Legislação da quarentena em hotéis deve sair na próxima semana

Legislação da quarentena em hotéis deve sair na próxima semana

Rubinho Vitti

2 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

A decisão do governo irlandês em impor uma quarentena em hotéis para quem chegar de países considerados de risco por conta de novas variantes do coronavírus — e isso inclui, no momento, Brasil e África do Sul — deve sair na próxima semana.

O vice-primeiro-ministro, Leo Varadkar, confirmou à imprensa irlandesa a informação.

O Ministro dos Transportes, Eamon Ryan, disse ao RTÉ News que mais países, além do Brasil e da África do Sul, serão adicionados à lista de quarentena obrigatória, mas o sistema precisa entrar em funcionamento primeiro.

Vice-primeiro-ministro Leo Varadkar anunciou que legislação da quarentena obrigatória em hotéis sai na próxima semana. Foto: Merrion Street

O plano irlandês “Living with Covid-19” — vivendo com a Covid-19 — será atualizado e anunciado na semana do dia 22 de fevereiro. Esse plano foi o responsável por, no ano passado, criar os níveis de lockdown no país (1 a 5).

Segundo o primeiro-ministro irlandês, (Taoiseach) Micheál Martin, o país tem um caminho a percorrer antes que o atual nível de restrições possa ser amenizado e isso deve estar no plano atualizado.

Outro membro do governo, a ministra da Justiça, Helen McEntee, disse que os preparativos para a introdução da quarentena obrigatória em hotéis estão em estágio avançado e serão introduzidos nas próximas semanas.

Ela acrescentou que os formulários de localização de passageiros e testes de PCR, bem como a quarentena doméstica, continuarão.

Quarentena obrigatória em hotéis é aprovada no Reino Unido

O governo também está conversando com autoridades da Irlanda do Norte e do Reino Unido para evitar que pessoas viajem por Dublin para tentar escapar de um teste PCR ou outros requisitos de entrada no Reino Unido, país que também impôs quarentena obrigatória em hotéis.

O secretário de Saúde Matt Hancock britânico disse que residentes britânicos ou irlandeses vindos de 33 países considerados de alto risco (incluindo todos os países da América do Sul) de novas variantes terão que se hospedar em um dos 16 hotéis designados na Inglaterra.

Os viajantes terão que ficar em seus quartos, receber refeições e pagar seu próprio bolso a um custo de £ 1.750 (aproximadamente € 2.000). Leia mais aqui!

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar