Irlanda conquista assento no Conselho de Segurança da ONU

Irlanda conquista assento no Conselho de Segurança da ONU

Rubinho Vitti

2 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

A Irlanda conseguiu 128 votos necessários na Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas) em Nova York para ganhar um assento com validade de dois anos no Conselho de Segurança.

O conselho tem cinco membros permanentes (EUA, Reino Unido, França, Rússia e China) e dez cadeiras não permanentes. A Irlanda já havia conquistado um assento não permanente no Conselho de Segurança em 1962, 1981 e 2001.

Irlanda entra para o conselho temporário de segurança da ONU, com validade em 2021 e 2022. Foto: Mat Reding/Unsplash.

O governo irlandês preparou uma campanha para a eleição, ressaltando que a entrada do país para a ONU foi com sua jovem república independente, em 1955. “A Irlanda sempre se envolveu com a ONU de maneira séria e substantiva. É uma parte inerente de quem somos”, informa o texto.

Leia também: ‘Novela’ do novo governo irlandês deve terminar até sábado

“A Irlanda é uma pequena nação que acredita que temos responsabilidade de se envolver ativamente com a ONU”, continua, dizendo ainda que desde que entrou para a organização, as tropas irlandesas participaram de operações de manutenção da paz e, ainda hoje, o país é um dos mais altos contribuintes de tropas “per capita” para a manutenção da paz da ONU
globalmente.

 

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar