O que fazer na Irlanda: atrações imperdíveis e roteiro para 1, 3 e 5 dias de viagem

O que fazer na Irlanda: atrações imperdíveis e roteiro para 1, 3 e 5 dias de viagem

Edu G

4 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Viajando para a Irlanda pela primeira vez? Ah, que saudade dessa sensação! Você está prestes a descobrir a Ilha Esmeralda e todas as suas belezas e deve estar morrendo de medo de deixar algo passar, com razão. Com seus mais de 70 mil km², o país é menor que Santa Catarina, mas se engana quem pensa que isso quer dizer que tem pouco o que se ver por aqui.

Na Ilha Esmeralda estão cercados pelo mar quilômetros e mais quilômetros de campos verdes, paisagens marcadas por pedras cinzentas, penhascos que se projetam sobre o oceano, castelos, edificações milenares e, acima de tudo, bastante história e cultura.

Não é difícil pensar sobre o que fazer na Irlanda, difícil é encaixar tudo que você desejará conhecer em apenas uma viagem. Contudo, nisso nós vamos ajudar!

Neste artigo, listamos atrações que você não pode deixar de conhecer e, ao fim, organizamos tudo em um roteiro fantástico que você poderá usar para uma viagem de 1, 3 ou 5 dias. Confira!

O que fazer na Irlanda: atrações imperdíveis

Há muito mais o que fazer na Irlanda do que conseguiríamos listar aqui. Por isso, seria injusto não iniciarmos dizendo que a existência dessa lista de atrações imperdíveis é ofensiva a diversos outros pontos turísticos da Ilha Esmeralda. No entanto, infelizmente precisávamos traçar a linha em algum lugar.

Aqui priorizamos montar um roteiro bem abrangente e eclético para que você nunca fique entediado, tenha um gosto de quero mais e, quem sabe, volte com mais tempo para conhecer melhor a Irlanda.

Usaremos como base as cidades de Dublin e Galway, que são atrações imperdíveis por si só, e também por serem o destino aéreo e local de hospedagem mais comuns de quem voa para a Ilha Esmeralda.

Nessas cidades, não só estarão localizadas atrações incríveis, como também será fácil visitar localizações históricas e culturais seja por meio de tours guiados e organizados pelas diversas agências de turismo, seja alugando um carro.

Vamos falar um pouco mais sobre as cidades e atrações que aguardam você.

Dublin

Dublin é o ponto de partida da maioria dos turistas na Irlanda, e há muito o que se ver por aqui. O destaque, no entanto, fica para a cultura irlandesa e para os próprios irlandeses que são simpáticos e fanfarrões como sua fama promete.

Vale a pena tirar tempo para explorar a cidade com carinho, sem um plano, simplesmente com o propósito de conhecê-la e absorver seu estilo, bem diferente das outras metrópoles europeias. No entanto, existem também diversas atrações urbanas que são difíceis de ignorar, como a Trinity College e sua biblioteca, as Catedrais de Dublin (St. Patricks Cathedral e Christchurch), o St. Stephen’s Park, o Castelo de Dublin, a Guinness Storehouse e a região chamada de Temple Bar.

Vamos falar um pouco mais sobre essas últimas duas, que dificilmente ficam de fora do roteiro de qualquer turista.

Esta publicação é um oferecimento da IE Intercâmbio

Há mais de 20 anos, a IE Intercâmbio orienta estudantes e profissionais na realização de intercâmbios pelo mundo. Com diversas agências espalhadas pelo Brasil e no exterior, é uma das mais tradicionais e premiadas agências do segmento.

Solicite um orçamento exclusivo com a IE através do E-Dublin ou acesse o site da IE para obter mais informações!

Guinness Storehouse

Vista do Gravity Bar na Guiness Storehouse. Foto: tropicalisland.de

Sabe a famosa cerveja preta irlandesa chamada Guiness, a mesma que idealizou o livro dos recordes? Pois a Guiness Storehouse é a sua casa, uma espécie de museu interativo dedicado à história da cerveja, em especial da cerveja preta. Esse, não por acaso, é o ponto turístico mais popular da Irlanda. Haja cervejeiro!

A histórica fábrica St. James’s Gate Brewery se transformou na estrutura de 7 andares, que abriga diversas exposições interativas e, é claro, restaurantes e lojas temáticas. No centro de tudo e atravessando todos os andares está um gigantesco copo de vidro, que é, na verdade, o maior pint de cerveja do mundo.

No último piso, você terá acesso a um observatório 360º de onde é possível admirar Dublin enquanto se bebe um pint de Guiness.

A Guiness Storehouse abre todos os dias, e seus ingressos custam entre 16 e 20 euros se comprados online e com antecedência. Todos os ingressos incluem 1 copo de cerveja.

Assista: “Conhecendo a fábrica da Guinness na Irlanda

Temple Bar

Boêmio bairro do Temple Bar é um dos preferidos entre turistas. Foto: Alpegor | Dreamstime

Visitar a região boêmia da cidade, onde se concentram inúmeros bares e baladas, é definitivamente uma coisa imperdível a se fazer na Irlanda. Afinal, com tantos pubs irlandeses abrindo no Brasil, você vai se sentir mal se perder a chance de conhecer um de verdade.

É importante distinguir a região chamada temple bar do pub chamado The Temple Bar. Esse não é o único pub a se visitar no bairro, mas é definitivamente o mais lotado de turistas e, consequentemente, o que tem menos irlandeses. Se for dedicar apenas uma noite na região de temple bar, antecipamos que será difícil escolher o que fazer e em qual pub pegar uma mesa.

Leia também: “Tudo o que você precisa saber sobre os Pubs na Irlanda“.

Galway

Mercado de Galway é um dos mais antigos da Irlanda. Foto: Lovin

Galway, escolhida a quarta melhor cidade do mundo para se visitar em 2020 pela Lonely Planet, a maior editora de guias de viagem do mundo, não deixa de ser uma atração imperdível na Irlanda por seu próprio mérito.

A cidade é atraente por ser artística e boêmia, com bares pintados em cores vibrantes, música ao vivo, artistas de rua, além de muralhas medievais e feirinhas artesanais.

Além disso, nessa lista do que fazer na Irlanda, a cidade se destaca como sendo a base perfeita para turistas que querem visitar as atrações menos urbanas da Ilha Esmeralda.

De Galway saem inúmeros tours para as diversas atrações naturais e culturais que mencionaremos no restante da lista e que farão parte do nosso roteiro final de viagem no fim do artigo.

Não que não seja possível partir diretamente de Dublin, ou que não sejam também ofertados tours lá. Afinal, a Ilha não é grande e é possível chegar de uma atração a outra mais distante em cerca de 2h, no máximo 3h, o que não inviabiliza um Day Tour.

Contudo, se você tem pouco tempo na Irlanda e quer aproveitar a viagem ao máximo, ficando menos tempo nos ônibus, sair de Dublin para se hospedar em Galway será mais vantajoso. São cerca de duas horas e meia de viagem de uma cidade a outra, e você pode fazer o percurso de ônibus ou trem de madrugada para não perder tempo de turismo

Leia também: “Conheça a cidade de Galway: a genuína cultura irlandesa”.

Isso posto, vamos apresentar as principais paradas não urbanas do que fazer na irlanda.

Cliffs of Moher

Cliffs of Moher é um dos pontos turísticos mais visitado da Irlanda© Markus Gann | Dreamstime.com

Cliffs of Moher é um dos pontos turísticos mais visitado da Irlanda. © Markus Gann | Dreamstime.com

Os Cliffs of Moher, ou Falésias de Moher, são especialmente famosos por terem sido cenário para cenas do filme “Harry Potter: O Enigma do Príncipe”.

Pop Culture à parte, não há como não se sentir hipnotizado pelo despenhadeiro de 8 quilômetros de comprimento que se debruça sob o mar a 214 metros de altura.

Como visitar a Irlanda e não conhecer essa atração natural fantástica? A falta de resposta para essa pergunta explica o fato de as falésias atraírem cerca de um milhão de visitantes por ano.

Leia também: Cliffs of Moher: como visitar de forma fácil e segura.

Cruzes Celtas de Kilfenora

cruz celta

Foto: Shutterstock

Se visitar um vilarejo com raízes históricas medievais palpáveis e cruzes de pedra gigantes com entalhes detalhados que datam do século IX parece uma ótima ideia de passeio para você, seu destino na Irlanda será Kilfenora.

Certamente há algo de místico nas cruzes. Segundo alguns historiadores, foram feitas para ocultar pedras cerimoniais pagãs da antiga religião celta. Cinco dessas cruzes podem ser vistas em Kilfenora. O vilarejo, que já foi conhecido como cidade das 7 cruzes, hoje conta com apenas 5 monumentos sobreviventes e menos de 500 habitantes.

E aí, vai encarar visitar essa misteriosa atração?

The Burren

o que fazer na irlanda, por do sol no the burren

Por do sol no The Burren || Foto: Canva.com

Pertinho de Kilfenora está o The Burren, uma região de conformação geológica única que ostenta o título de ponto turístico mais fotografado da Irlanda. Mas também, com um por do sol desses, como não fotografar?

Uma paisagem natural inacreditável, cerca de 260 km² cobertos de rocha calcária cinzenta que foi esculpida pela natureza por 2 milhões de anos e hoje se encontra decorada por vegetação rasteira e flores. Não bastasse isso, o local ainda tem pontos turísticos arqueológicos como o forte de pedras de Caherconnell e a tumba megalítica de Poulnabrone, que provam que ele tem sido habitado há, pelo menos, 6 mil anos!

Kylemore Abbey

Kylemore Abbey and Walled Garden, Galway é palco de Casa Comigo (2010)

Achou que os famosos castelos irlandeses não teriam destaque em nossa lista? Pois se enganou. Existem muitos castelos para se visitar na Ilha Esmeralda, e é com dor no coração que não mencionaremos todos. Direcionaremos nosso foco a esse, que hoje é uma abadia habitada pelas freiras beneditinas, mas que tem por trás uma apaixonante história de amor.

Kylemore Abbey é perfeito para o nosso roteiro!

O castelo de 33 quartos, 4 banheiros, 4 salas, biblioteca e vários salões foi construído por um rico industriário inglês no século XIX. Ele queria dar à sua jovem esposa um lar onde ela pudesse viver como uma rainha. Será que ele estava tentando compensar alguma coisa?

Além do majestoso castelo, você visitará uma igreja gótica e jardins vitorianos internacionalmente premiados por sua beleza.

Parque Nacional de Connemara

O Connemara National Park é considerado um dos lugares mais bonitos para se visitar na Irlanda || Patryk Kosmider – Dreamstime

Um dos 6 parques nacionais da Irlanda, destaca-se pelos 2.957 hectares de montanhas, pântanos, charnecas, pradarias e florestas. Uma parada obrigatória para quem vai ao castelo de Kylemore.

Além das diversas paisagens naturais, no parque há também atrações arqueológicas, como túmulos megalíticos de 4.000 anos atrás.

Cong Village

Vista aérea do vilarejo de Cong || Foto: Canva.com

Uma visita a esse fofo vilarejo não pode faltar no roteiro de quem passar pela região de Connemara.

Cong fica ao lado do maior lago do país, o Lough Corrib, e conhecer o vilarejo por completo não será desafiador, porque ele é composto por apenas algumas quadras de casinhas coloridas e cafeterias.

Passear por esse vilarejo será como fazer uma rápida viagem no tempo. Cong se tornou um ponto turístico, principalmente por ter sido cenário para o filme “The Quiet Man” da década de 50, e honestamente, de lá pra cá é como se nada tivesse mudado na cidade.

Caso conheça o filme, você vai adorar visitar o “The Quiet Man Museum”. Caso não se importe tanto com isso, nosso conselho é que visite as ruínas da Abadia de Cong, datadas do ano 623, e a antiga casa de pesca dos monges, conhecida no local como “Monks Fishing House”, outro cartão postal da região.

Há muito mais o que ver e fazer na Irlanda e nos parte o coração ter que deixar outras atrações que também julgamos imperdíveis de fora da lista como o Castelo de Blarney, The Rock of Cashel e os Rings of Kerry.

Contudo, propomos juntar e organizar atrações para a proposta de dizer o que fazer na irlanda em um passeio de 1 a 5 dias. E com esse objetivo, temos certeza de que conseguimos combinar uma dose de cultura, história e contemporaneidade irlandesas que, com certeza, vão cativar e garantir uma segunda visita ao país com mais tempo.

Sem mais delongas, descubra como organizamos as coisas para que você consiga visitar todas essas atrações em um tempo tão pequeno.

O que fazer na Irlanda: roteiro para até 5 dias de viagem

O roteiro para que você consiga visitar a todas essas atrações imperdíveis da Ilha Esmeralda é de, no mínimo, 5 dias! Mas o organizamos levando em conta todas as possibilidades e prioridades, de forma que, caso você não disponha de tantos dias, seja possível se adaptar.

  • Para apenas 1 dia de viagem escolha entre o dia 1 e o dia 4, dependendo de suas prioridades.
  • Para 3 dias de viagem, faça os 2 primeiros dias do roteiro, seguidos do dia 4.

Quer adaptar para incluir alguma atração que não listamos, não tem problema, tudo aqui na irlanda é bem pertinho.

É também importante mencionar que elaboramos esse roteiro de forma que seja possível fazer os passeios por meio de tours que partem da cidade onde você estiver hospedado. Assim, você não terá que alugar um carro, a não ser que queira.

Dia 0 – adquira o Seguro Viagem Obrigatório

Antes mesmo de fazer sua viagem, é importante você saber que, para entrar como turista na Irlanda, você necessariamente deve ter adquirido um seguro viagem.

Verdade seja dita, seguros viagem não são caros e são recomendados para qualquer viajante. Contudo, na Irlanda, isso é mais que recomendação, é obrigatório.

Os leitores do E-Dublin desfrutam dos melhores preços comprando por meio do nosso link promocional para o Seguros Promos. E como vantagem ainda nos ajudam a continuar fazendo esse trabalho!

Compre seu seguro clicando aqui.

Dia 1 – Cidade Base: Dublin

Hospede-se em Dublin e tire o dia para conhecer o Guiness Storehouse por completo e depois seguir para região do Temple Bar para aproveitar a vida noturna.

Dia 2 – Cidade Base: Dublin

Tire o dia para conhecer a cidade de Dublin por completo. Ande pelos bairros, visite o Castelo de Dublin, visite a biblioteca da Trinity College, as Catedrais de Dublin (St. Patricks Cathedral e Christchurch) e o St. Stephen’s Park.

Somos suspeitos, mas temos certeza de que você vai se apaixonar.

De noite, siga para a Cidade de Galway para aproveitar os próximos dias. Se tiver energia para isso, curta a noite em outro pub do Temple Bar, e vá para Galway de madrugada.

Dia 3 – Cidade Base: Galway

Hospede-se em Galway e tire o dia para conhecer a cidade conhecida como a mais envolvente da Irlanda. De noite, curta a vida noturna que inspirou o hit “Galway Girl” do cantor Ed Sheeran.

Dia 4 – Cidade Base: Galway

Contrate um tour combinado pelas atrações Cliffs of Moher, Cruzes Celtas de Kilfenora e The Burren.

Dia 5 – Cidade Base: Galway

Contrate um tour combinado pelas atrações Kylemore Abbey, Parque Nacional de Connemara e Cong Village.

E aí curtiu o roteiro? Você sugeriria um dia diferente? Se sim, deixa nos comentários sua sugestão. Quem sabe a gente não revisa ou deixa aqui como roteiro secundário? Contamos com sua participação!

Veja também

Onde morar na Irlanda? Capital ou no Interior

Edu G
Edu G,

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar