Irlanda é o único país da UE a ter crescimento econômico em 2020

Irlanda é o único país da UE a ter crescimento econômico em 2020

Mariana Calazans

2 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

A economia da Irlanda foi a única da União Europeia que cresceu no ano de 2020. Já era esperado que a economia do bloco europeu como um todo sofresse grande queda no balanço econômico do ano passado devido aos impactos que a pandemia da Covid-19 causou em setores importantes como turismo e serviços na maioria dos países europeus – a retração da UE foi de -6,8%.

Contudo, a República da Irlanda conseguiu ter o crescimento econômico de 3% alavancado pelo setor farmacêutico e de medicina, segundo informações do jornal The Irish Times.

A economia irlandesa tem grande relevância dentro do bloco europeu, principalmente pela potencialização das empresas farmacêuticas e de tecnologia instaladas no país.

Economia na Irlanda cresceu 3% em 2020, melhor resultado em toda a União Europeia. Foto: Robert Anasch on Unsplash

A economia da Irlanda foi particularmente apoiada pelas exportações de empresas multinacionais especializadas em equipamentos médicos, produtos farmacêuticos e serviços de informática, de acordo com a Comissão Europeia. No entanto, a queda de crescimento foi uma das mais acentuadas ao comparada aos 5 anos anteriores quando o crescimento teve média de 6,75%.

O resultado positivo, porém, surpreendeu por ser o único país a ter conseguido ter um crescimento dentro do bloco. Quando comparado com países como Alemanha, que retraiu -5%, e o grupo de países do Reino Unido, que sofreu o recorde de -9,9%, a Irlanda está bem à frente. Os países que tiveram os piores resultados em 2020 foram a Espanha (-11%) e a Grécia (-10%).

Leia também: Economia irlandesa é a que mais cresce na Europa

O Comitê de Inverno Europeu para a economia de 2021 prevê que a economia irlandesa deverá crescer em torno de 3,4% neste ano, e os países da zona do euro, como um todo, crescerão 3,8%. Essa é uma previsão otimista dado ao avanço nas vacinações contra a Covid-19 nos países europeus, mas o cenário ainda é visto como incerto pois há muitos riscos envolvidos diante do surgimento de novas variantes do vírus.

Mariana Calazans
Mariana Calazans, Formada em Administração de Empresas pela FEA USP. Especialista em finanças pessoais e empresariais, já fez intercâmbio na Irlanda e quer voltar a morar com os Leprechauns para sempre. Viajante do mundo, tem o sonho de poder impactar pessoas através do conhecimento. Durante a quarentena criou o blog de finanças pessoais para viajantes, o My Money Tree.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar