Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Cultura

Curiosidades: Meu flatmate é Irlandês

postou em 15 jul 2018

Após mais de 2 anos de convívio com Irlandeses, me sento preparado pra escrever esse post. Isso porque não foi 1, mas pelo menos 8 Irlandeses diferentes com quem já morei. Isso ajuda a não criar rótulos, mas tirar pequenas conclusões no que diz respeito a hábitos e diferenças culturais.

Bom, vamos lá!

BANHO E IRLANDÊS NÃO COMBINA?

Eles tomam banho sim, mas banhos de 5 minutos. Isso porque o banho é funcional: se limpar. No caso de crianças, o banho se transforma em lencinhos umedecidos durante a semana e banho regular no fim de semana. No Brasil, devido a fatores culturais e climáticos nosso banho, além de higienizar, tem a função de refrescar, se sentir bem e, é claro, paa nós ser prazeroso curtir um bom banho.

O irlandês toma banho, mas não igual aos brasileiros. Foto: yanalya | Freepik

O irlandês toma banho, mas não igual aos brasileiros. Foto: yanalya | Freepik

IRLANDÊS NÃO COZINHA

Olha, nesse ponto tenho que concordar. Eles não cozinham e, na sua maioria, por preguiça pura. De todos que morei, 70% sabiam cozinhar, mas NUNCA cozinhavam. Se cozinhavam, era uma vez a cada dois meses. Alguns até demoravam dias pra lavar a louça! O que eles mais comem são congelados (pizza, lasagna) e pasta (macarronada) com molho vermelho.

Irlandeses e a preguiça de cozinhar. Foto: Freepik.

Irlandeses e a preguiça de cozinhar. Foto: Freepik.

DIA A DIA

Você chega em casa do trabalho, se seu flatmate Irlandes já estiver lá, ele provavelmente estará assistindo televisão e comendo um de seus congelados. Se você começar a usar a cozinha antes deles, eles esperam até que você termine completamente de usar a cozinha, para então fazerem sua janta.

Eles também não fazem compras grandes. Dificilmente eu via alguns dos meus flatmates voltando com uma sacolona da Tesco como nós brasileiros. Era sempre pontual. Comida pra 2, 3 dias, comprada no Spar mesmo e, raramente, no supermercado. São motivos pelo qual só vemos brasileiros e poloneses no Tesco! :)

VANTAGENS

O que julgo serem grandes vantagens de se morar com Irlandês, são:

  •   – Inglês: Por mais que você estude, conviver com Irlandês faz com que você realmente pratique seu inglês. Chegar em casa cansado e desabafar em inglês, ou assistir uma notícia e comentar sobre ela depois, são perfeitos pra se treinar pois, diferente de outras nacionalidades, essa é a lingua nativa e acaba sendo ótimo pra aprender novos termos e expressoes em inglês que dificilmente seriam usadas por outro estrangeiro.
  •  – Cultura: Assim como um Irlandês recém chegado no Brasil jamais saberia o motivo das pessoas revoltadas com o atual governo, você também fica se perguntando sobre várias notícias que parecem não fazer sentido nenhum pra você.
  •  – Sotaque: Além do inglês, você conseguirá treinar seu ouvido ao sotaque pesado da Irlanda e, até mesmo, pegar um pouco do sotaque irlandês. Curiosamente, muitos irlandeses com quem converso comentam sobre isso: “você não tem sotaque de brasileiro”. (Entendo isso como elogio, apesar da voz abatatada deles! rs)
  •  – Segurança financeira: Dificilmente um irlandês nos seus 20 e poucos anos está no sufoco de dinheiro, pois eles tem uma segurança financeira vinda da família. Não que os pais paguem as contas, mas eles tem uma renda garantida e nunca vi mesquinhagem por conta deles em relação a isso.
  • – Liberdade de final de semana: Muitos são estudantes ou jovens profissionais, vieram trabalhar na “cidade grande”. Ou seja, na maioria dos finais de semana, eles voltam pra sua cidade natal, fora de Dublin, pra ficar com os amigos de infância e a família. Vantagem a curto/médio prazo pois você fica sozinho em casa no final de semana (Eeeee festa!!) ;-)

Bom, no balanço final, considero vantajoso sim morar (nem que seja por um tempo) com irlandeses. Faz parte da imersão cultural e nenhum dos pontos ruins te afeta diretamente.

E aí, vai encarar morar com irlandeses? :)

Sobre o Autor


Fundador e CEO do E-Dublin, Edu chegou na Irlanda em 2008, no ano pré-crise, pegou a nevasca de 2010 e comeu cérebro de cabra em Marrakesh. O Edu também é baterista da banda Irlandesa Medz.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Posts recentes

Cultura

Curiosidades: Costumes natalinos na Europa

22 horas atrás, por Ávany França
Curiosidades

Intercambistas contam como é o Ano Novo na Europa

4 dias atrás, por Colaborador E-Dublin
Cultura

5 mercados de Natal imperdíveis na Irlanda

5 dias atrás, por Elizabeth Gonçalves
E-Dublin News

Tarifas do transporte em Dublin sofrem reajuste

6 dias atrás, por Elizabeth Gonçalves