Irlanda para iniciantes: tudo que você precisa saber

Irlanda para iniciantes: tudo que você precisa saber

Larissa Fontes

4 meses atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

Se você acha que na Irlanda só tem ruivos, trevo de quatro folhas espalhados por todo lugar e cerveja verde, esse guia é pra você. Verdade seja dita: muita gente vem para o intercâmbio na Irlanda sem nem saber apontar onde a ilha está localizada no mapa. Confira esse compilado que preparamos com tudo o que você precisa saber para não ser pego de surpresa.

Ficha Técnica

Irlanda é um dos principais países para intercâmbio. Quer saber mis sobre o país? © Grooversyd | Dreamstime.com

Irlanda é um dos principais países para intercâmbio. Quer saber mais sobre o país? © Grooversyd | Dreamstime.com

  • País: Irlanda
  • População: 4,7 milhões de habitantes
  • Capital: Dublin
  • Moeda: Euro
  • Língua oficial: Inglês e Irlandês
  • Fuso horário: (UTC +0) 3 horas à frente do horário de Brasília
  • Código de área: +353

Conhecendo a Ilha

Localizado no Condado de Clare, o Cliffs of Moher é um cartão postal da Ilha Esmeralda. © Upthebanner | Dreamstime.com

A Irlanda é a terceira maior Ilha da Europa, vigésima do mundo, situada pertinho da Inglaterra e cercada por outras ilhas. O território é dividido entre a República da Irlanda e Irlanda do Norte.

A história da Ilha, que começa com fadas e outros seres místico, segundo a lenda, é também escrita por escoceses, Celtas, Vikings, Normandos e ingleses. Cada povo contribuiu para a cultura, tradições e costumes do que vemos hoje na Irlanda.

Quando falamos apenas Irlanda nos referimos à República, que declarou independência da terra da Rainha em 1921 e entrou para a União Europeia em 1973. A Irlanda do Norte, por sua vez, segue como parte do Reino Unido, tanto que a moeda lá é a Libra (pounds) e não o Euro.

A Irlanda é um país que, além das paisagens predominantemente verdes (ainda que debaixo de um céu cinzento) também respira história. Para ter uma noção, tem pub aqui que é mais velho que o Brasil.

O Brazen Head funciona desde 1198 e é considerado o pub mais antigo da Ilha. © Linda Williams | Dreamstime.com

Foram inúmeras guerras, períodos de fome e pobreza, conflitos ideológicos e religiosos, além de brigas territoriais durante séculos. Isso tudo, inevitavelmente reflete nos altos e baixos do progresso e da economia do país.

Mas a história também se faz presente nos cenários irlandeses repletos de castelos, mosteiros e tantas outras construções que permanecem vivas em meio a modernidade.

Hoje, em seus 70.273 km² habitam cerca de 4,7 milhões de pessoas. A língua oficial é o inglês, entretanto o irlandês ainda é ensinado nas escolas, escrito nas placas de ruas, documentos oficiais e falado em algumas regiões interioranas.

A Irlanda é muito mais do que o país dos Leprechauns, da batata e dos “Shamrocks”. Tem um E-Dublin Cast só sobre a História da Irlanda, com mais detalhes sobre os episódios que marcaram a Ilha e ajudaram a construir a República.

Moeda e economia

Por fazer parte da União Europeia desde 1973, a Irlanda entrou na Zona do Euro 26 anos depois e adotou a moeda. A partir dos anos 80 a economia do país deixou de ser majoritariamente agrícola e passou a investir na produção industrial modernizada. Desde então a Ilha tem atraído cada vez mais as grandes empresas e gerado empregos qualificados.

Nos anos 90 a Irlanda viveu um bom momento de sua economia, expandindo assim o volume de construções. Mas em 2007 o ritmo desacelerou e culminou na explosão de uma bolha imobiliária que fez os preços despencarem e o país entrar em recessão.

Em 2014 a economia irlandesa voltou a ser abastecida e crescer se mostrando como uma das mais potentes da União Europeia na época e, desde então, tem sido a aposta de inúmeras multinacionais.

Como é o clima?

Prepare o guarda-chuva! Saiba tudo sobre o característico clima da Irlanda. © Stillwords | Dreamstime.com

É impossível escrever um guia sobre tudo o que você precisa saber sobre a Irlanda sem mencionar o característico clima irlandês. A Ilha Esmeralda é conhecida pelo céu cinza, os dias chuvosos, as rajadas de vento e as temperaturas baixas para os padrões brasileiros.

A Irlanda não é tão fria no inverno, quando comparada a outros países da Europa, por exemplo. Apesar de os termômetros ficarem abaixo de zero durante a estação, neve aqui é coisa bem rara. Quando neva, é sempre mais provável ver nos pontos mais altos e nas regiões montanhosas. Mas é preciso ser rápido, ela não dura muito.

Em 2018 muitos devem ter visto fotos da Beast from the East, uma tempestade que atingiu em cheio a Ilha no mês de março daquele ano. O evento foi tão atípico que gerou piadas sobre como o país é despreparado para esse tipo de situação, e como os irlandeses super valorizaram.

O fenômeno Beast from the East deixou Dublin branquinha em 2017. © Drx | Dreamstime.com

O fenômeno Beast from the East deixou Dublin branquinha em 2017. © Drx | Dreamstime.com

Nos mercados, as prateleiras ficaram vazias, foi como um ensaio para o fim do mundo. Os principais alvos: leite e pão. O comércio fechou por alguns dias e o transporte público chegou a ser paralisado em sua grande maioria no período da tempestade.

No verão, 17 graus já é considerado calor. Mais do que isso os irlandeses passam até mal. Mas, por incrível que pareça, é possível sim botar os bracinhos de fora e passear pelas ruas com roupas mais leves para pegar aquela vitamina D.

Falando nisso, uma das cenas mais comuns do verão irlandês é se deparar com centenas de pessoas estiradas no gramado dos parques nos dias mais ensolarados. Reza a lenda que algumas empresas até liberam os funcionários mais cedo em dias assim, tamanha a raridade.

Mas se tem uma coisa que não muda o ano todo é a chuva. Nada tão tipicamente irlandês quanto ela. É importante sempre carregar uma capa de chuva na bolsa, você nunca sabe quando vai precisar. Normalmente é aquela chuvinha fina e chata que dura horas. Dificilmente se vê pancadas de chuvas e longas tempestades.

Uma curiosidade sobre as estações do ano na Irlanda é que, durante o verão, o sol nasce por volta das 4 da manhã e se põe pra lá das 10 da noite. Enquanto no inverno os dias ficam bem curtos, amanhecendo 8 da manhã e escurecendo antes das 5 da tarde.

É bom avisar também que o verão na Irlanda é entre os meses de junho e agosto, enquanto o inverno começa em dezembro e se estende até março. Ah! Aqui também tem horário de verão. Nessa época, a diferença entre a Ilha e o Brasil é de 4 horas para mais. Nas demais épocas do ano a diferença é de 3 horas.

Curiosidades

A Irlanda foi o primeiro país a permitir a união entre pessoas de mesmo sexo pelo voto popular. © motortion | Dreamstime.com

O casamento entre pessoas de mesmo sexo é permitido

Até 1993 era ilegal ser homossexual na Irlanda, acredite se quiser. O interessante é que, pouco tempo depois, em 2010, foi reconhecida legalmente a união civil entre casais de mesmo sexo no país. E em 2015, a Irlanda foi o primeiro país do mundo a legalizar o casamento gay através do voto popular.

É proibido consumir bebidas alcoólicas nas ruas

É isso mesmo. Nada de levar cooler para os parques depois do trabalho. Aqui é proibido o consumo de álcool em lugares públicos, ou seja, você só pode beber em pubs, restaurantes ou em casa mesmo. Além disso, os estabelecimentos comerciais só podem vender bebidas alcoólicas entre 10h e 22h.

O aborto é legalizado

A lei é super recente, o referendo aconteceu em 2018 quando a maior da parte da população votou a favor da legalização do aborto na Irlanda. Mais de 64% de cidadãos irlandeses foram às urnas e o “sim” ganhou com 1,4 milhão de votos.

O horário comercial é bem diferente

Em Dublin as lojas têm horários diferentes do que estamos acostumados.© David Steele | Dreamstime.com

Em Dublin as lojas têm horários diferentes do que estamos acostumados.© David Steele | Dreamstime.com

Se você estava acostumado a sair do trabalho no Brasil por volta das 19 horas e ir ao shopping comprar alguma coisinha que estava precisando, vai precisar se adaptar ao horário comercial irlandês. Por aqui a maioria das lojas fecham as portas e encerram o serviço antes das 18h.

Sem sacolas plásticas no supermercado

Em 2002 a Irlanda se tornou o primeiro país do mundo a introduzir o imposto ecológico sobre sacolas plásticas. Sabe os sacos plásticos fininhos que usamos aos montes para carregar as compras nos mercados brasileiros? São proibidos aqui. Você deve ir às compras de mochila, bolsa ou pode comprar sua sacola a partir de 39 centavos de euro na primeira compra (ou cada vez que você esquecer a sua em casa).

Turismo na Ilha

Phoenix Park

Encantador, o Phoenix Park é um dos primeiros lugares visitados pelos recém-chegados na capital irlandesa. © Daniel M. Cisilino | Dreamstime.com

O Phoenix Park é simplesmente o maior parque urbano de toda a Europa. São mais de 700 hectares de área verde no meio da capital do país, Dublin. Com certeza é uma das visitas necessárias e que rende um dos cliques mais icônicos dos turistas: a foto alimentando os veados. Sim, os “dears” passeiam livremente pelo parque e dá para chegar bem pertinho deles, é imperdível.

Cliffs of Moher

Um dos pontos turísticos mais visitados do país, os Cliffs of Moher são falésias enormes que formam um paredão onde as águas do Oceano Atlântico se chocam de forma bruta. É uma paisagem de tirar o fôlego! São 8 km de extensão e os Cliffs tem até 214 metros de altura. Mais de 1 milhão e meio de visitantes vão conferir de perto essa maravilha da natureza todos os anos. Não dá para perder.

The Temple Bar

A região do Temple Bar é uma das mais movimentadas da cidade. © Prinola Govender | Dreamstime.com

Está longe de ser o pub mais antigo ou o mais tradicional do país, mas é, com certeza, o mais famoso. A sua fachada vermelha inconfundível atrai milhares de visitantes todos os anos, o que torna a região extremamente turística. Inegavelmente charmoso, o pub fica localizado do centro de Dublin e também é parada obrigatória.

Spire of Dublin

Impossível não mencionar um monumento em forma de agulha com 120 metros de altura fixado na O’Connell Street, a principal rua do centro de Dublin, não é? O Spire começou a ser construído em 2002 e foi inaugurado um ano depois. Desde então ele passou a ser o maior ponto de encontro e referência da cidade, mas os irlandeses não são muito fãs dele não. Ele custou 4 milhões de euros e divide opiniões entre os nativos sobre o gasto do dinheiro público.

St. Patrick’s Day

No dia 17 é comemorado o St. Patrick’s Day, o dia mais movimentado da Ilha. © Roman Samborskyi | Dreamstime.com

Definitivamente o dia mais turístico do ano, em cada 17 de março o país é tomado por todos os tons de verde possíveis em celebração ao Dia de São Patrício, o St. Patrick. A festa, que é muitas vezes comparada ao nosso Carnaval, atrai gente de todas as partes do mundo para o final de semana mais movimentado da Ilha. Os pubs ficam lotados e vários desfiles acontecem por aí. Sem contar nas caracterizações e na energia contagiante.

Precisando de orçamento para o seu intercâmbio na Irlanda? Comece por aqui!

Como faz para estudar inglês na Irlanda?

Saiba como estudar inglês na Irlanda em 2020. © Javiindy | Dreamstime.com

A Irlanda se firmou como um dos principais destinos escolhidos por intercambistas brasileiros que desejam aprender inglês. Estudar na Ilha Esmeralda é atrativo por uma série de fatores, entre elas a facilidade para tirar o visto e a possibilidade de trabalhar legalmente no país.

Para estudar inglês na Irlanda e obter o visto de estudante (Stamp 2) é preciso comprar um curso de inglês de duração de 25 semanas, ou seja, 6 meses. Além disso, você tem que comprovar a quantia de 3 mil euros para a imigração do país, montante esse que equivale à quantidade necessária para se manter aqui durante esse tempo, de acordo com o governo irlandês.

É preciso também apresentar seu passaporte, um comprovante de residência e seguro saúde. Você vai obter o cartão IRP, Irish Residence Permit (antigo GNIB), em casa através dos correios em poucos dias. O valor cobrado é de 300 euros e pode ser renovado duas vezes. Cada visto dura 8 meses, 6 de curso e mais 2 de férias.

O agendamento do visto deve ser feito com antecedência e online. É recomendado, inclusive, que ele seja feito ainda no Brasil porque os “appointments” são disponibilizados sempre para mais ou menos 2 meses para frente.

Muitos encontram dificuldades para realizar o agendamento pois as datas pipocam no site e duram poucos minutos. É preciso sempre ficar atento aos principais horários em que surgem vagas (geralmente ocorre por volta das 9 da manhã, horário da Irlanda) e ser bem ligeiro na hora do clique.

Para realizar a renovação do visto o processo é basicamente o mesmo, exceto a comprovação dos 3 mil euros que não é mais necessária. Em vez disso, outra cobrança exigida pela imigração se torna o pesadelo dos intercambistas: a presença nas aulas, o famoso “attendence”.

Para continuar como estudante de inglês aqui não basta pagar um curso novo e os 300 euros do visto. É preciso ter presença igual ou superior a 85% nas aulas da escola, o que, para muitos, é um verdadeiro desafio. Quando a regra não é obedecida, o estudante fica sujeito à ouvir um “não” quando solicitar a extensão do visto e alguns casos até mesmo a deportação.

Posso trabalhar como estudante?

Durante o intercâmbio na Irlanda, o estudante pode trabalhar legalmente 20 horas semanais com o Stamp 2. © Emiliezhang | Dreamstime.com

Como já demos um spoiler ali em cima, a resposta é SIM. Quem tem o Stamp 2, ou seja, o visto de estudante pode trabalhar no país pelo período de 20 horas semanais, exceto no verão, quando é concedido o direito de trabalhar full time (40 horas).

Na maioria das vezes as empresas exigem um documento chamado PPS, Personal Public Service Number, o equivalente ao CPF no Brasil, na hora da contratação. Para tirar o PPS o agendamento é online e bem mais tranquilo do que o PPS. O único obstáculo é que, para a tirar o documento é preciso ter uma carta do seu futuro empregador solicitando o mesmo. E muitas vezes as empresas contratam aqueles que já possuem o registro.

As vagas mais comuns para estudantes estrangeiros com nível básico de inglês são:

  • Cleaner: responsável pela limpeza
  • Cashier: responsável pelo caixa dos estabelecimentos
  • Floor staff: responsável pela limpeza de restaurantes
  • Bartender/Barista: responsável por fazer bebidas e cafés
  • Waiter/waitress: garçom/garçonete
  • Barback: responsável pela reposição de bebidas de pubs e restaurantes
  • Childminder: responsável por cuidar de crianças (babá)

O salário mínimo na Irlanda hoje, 2019, é 9,80 euros por hora trabalhada.

Precisando de orçamento para o seu intercâmbio na Irlanda? Comece por aqui!

Veja também

Melhores destinos de intercâmbio

Larissa Fontes
Larissa Fontes, Jornalista, geminiana e curiosa. Dona de uma mente inquieta num corpo semi-sedentário de 20 e poucos anos. Sobrevive à base de café, música alta e papos de boteco. Acompanhe ela em @larifontes no Instagram.

Stock Photos via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar