Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Dicas de Viagem

Museu do Titanic é atração histórica na Irlanda do Norte

Rubinho Vitti postou em 12 mai 2018

Além de ser conhecida por suas maravilhas naturais, a Irlanda do Norte atrai centenas de turistas todos os dias para Belfast, capital do país, a fim de conhecer, entre outras atrações, a história do navio Titanic, no Titanic Museum.

O Titanic e a cidade de Belfast

Belfast foi o ponto de partida do Titanic em sua viagem inaugural. Ele teria como destino WestWards, passando por Southampton, Cherbourg e Cobh.

A capital da Irlanda do Norte também era sede da Harland and Wolff, empresa do setor da construção naval responsável pela criação do Titanic. Criada em 1861, ela permanece na ativa após o fiasco de seu mais importante produto construído.

Museu em formato de Iceberg

Yossawat Songsirisombat

Titanic Museum, em Belfast: fachada lembra proa do navio e também o iceberg que o afundou. Foto: Yossawat Songsirisombat/Dreamstime

O design do museu é um show à parte. O prédio coloca o visitante para viajar no tempo e na história. Por isso foi pensado em ter um visual completamente diferente.

A parte externa tem duas interpretações: ela lembra a proa do Titanic e, alternativamente, parece o iceberg que afundou o navio.

São, ao todo, 3.000 pedaços de alumínio utilizados para cobrir a fachada de 38 metros de altura, a mesma medida do casco do histórico flutuante.

Conteúdo multimídia e interativo

O passeio no museu consiste em visitar nove galerias absolutamente interativas, que passeiam pela história, conhecendo desde a Belfast do início do século 20, quando o Titanic foi construído (1909 – 1911), até a redescoberta do navio no fundo do mar, que inspirou e deu origem ao filme Titanic, lançado há 20 anos, em 1998.

Réplicas chamam a atenção dos visitantes

Attila Jandi

Réplica do bote salva-vidas no Titanic Museum, em Belfast. Foto: Attila Jandi/Dreamstime

São diversas réplicas feitas das principais partes do Titanic. Elas estão espalhadas pelas galerias. O visitante pode ver, por exemplo, o leme do navio ou entender como era a rampa de lançamento do Titanic. Há também recriações digitais que fazem o público parecer estar dentro do navio.

Viagem desastrosa

A quinta galeria do navio é dedicada à desastrosa viagem inaugural do Titanic, que fez o navio ficar famoso no mundo todo. Já a sexta galeria fala especificamente do naufrágio. Lá, imagens e áudios retratam como foram os pedidos de socorro de quem conseguiu sobreviver à queda.

Áudios de histórias de sobreviventes também são mostrados. Já a sétima galeria documenta as consequências do naufrágio e mostra uma réplica do bote salva-vidas em tamanho real.

Mitos e lendas

Foto: 20th Century-Fox

Cena do filme Titanic, lançado há 20 anos, em 1998. Foto: 20th Century-Fox

Se em tempos de internet as fake news pegam as pessoas despreparadas, imagina o boca a boca de uma história tão surreal como a do Titanic. O museu conta detalhes de boatos e interpretações do navio que foram retratados em livros, peças de teatro e, claro, no famoso filme de 1998.

Expedição e redescoberta

A expedição em busca dos destroços do Titanic, além de inspirar o filme, foi importante para saber a realidade da história do famoso navio.

A última galeria mostra os vídeos feitos a 3.700 metros abaixo da superfície do oceano Atlântico Norte, feitas por Robert Ballard, que narra sua trajetória para encontrar o histórico navio.

Como visitar

Titanic Museum fica na capital da Irlanda do Norte, Belfast, em uma região conhecida como Titanic Quarter. Tem fácil acesso do centro da cidade a pé ou por meio de transporte público.

Ele fica aberto diariamente, em diferentes horários durante o ano, com exceção aos dias 24 e 25 de dezembro. O local possui café, restaurante e, até mesmo, hospedagem no Titanic Hotel Belfast.

Desde Dublin, o acesso à capital da parte norte do país é fácil, por ônibus ou trem, em uma viagem de apenas 2h30.

Imagens centrais via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Rubinho Vitti é jornalista de Piracicaba, SP. Vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Cultura

The Little Museum of Dublin

3 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Eventos e Festivais

5 mercados de Natal imperdíveis na Irlanda

6 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Cultura

Conheça a famosa Casa Georgiana Nº29 em Dublin

6 meses atrás, por E-Dublin Press