Os benefícios de viajar segundo Barack Obama

Os benefícios de viajar segundo Barack Obama

Rubinho Vitti

4 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

O ex-presidente dos Estados Unidos está cumprindo uma agenda extensa pelo mundo, realizando palestras sobre sua carreira à frente da maior economia do mundo. Ele já passou pela América Latina, incluindo o Brasil, e muitos países da Europa.

O canal BBC Travel participou de uma conversa com o ex-presidente, que fala sobre a importância de viajar. Separamos os seis melhores trechos dessa entrevistas, mostrando momentos em viagens do ex-presidente e sua opinião a respeito do ato de viajar.

Presidente destacou em entrevista suas aventuras em viagens pelo mundo. Foto: Pxhere

1- “Minha primeira viagem ao Quênia foi quando eu tinha meus 20 e poucos anos. Eu me formei na faculdade, já tinha trabalhado e meu pai havia falecido naquele momento. Então, eu queria entender a terra onde ele viveu. Passei um mês lá. Eu fui em um safári, conheci membros da minha família que eu nunca havia encontrado antes, e isso foi muito especial.”

2- “Ainda me lembro de quando peguei o ônibus noturno de Madri para Barcelona. Meu espanhol não era muito bom, mas eu conseguia me comunicar um pouco, e fiz amizade com um colega de viagem no ônibus que não sabia falar inglês. Eu dividi com ele um pouco de pão e ele compartilhou comigo um pouco de vinho. Chegamos em Barcelona ao amanhecer, e eu lembro de caminhar em direção à cidade, com o sol nascendo. Esse tipo de viagem é marcante porque faz parte de você, jovem, tentando descobrir o seu lugar no mundo.”

3- “Viajar com as minhas filhas é o que tem de mais memorável. É espetacular ver um lugar, experimentar uma cultura diferente, ser exposto a novas ideias. Viajar faz você crescer. Mas como pai ou mãe, quando você observa esse sentimento de descoberta aos olhos de seus filhos, isso é mais especial do que qualquer outra coisa.”

4- “Um dos benefícios da indústria de viagens, obviamente, é lembrar as pessoas do incrível valor da nossa diversidade e das diferenças que temos, porque é isso que torna a comida em Sevilha diferente da comida em Bangkok — e ambas são muito boas.”

5- “Viajar também nos lembra o que temos em comum: a capacidade de nos reconhecermos nos outros, de modo que ver uma mãe e uma criança brincando e rindo em uma pequena vila no Quênia será como uma mãe e uma criança na Virgínia ou no Havaí.”

6- “Alguns dos lugares mais espetaculares da nossa civilização estão ao longo do litoral e não sobreviverão se o oceano subir um metro. Certas partes do mundo podem se tornar proibidas para viver ou visitar se continuarmos nesse ritmo.”

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar