Market Funds) e AIF`s (Alternative Investment Fund), o qual este último foi o carro chefe do aumento de 2020, mostrando que os investidores estão buscando diversificar mais seus investimentos em produtos alternativos.

Com quase 8.000 fundos domiciliados e mais de 14.000 fundos totais administrados aqui, a Irlanda tornou-se nos últimos 30 anos o segundo fundo de investimento da UE e o terceiro maior do mundo.

De acordo com dados da Irish Funds, a indústria irlandesa de fundos de investimento emprega atualmente pouco mais de 16.000 pessoas em gestão de ativos, depositários, administradores, consultores profissionais, agentes de transferência e outras empresas especializadas.

No entanto, com base no crescimento esperado nos próximos 5 anos – devido em parte às mudanças na legislação e à agenda de finanças sustentáveis em rápida evolução, a força de trabalho da indústria deve crescer para mais de 20.000 – isso mostra que o mercado para profissionais de investimentos no país também está a todo vapor e tem muitas oportunidades de emprego.

Mariana Calazans
Mariana Calazans, Formada em Administração de Empresas pela FEA USP. Especialista em finanças pessoais e empresariais, já fez intercâmbio na Irlanda e quer voltar a morar com os Leprechauns para sempre. Viajante do mundo, tem o sonho de poder impactar pessoas através do conhecimento. Durante a quarentena criou o blog de finanças pessoais para viajantes, o My Money Tree.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar