Passageiro da Easyjet veste 15 camisas para não pagar mala extra

Passageiro da Easyjet veste 15 camisas para não pagar mala extra

Rubinho Vitti

6 dias atrás

Um passageiro da empresa aérea Easyjet preferiu vestir 15 camisas e blusas a pagar taxa extra de bagagem em seu vôo entre Nice e Edimburgo. A decisão aconteceu quando John Irvine foi informado de que a mala que ele planejava embarcar era oito quilos a mais do que o permitido, e ele deveria pagar uma taxa de 17 libras.

Abrindo a mala diante dos funcionários da Easyjet, Irvine vestiu as 15 peças de roupas. Isso sem contar que as temperaturas em Nice chegavam aos 30 graus. Todo o incidente foi capturado por seu filho, Josh, que compartilhou no Twitter.

Depois de passar pelo portão, John teve que lidar com outro problema: segurança. Segundo ele conta, os responsáveis pelo local acharam que ele estava contrabandeando roupas, mas, ao ouvirem a explicação, não tiveram muito o que fazer, e o passageiro pôde embarcar sem problemas.

Imagina se a moda pega?!

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar