Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Mercado

Mercado profissional na Irlanda: Em quais áreas apostar?

Andre Luis Cia postou em 18 jul 2016

Na contramão do Brasil, que atravessa uma fase crítica em termos econômicos e sociais, a Irlanda, por sua vez, continua crescendo economicamente e o melhor, abrindo oportunidades de empregos a estrangeiros. Não e à toa que as vagas para fluentes em Português estão cada vez mais presentes nos principais sites de recrutamento. E antes que você pense que apenas a área de tecnologia tem aberto portas para estrangeiros, o gráfico abaixo ilustra quais outras áreas também têm se destacado.

Gráfico_empregos

Divulgação: IrishJobs.ie

Entre as vagas para bilíngues, destacam-se ofertas para tradutores, educadores, serviço/atendimento ao cliente e especialista de pagamento. O que contribuiu para essa abertura do mercado para fluentes em português foi o fato de que após a crise econômica de 2008, a Irlanda se tornou o destino preferido de multinacionais, como Google, o Yahoo, o Twitter, o Paypal, o Dropbox, Oracle, a Microsoft e a Zynga, que instalaram sedes no país, abrindo espaço para trabalhadores com o domínio de outros idiomas além do inglês, com o intuito de suprir a demanda dessas empresas.

No entanto, é importante lembrar que mesmo para as vagas de Portuguese Speakers, o inglês continua essencial, já que essa e a língua oficial nas empresas estabelecidas na Irlanda. Uma das dicas dadas por especialistas de recrutamento, é que o candidato se esforce para ter um bom domínio do inglês, pois isso contará pontos importantes para a seleção.

O diretor executivo da Recruiters, Gerard Doyle, aponta que a área de TI continua sendo uma das mais requisitadas no país, porém, há outras profissões, como enfermeiros, médicos e farmacêuticos industriais que também têm sido alvo por parte de empregadores irlandeses. Todas integram as critical skills – lista desenvolvida pelo governo irlandês, que classifica e especifica quais as capacidades e habilidades são legíveis para a aplicação de um visto de trabalho. “Estas são áreas de demanda acentuada na Irlanda neste momento. Há várias empresas irlandesas que ajudam o candidato na obtenção do visto de trabalho”, aponta Doyle.

GERARD_dOYLE

Gerard Doyle. Foto: Divulgação

De acordo com a pesquisadora de talentos Eveline Zerio, as empresas estão se tornando multiculturais e sempre abertas a empregar profissionais talentosos. Zerio explica que com qualificação e experiência, hoje é possível conseguir um bom trabalho, seja permanente ou mesmo contratual. “É preciso falar inglês pelo menos em um nível bom de comunicação. Existe também a necessidade de se fazer o trabalho, além do engajamento com o time e com a empresa”.

Revisado por Tarcísio Junior
Imagem de capa via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para jornalismo@e-dublin.com.br

Sobre o Autor


Jornalista com pós-graduação em Roteiro para TV e Cinema, é autor do livro Desejo de viver, que conta a história de luta, superação e de amor à vida de Eliete Gandolfi Cia, sua mãe, falecida em2015. Profissional com 18 anos de experiência na área de comunicação, incluindo a idealização, produção e escrita de duas séries de jornalismo internacional: sonho americano e sonho italiano, e atuação em diferentes veículos de mídia do Brasil, como redações de jornais impressos, assessorias de imprensa e TV, dentre outros.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

Recentes e populares

E-Dublin TV

Carreira de Psicólogo na Irlanda

1 semana atrás, por Edu Giansante
E-Dublin TV

Benefícios nas empresas no exterior

2 semanas atrás, por Edu Giansante
TI na Irlanda

Você terá chance no mercado de TI na Irlanda?

4 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin