Coronavírus: Membros do governo irlandês cortam próprios salários em 10%

Coronavírus: Membros do governo irlandês cortam próprios salários em 10%

Rubinho Vitti

2 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Os líderes dos três partidos que formam a coalizão do novo governo irlandês, iniciado em junho, decidiram por unanimidade cortar em 10% os salários do Gabinete, formado pelo primeiro-ministro (Taoiseach) Micheál Martin, o vice-primeiro-ministro, Leo Varadkar, e membros dos ministérios.

O corte será retroativo desde o início do governo, em junho. Segundo Martin, em reportagem da RTÉ, a decisão foi tomada há algum tempo, mas somente nesta semana foi batido o martelo.

O governo foi duramente criticado por não cortar os salários da própria equipe em abril, antes mesmo da formação do novo governo.

A desculpa, na época, era que “os ministros não aceitaram os aumentos salariais nos últimos anos”.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar