Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Dicas de Viagem

O intercâmbio começou! E agora?

Colaborador E-Dublin postou em 28 jan 2017

logomarca

Por Lilian Sousa – O Dom de Ser Livre

Olá queridos leitores do E-Dublin, tudo bem? Está sendo um prazer muito grande poder compartilhar com vocês um pouquinho da minha experiência e receber feedbacks e perguntas tão legais! Nos últimos 3 textos falamos sobre o planejamento do seu intercâmbio e das suas metas. A partir de hoje, falaremos da parte prática do sonho já realizado: já passamos pela fase do planejamento, compramos as passagens e já desembarcamos na Irlanda… e agora? Por onde começar?

Manter-se organizado, centrado, autoconfiante e disciplinado serão fatores decisivos nos seus primeiros meses no exterior. Isso mesmo, MESES! Na minha experiência, os 2 primeiros meses são de pura adaptação à nova língua, clima, moradia, rotina, amigos, trabalho, cultura, etc. Para manter o seu equilíbrio emocional, seja realista, troque toda suas expectativas por perspectivas e se organize para que você possa lidar bem com todos os desafios e emoções que virão neste momento. Segue abaixo algumas dicas que poderão ser muito úteis neste momento:

Celebre sua conquista

shutterstock_520963117

Foto: Shutterstock

Antes de se preocupar com o que você tem que ter e fazer, permita-se celebrar a realização do seu sonho. Isso não significa viver vida de turista, festejar durante semanas ou gastar todo o seu dinheiro sem moderação, mas sim, após sonhar e trabalhar muito para conseguir viver seu intercâmbio, ter a chance de explorar o nosso país, admirar a beleza de cada cantinho e se surpreender com o novo. A alegria e prazer que você sentirá nesse momento serão muito importantes para que você possa reforçar o seu objetivo inicial de se mudar para o exterior.

Crie uma rotina

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Você terá uma nova vida e nos primeiros dias o sentimento será: O que eu faço primeiro? Será normal se sentir perdido sem saber por onde começar? Contudo, você deverá trabalhar a autodisciplina e focar nos objetivos que já escreveu quando ainda estava no Brasil – se você não leu os textos anteriores, não deixe de conferir. Uma agenda, um app no celular ou um diário de bordo serão fundamentais para planejar seu dia a dia, principalmente para o desenvolvimento do novo idioma.

Estabeleça prioridades e controle sua ansiedade – as coisas não irão acontecer da noite para o dia, não importa quanto tempo, dinheiro ou networking você tenha. Saiba quais são as suas prioridades (estudo, trabalho, vida social, viagens, etc.) e crie um plano de ação para cada um, estabelecendo o passo a passo para cada etapa.

Conecte-se com outras pessoas

shutterstock_343142486

Foto: Shutterstock

Já dizia o poeta… “é impossível ser feliz sozinho”. De tudo o que você poderá adquirir e aprender com a sua vivência no exterior, sem dúvidas, uma das maiores riquezas serão as amizades que você fará. Encontre pessoas que estejam no mesmo barco que você e que estejam despostas a compartilhar essa aventura – mas seja seletivo e lembre-se do outro ditado, muito importante, “antes só que mal acompanhado”.

Pratique acreditar em você

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Lembre-se do que falamos no artigo anterior sobre treinar o seu mindset? Acredite em você e no seu poder de ser 100% responsável pelos seus resultados. Visualize suas metas e acredite que tudo dará certo. Aprenda com cada erro ou desafio que surgir no seu caminho e se torne uma pessoa melhor. Afinal, o intercâmbio é uma oportunidade e tanto para desenvolver sua autoconfiança.
Tem alguma dúvida ou queria ler sobre algum assunto específico nessa coluna? Escreva para mim no e-mail [email protected] ou das redes sociais. Abraço!

Sobre a autora:
whatsapp-image-2016-12-23-at-11-33-12Lilian Sousa é uma psicóloga e coach, sempre em busca de novos desafios. Em 2015, trocou a carreira de executiva no Brasil para realizar o seu sonho de conhecer pessoas, descobrir novos destinos ao redor do mundo e explorar o seu Dom de Ser Livre. Atualmente, atua como empreendedora e ajuda brasileiros expatriados a se autoconhecerem e se transformarem na sua melhor versão.

Para conhecer mais sobre o trabalho da Lilian, acesse O Dom de Ser Livre.

Revisado por Tarcísio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Mercado

Irlanda têm vagas para biotécnicos e químicos

21 horas atrás, por Deby Pimentel
Pré-intercâmbio

Vai valer a pena investir em um intercâmbio?

7 dias atrás, por Colaborador E-Dublin
Dublin

Problemas com moradia na Irlanda preocupam setor de TI

2 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves