Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Curiosidades

Na Irlanda, falar ao telefone no ônibus é falta de educação

Rubinho Vitti postou em 18 mai 2018

Você sabia que é falta de educação falar ao telefone no transporte público na Irlanda?  Pode reparar: durante as viagens de trem ou ônibus raramente se vê um irlandês falando alto no celular. Quando alguém liga, a maioria discretamente diz estar no trajeto e que retorna a ligação em breve.

Conversar de forma exacerbada também não é legal durante o percurso. Atitudes como essas e outras precisam ser observadas para seguir esses bons exemplos de comportamento durante o intercâmbio.

Dublin Bus possui código de conduta dos usuários para evitar incômodos durante o transporte. Foto: Drx/Dreamstime

Dublin Bus possui código de conduta dos usuários para evitar incômodos durante o transporte. Foto: Drx/Dreamstime

Educação é bom e todos gostam

Não é incomum estar no transporte público e escutar, durante uma longa jornada, pessoas conversando alto, ao vivo e por telefone, ou trocando áudio pelo WhatsApp. Muitos brasileiros costumam ter essa atitude. Contudo, na Irlanda, lugares públicos e fechados, como os ônibus, devem ser respeitados.

Apesar de não ser uma lei que gere multas, como muitas que temos por aqui (como colocar os pés sobre os bancos, por exemplo), conversar alto é considerado falta de educação.

Brasileiros expressivos

Falar ao celular dentro do transporte público de Dublin é considerado falta de educação. Foto: Ldprod/Dreamstime

Falar ao celular dentro do transporte público de Dublin é considerado falta de educação. Foto: Ldprod/Dreamstime

Existe a premissa de que, na Irlanda, o maior número de estrangeiros são os brasileiros. De fato somos muitos, mas perdemos em número para poloneses, lituanos, romenos entre outras nacionalidades.

Mas por que parece que só se ouve português em Dublin? É que nós, no geral, somos muito mais expressivos do que outras nacionalidades.

Já pensou sobre como nós, brasileiros, precisamos nos expressar a todo momento, falando alto, gesticulando ou gargalhando? Sei que temos esse jeitinho todo serelepe de ser, o que nos faz ter a fama de alegres e divertidos. Mas vale a pena refletir quando toda essa expressividade pode soar falta de educação.

Dublin Bus tem código de conduta

Colocar os pés sobre o assento do ônibus pode gerar multa. Foto: Eyeofpaul/Dreamstime

Colocar os pés sobre o assento do ônibus pode gerar multa. Foto: Eyeofpaul/Dreamstime

Existem mais regrinhas que mostram o que não é certo fazer durante a viagem de ônibus. O Dublin Bus publicou algumas no seu site.

Entre elas, outra coisa que nós, brasileiros, adoramos fazer: ouvir música sem fones de ouvido. A gente sabe que no “busão” do Brasil o que não faltam são funks, sertanejos e outros ritmos saindo do celular do vizinho em alto e bom som. Lá — ou aqui — é feio demais.

Não tem lugar… E agora?

Apesar de ser com dois andares, sentar nas escadas do ônibus é proibido. Isso gera incômodo para quem vai passar. No chão também, nem pensar!

Sentar, só no banco e, por favor, deixar os assentos reservados para idosos, gestantes e pessoas com problemas de locomoção.

Sem dirigir e sem beber

Se na Irlanda não pode beber nas ruas, imagina no ônibus. Álcool de qualquer tipo é proibido. Viajar alcoolizado também é considerado uma ofensa. Aliás, consumir bebidas de qualquer tipo ou comida também não é tolerado dentro do ônibus. Piquenique só nos parques.

Outras regras básicas no “busão”

Segundo as regras do Dublin Bus, também não pode:

• colocar os pés no assento,
• cuspir no veículo,
• fumar ou transportar charuto,
• depositar goma de mascar em qualquer parte do ônibus,
• jogar algo pela janela,
• distribuir folhetos,
• solicitar, oferecer esmolas, dar qualquer tipo de recompensa o, até, emprego (Juro! Está escrito!),
• vender algo, cantar ou tocar instrumento,
• molestar um indivíduo,
• xingar ou ameaçar,
• entre outras coisas.

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Rubinho Vitti é jornalista de Piracicaba, SP. Vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Transporte

Student Leap Card: Você já adquiriu o seu?

5 meses atrás, por Deby Pimentel
Serviços

Saiba o que funciona ou não neste fim de ano em Dublin

5 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Meu Intercâmbio

Dublin me fez um brasileiro

9 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Pra Onde Ir

Que tal curtir um dia de sol em Skerries?

1 ano atrás, por Elizabeth Gonçalves