Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Dicas de Viagem

Já pensou em fazer intercâmbio de graça pela Europa?

Colaborador E-Dublin postou em 17 abr 2017

Preparar um intercâmbio significa que você terá que pensar em comprar um curso de inglês, certo?

Não necessariamente! Quem pretende ter uma experiência curta, porém enriquecedora, fora do país, pode começar a levar em consideração alternativas como o HelpX, uma comunidade online que une pessoas que estejam dispostas a oferecer hospedagem (hosts) e pessoas que estejam dispostas a colaborar em troca de um lugar para ficar, que são os chamados voluntários. É um sistema de ajuda mútua.

Voluntária pelo HelpX na Nova Zelândia - arquivo Natacha Oharo

Voluntária pelo HelpX na Nova Zelândia. Foto: Arquivo Pessoal, Natacha Oharo

O que faz essa iniciativa diferente de algumas outras que também usam a internet como ferramenta principal, é o fato das propostas serem mais abertas.

Quem pensa em buscar hospedagem por lá, pode se preparar para propostas inusitadas, pois elas não só variam no tipo de hospedagem, que poderá ser em fazenda, hotel, hostel, rancho ou residência, como também na solicitação de colaborações diversas, que podem ir desde cuidar de um idoso até ser o responsável pela alimentação dos animais do local.

Hoje, a rede inclui destinos como Austrália, Canadá, diversos países europeus e Nova Zelândia, além do destaque para o network alternativo, que conta com opções como Japão, Havaí, Costa Rica, Chile e Equador.

Os anúncios são postados no site e podem ser acessados de forma gratuita. Porém, para usufruir por completo, é preciso se tornar um membro Premier, o que custa em torno de 15 euros e te dá o direito de utilizar do serviço por dois anos. Ao completar o cadastro, você poderá criar um perfil citando todas as suas expectativas e aptidões para que o responsável pela hospedagem também saiba um pouco mais sobre você.

O interesse pode partir tanto do voluntário quanto do host, que poderá contatar o helper e oferecer a oportunidade. O importante é estabelecer os seus direitos e deveres, tirando todas as dúvidas, o que inclui questões de segurança, antes de fechar o acordo.

Não deixe de ler comentários e referências sobre o local

Embora o esperado seja que as atividades ocupem quatro horas diárias, alguns podem pedir que você trabalhe oito horas corridas em troca de folga no dia seguinte. Em algumas oportunidades, as atividades exigem menos tempo e o host oferece apenas espaço e ingredientes para que o voluntário faça a sua própria refeição.

É responsabilidade do helper cuidar das questões referentes ao visto e ao seguro pessoal, exigido em atividades em barcos, por exemplo. A participação de menores de 18 anos só é liberada quando forem acompanhados dos pais e, claro, se o anfitrião concordar.

Foto Rafael Leick

Foto: Rafael Leick

Será essa uma boa alternativa?

Experiências como as propostas pelo HelpX são, muitas vezes, uma oportunidade de passar um tempo em outro país, mas longe do foco turístico. Nesse tipo de intercâmbio, você vivenciará o cotidiano do morador do local. A maioria dos participantes define essa experiência como um estilo de vida.

Algumas vezes, as pessoas que optam por esse tipo de intercâmbio estão buscando companheiros com quem tenham afinidades para programar a próxima trip.

O HelpX foi a opção do brasileiro Rafael Leick depois de ter morado durante um tempo na Europa e ter feito um intercâmbio da “maneira comum”. Quando ele optou pelo HelpX, escolheu como cenário para o serviço voluntário a Escócia. Ele iria trabalhar em uma fazenda localizada próxima ao vilarejo de Saline, a 30 minutos de Edimburgo, capital. Os detalhes do intercâmbio foram acertados pelo site e por reuniões via Skype. Como tudo ocorreu conforme o combinado, as surpresas ficaram por conta da convivência com aquelas pessoas que, até aquele momento, eram praticamente desconhecidas para ele.

Rafael compartilha um pouco dessa experiência escrevendo no seu blog, Viagem Primata.

“Toda manhã fazíamos, na hora do café-da-manhã, um ‘check-in’, que consistia em uma rodada em que cada um falava como havia sido o dia anterior, quais eram as expectativas para o dia que tínhamos pela frente e qualquer outra coisa que quisesse compartilhar. No começo achei até um pouco invasivo e tinha que me exercitar para pensar no que ia falar. Depois percebi que esse exercício, feito diariamente, te torna mais consciente de quem você é, do que você quer, do que não quer mais, do que é importante pra você, do que não é, dentre outras coisas. E isso, pro meu processo, foi ótimo”, relata o intercambista.

Na hora de colocar na balança, ele é muito claro ao comparar as duas experiências:

“Morei em Londres por 9 meses e acho que esse único mês de visita à Escócia, contando só 15 dias, já valeu mais, pessoalmente, do que os 9 meses. Hoje vejo que na outra vez fiz turismo. Com o HelpX, fiz intercâmbio de verdade. Na outra vez, era tudo novidade. Dessa vez, foi um momento forte de mudança pessoal.”

Revisado por Tarcísio Junior
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio

Recentes e populares

Economia

Saiba como aproveitar a Black Friday na Irlanda

3 dias atrás, por Elizabeth Gonçalves
Clima

5 dicas para encarar o inverno irlandês

2 semanas atrás, por Deby Pimentel
Saúde

Depressão? Onde procurar ajuda na Irlanda?

2 semanas atrás, por Deby Pimentel
Cultura

Fique por dentro do projeto Casa Brasil na Irlanda

3 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Agenda Cultural

Se liga no que vai rolar na Irlanda em novembro!

3 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Trabalho

5 sites para procurar vagas de marketing na Irlanda

3 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Bebidas

Você sabe o que é BYOB?

4 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Trabalho

Você conhece os contratos de trabalho vigentes na Irlanda?

4 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Eventos e Festivais

5 festivais para aquecer o outono irlandês

1 mês atrás, por Elizabeth Gonçalves
Produtividade

5 plataformas online úteis para o seu intercâmbio

1 mês atrás, por Elizabeth Gonçalves