Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Meu Intercâmbio

O que eu aprendi em um ano de intercâmbio na Irlanda?

Colaborador E-Dublin postou em 04 mar 2017

Por Carolina Vargens

Há um ano deixei o conforto da minha casa, o trabalho que eu gostava, meus amigos, minha família e fui buscar meus sonhos, conhecer novos lugares, aprender coisas novas, uma língua diferente, em um lugar com um clima diferente. Tudo era diferente… – Exatamente, era!

Aos poucos você vai se adaptando, aprendendo, vivendo e amando todo esse novo que vai tomando conta de você! A cidade já não é tão estranha, as ruas já são familiares, a língua diferente vai fazendo sentido. Eu aprendi que é importante sair da zona de conforto.

Encarar o novo assusta sim, mas te faz crescer! Foi tudo tão intenso. Aqui a dimensão de tempo toma uma outra proporção. Vivo 3 meses na velocidade de 1 e na intensidade de 6. Foi tão bom que até quando foi ruim, foi bom! A gente aprende com o ruim para aproveitar quando o bom chega – e ele sempre chega!

carolina vargens.foto

Foto: Aquivo Pessoal

Um ano de tanta coisa pra contar, ter a sorte de esbarrar com bons amigos pelo caminho, amigos que só fazem somar. Amei cada dia desse meu ano diferente. Amei voltar a estudar, aprender a cozinhar, passar mais tempo comigo, só comigo. Amei ser aupair e conhecer duas menininhas lindas. Amei comprar um bicicleta, amei caminhar pela cidade, me perder e me achar. Amei usar tênis, tomar chuva, vibrar por conseguir cada emprego que jamais me imaginei trabalhando e amei realizar cada um deles. Amei aprender que todo emprego é emprego, seja ele qual for.

Amei aprender a respeitar o outro na sua real individualidade e escolha. Não que eu não soubesse dessas coisas, mas quando você se vê em certas situações em que isso se destaca, você passa a perceber tudo de um outro ângulo, mais real!

Amei descobrir como o mundo é grande e como é maravilhoso conhecer novas pessoas, novas culturas e me deparar com o jamais imaginável. E como é bom olhar pra trás e perceber que foi bom demais encarar o novo!

Quero o novo sempre, de novo e mais uma vez! Se descubra, se reinvente e saia da sua zona de conforto!

Sobre o autor:
Carolina Vargas1Carolina Vargens é de Mato Grosso do Sul. Passou toda a sua infância em Belém do Pará e na adolescência foi parar em Salvador. Sua alma e coração são um misto de todas essas cidades e agora, também, soma-se Dublin.  Sempre sonhou em fazer intercâmbio e eis que em 2016 pôde experimentar diversas sensações, experiências, desafios, conhecimentos e vivências. Tudo sempre muito intenso e um dia nunca igual ao outro. Um sonoro “valeu a pena” resume a vida neste país.

Revisado por Tarcísio Junior
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Trabalho

Engravidou? Conheça seus direitos trabalhistas na Irlanda

1 semana atrás, por Elizabeth Gonçalves
Crônicas

Tombos e resistências de um intercâmbio 

1 semana atrás, por Colaborador E-Dublin
Crônicas

Diga-me como te relacionas e eu te direi quem és 

2 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin
Meu Intercâmbio

Existe hora certa para pedir demissão?

2 semanas atrás, por Andre Luis Cia