Papai E-Dublin na Irlanda – Visitas da família na Irlanda

Edu Giansante

10 anos atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

A gente sai, bebe, se diverte, conta história, mas não se esquece da nossa família. E apesar de muitas dificuldades que passei com meu pai, posso dizer que as alegrias que ele me trouxe compensaram tudo.

E como nao podia deixar de ser, o papai E-Dublin, senhor Artur, vulgo meu pai, veio aqui pra Dublin me visitar! O e-Taxi estava lá no aeroporto pra nos buscar (valeu Wagner!)


E ao invés de simplesmente contar como foi, pedi pra ele contar com as próprias palavras.

Com vocês, meu pai:

Edu,

Planejei muito poder estar com você na Irlanda, conhecendo este pais e principalmente estarmos juntos depois de quase 2 anos fora do Brasil.
Divido minha experiência em duas partes:

1. IRLANDA:

Pais muito bonito, com clima agradável no verão e estradas maravilhosas. Só tem um problema, todo mundo dirige do lado errado :)

Tivemos a oportunidade de alugar um carro e viajar para o Norte da Irlanda, passando por Belfast, e em outro dia para o Leste da Irlanda. Estradas maravilhosas, algumas do tipo James Bond, estreitas, com muitas curvas, vegetação, fazendas e lindas paisagens.

Imaginei que pelo fato de viajarmos para o Norte, e está ser uma colônia Inglesa, com historias das ações do IRA, que encontraria algum tipo de fronteira ou bloqueio, mais nada disso existe, apenas longas estradas de um território, como se estivesse indo para o litoral em São Paulo.

Em Dublin, encontramos um comercio muito ativo, com muitos turistas e lojas que ficam abertas até o anoitecer, que por sinal só anoitece depois das 22:00hs. Muita historia pontos interessantes para visitar e não se pode deixar de conhecer a Guinness, onde se tem a oportunidade de fazer um curso rápido para se tirar o Chop na forma correta, recebendo até certificado.

Ah, coincidentemente (ou não) Artur é o nome do fundador da Guinness.

Tem um passeio nos principais pontos da cidade através de um tipo de Caminhão Anfíbio adaptado, imitando os Vickins, muito legal, só que precisa fazer reserva com antecedência pelo Site.

Detalhe. Se for alugar um carro, não estacione em lugar proibido, pode ter uma surpresa no dia seguinte. Nós tivemos uma tremenda trava na roda, com aviso de multa. Para liberar, são apenas 80 euros, rs

2. MEU FILHO:

Está foi à melhor parte da viagem, afinal, como pai orgulhoso pôde matar um pouco da saudade de meu filho, conhecer sua empresa e seus colegas de trabalho, saber um pouco de seu dia a dia e como tem se virado sozinho.

Nada como ver como a necessidade nos faz mudar, lavar louça, roupa e cuidar da casa são uma delas. Rsrsrs. Pudemos conversar bastante e fiquei realmente impressionado de como ele é conhecido na Irlanda através de seu site, e consegue se virar muito bem em um país que há pouco tempo era estranho. Deu a impressão que era Irlandês.

Apesar das dificuldades e lutas, vejo o quanto a mão de Deus está sobre a vida de meu filho, guardando e abençoando-o. PROMESSA SENDO CUMPRIDA.

Adorei estar na Irlanda com meu filho, foi uma magnífica experiência que quero repetir.

E para os pais que irão visitar seus filhos, aproveitem muito.

Artur A. Giansante

Edu Giansante
Edu Giansante, Fundador e CEO do E-Dublin, Edu chegou na Irlanda em 2008, no ano pré-crise, pegou a nevasca de 2010 e comeu cérebro de cabra em Marrakesh. O Edu também é baterista da banda Irlandesa Medz.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar