Irlanda não possui casos suspeitos de coronavírus

Irlanda não possui casos suspeitos de coronavírus

Rubinho Vitti

2 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

O novo vírus semelhante à gripe, que já matou 26 pessoas na China e está apavorando boa parte do mundo, não chegou à Irlanda, e as chances de chegar são baixas. Segundo o Health Service Executive (HSE) — departamento de saúde do governo irlandês — nenhum relato ou casos suspeitos foram sequer relatados. Na Irlanda do Norte, um paciente foi testado e recebeu a vacina.

Indicação contra o coronavírus é o uso de máscaras em ambientes com muita gente. Foto: Pxhere

O vírus letal atingiu duas pessoas em Paris e mais uma em Bordeaux, mas países como a Irlanda não têm voos diretos para Wuhan, a cidade chinesa onde o vírus se originou. Apesar disso, o alerta é importante, já que surtos estão ocorrendo na China e a evolução de uma epidemia pode ser rápida.

Leia também: Como a mudança de país pode interferir na sua saúde

Conhecido como nCoV-2019, o coronavírus apareceu pela primeira vez em Wuhan no final de dezembro e já foram detectados casos em oito países asiáticos e nos EUA. Até agora, matou 80 pessoas e infectou mais de 2000. Os sintomas são semelhantes à síndrome respiratória aguda grave como febre, tosse seca e falta de ar.

Por ser parecido com uma gripe, qualquer pessoa com infecção respiratória que tenha passado por Wuhan nos últimos 14 dias ou tenha estado em contato próximo com alguém que tenha o vírus pode ser classificada como um possível caso.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) não classificou o vírus como uma “emergência internacional” por enquanto, mas diz que isso ainda pode acontecer.

Na Inglaterra, 52 pessoas foram examinadas, mas todos os testes tiveram resultados negativos. Os médicos estão recomendando o uso de máscaras em locais onde há concentração de muitas pessoas, como aeroportos.

Veja também

Tudo sobre o sistema de saúde na Irlanda

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar