Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Essenciais

Lembram das mudanças no visto de estudante? Agora é para valer

Júlia Paniz postou em 01 out 2016

Há pouco mais de um ano o governo irlandês iniciou uma reforma educacional, que já naquela época prometia revolucionar o sistema no país. Focada principalmente nas escolas de língua inglesa que, após o “boom” da vinda de estudantes não-europeus, passaram a ser vistas como fábricas de visto, o país prometeu acabar com a bagunça e organizar a casa.

Segundo o governo irlandês, dia  1º de Outubro de 2015, deveria sair a lista definitiva com todas as instituições elegíveis para fornecer o visto de estudante. Porém, como publicado recentemente na página do Inis, a lista sofrerá com atraso de algumas semanas. No entanto, à partir de hoje todas as escolas devem estar de acordo com as exigências do governo.

Como as mudanças foram acontecendo pouco a pouco e muita coisa já tem até um tempinho, este texto atualizará você, intercambista, sobre o A a Z do que mudou no visto de estudante na Irlanda!

Fábrica de vistos, aqui não!

Começamos com a proibição da emissão de visto para algumas escolas, seguindo do fechamento das chamadas “fábricas de visto” ou instituições que estavam foram das regras do governo.

Após deixar os brasileiros aflitos com a situação, as ministras da Justiça e da Educação anunciaram a Reforma Regulatória do Setor de Educação Internacional e do Regime de Imigração Estudantil, pontuando tudo que estava previsto para acontecer, incluindo as mudanças nas regras de trabalho para não-europeus.

Imigração Irlandesa em Dublin

Imigração Irlandesa em Dublín

Instituições terão que assegurar os estudantes

Além disso, o governo alertou os estudantes para tomarem cuidado com as escolas e ficarem atentos aos itens de segurança oferecidos pelas instituições, como o seguro Learner Protection.

Mas a maior de todas as notícias ainda estaria por vir. Especulações falavam sobre aumento do custo do IRP e até mesmo do valor da comprovação de renda – itens que não sofrerão alterações e que se mantem em 300 euros e 3 mil euros respectivamente.

Visto de estudante agora será para 8 meses

O que realmente chegou de surpresa e mudou os planos de muitos brasileiros foi a redução do visto de 1 ano para apenas 8 meses, sendo destes 6 meses de aulas e 2 de férias.

O Serviço de Imigração e Naturalização Irlandesa (INIS, sigla em inglês) também prometeu anunciar a partir do dia 1º de outubro a nova lista dos cursos elegíveis que podem permanecer em vigor e oferecer visto para estudantes de fora da Europa, a chamada ILEP, sigla para Interim List of Elegible Programes. Porém, o governo divulgou na página oficial da Imigração que a lista sofreria atraso de algumas semanas e até agora nada foi oficialmente publicado. Ou seja, até segunda ordem, o visto de 1 ano ainda está valendo.

Visto irlandês

Foto: AndEstefane

A primeira parte do documento oficial foi anunciada no início de junho, contando apenas com os cursos de ensino superior autorizados pelo governo. Porém, como citamos no início do post,  a segunda parte da ILEP foi prorrogada junto com a data para a mudança das regras de visto – até as mudanças entrarem em vigor, quem for aplicar para o visto ainda pode conseguir o de 12 meses.

Corrida para conseguir o visto de estudante e muitas filas

Centenas de estudantes não-europeus estão correndo atrás de tudo para conseguir o visto no modelo antigo. Pela grande quantidade de filas que vêm se formando diariamente em frente à imigração, principalmente já na madrugada, o INIS decidiu delimitar as datas para retirada do visto. Aqueles que estão tirando o IRP pela primeira vez, devem ir ao Immigration Public Office nas segundas e terças-feiras. Para quem está renovando o documento, os dias serão de quarta à sexta-feira. Falaremos mais sobre essas mudanças em breve aqui no E-Dublin.

Fonte: Irish Times

Fonte: Irish Times

Além disso, outras melhorias estão sendo realizadas pela Garda para melhorar o sistema de atendimento – entre eles a ampliação dos horários que deve, futuramente, incluir finais de semana, aumento no quadro de funcionários, além da implementação do sistema online que já está em teste e em fase final.

Mudanças para o melhor

Como já mencionamos anteriormente no E-Dublin, todas essas mudanças têm como objetivo não só organizar o sistema educacional na Irlanda, mas também oferecer segurança e garantia na qualidade de ensino para os estudantes.

De acordo com a tabela comparativa divulgada pelo E-Dublin recentemente, a Irlanda continua sendo um dos países que oferece mais vantagens para quem pretende estudar no exterior. Mesmo assim é preciso pesquisar com aprofundamento os objetivos de cada intercambista. Lembre-se sempre de procurar todas as informações possíveis sobre o país, a escola em que está se matriculando e, caso esteja contratando uma agência, procure saber se a empresa está ciente de todas as mudanças e regras.

Por último, deixamos algumas dicas neste post para você saber como se planejar para a nova aventura da sua vida que será o intercâmbio!

Sobre o Autor


Repórter e colaboradora do E-Dublin, tem 24 anos e é formada em Jornalismo desde 2012. Trabalhou com assessoria de imprensa, mídias sociais e telejornalismo. Saiu de Blumenau, Santa Catarina, para estudar inglês em Dublin, na Irlanda, mas descobriu que aprenderia muito mais que apenas um novo idioma. É apaixonada por fotografia, livros, viagens e novas culturas.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Vistos

Cuidado com a Deportação

6 meses atrás, por Ávany França
E-Dublin TV

Perguntas feitas na imigração na Irlanda

7 meses atrás, por Edu Giansante
Vistos

Onde tirar o visto no interior da Irlanda

12 meses atrás, por Ávany França
Posts Essenciais

Quais são os tipos de Vistos na Irlanda?

1 ano atrás, por Colaborador E-Dublin
Trabalho

Descubra quais profissões estão em alta no Canadá

1 ano atrás, por Elizabeth Gonçalves
Crônicas da Ilha

Eu, a bêbada e a Garda

1 ano atrás, por Leandro Mota