Irlanda do Norte aprova aborto e casamento igualitário, mas leis não entram em vigor

Irlanda do Norte aprova aborto e casamento igualitário, mas leis não entram em vigor

Rubinho Vitti

4 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Militantes das causas dos direitos humanos na Irlanda do Norte, principalmente da comunidade LGBTQ e da defesa dos direitos das mulheres, comemoraram uma decisão histórica no Parlamento Britânico, que aprovou, na terça-feira, 9 de julho de 2019, o casamento igualitário e a legalização do aborto. Apesar disso, as leis ainda não podem entrar em vigor.

Foto: PxHere

Foram 332 votos a favor e 99 contra para a liberação do aborto na Irlanda do Norte, além de 383 votos a favor e 73 contra para a aprovação do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

O motivo das mudanças não terem efeito imediato é um pouco complicado. A Irlanda do Norte está sem Poder Executivo há dois anos. Por isso, as mudanças em relação ao aborto e ao casamento igualitário só terão efeito se o Executivo não for restabelecido até o dia 21 de outubro, impondo ao Governo britânico a introdução da respectiva legislação.

A Irlanda do Norte é a única região do Reino Unido em que o casamento gay não está permitido. Lá, o aborto é considerado crime, a não ser em casos em que a vida da mãe está em risco.

Vale lembrar que a República da Irlanda aprovou o casamento igualitário em 2015 e a legalização do aborto em 2018.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar