Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Publicidade

Poder trabalhar ainda é uma das grandes vantagens da Irlanda

Publicidade E-Dublin postou em 24 mar 2015

A Irlanda atualmente figura entre os cinco países mais procurados por brasileiros para estudar inglês – os outros são Canadá, Estados Unidos, Austrália e Inglaterra. Entre as cidades irlandesas, Dublin é a preferida, seguida por Cork, Galway e Limerick.

Esse cenário levou a S7 Study, empresa especializada em intercâmbios e uma das pioneiras na venda de turismo pela Internet, a abrir a agência Irlanda Brasil.

E a vantagem de poder trabalhar durante o período de intercâmbio, além do custo-benefício dado à facilidade no processo de visto e custo dos pacotes, acabaram por consagrar o país de paisagens verdes como um dos mais procurados por brasileiros.

Foto: Cláudia Soares

Foto: Cláudia Soares

Segundo Juliano Westphal, analista de Marketing da agência, além do alto padrão de ensino, a qualidade de vida tornou a Irlanda muito atrativa para estrangeiros. Sem falar no acesso facilitado para outras cidades da Europa – é possível, por exemplo, adquirir uma passagem de ida e volta para Paris por € 50,00 ou visitar Glasgow, na Escócia, por € 20,00.

A possibilidade de trabalho também pesa a favor. A Irlanda permite a estudantes não-europeus uma carga horária de trabalho de 20 horas semanais, e 40h em alguns períodos do ano, como durante os meses do verão e nas semanas próximas ao Natal. Por conta dessa possibilidade, o país acaba se destacando como uma opção mais viável, principalmente para cursos com duração superior a seis meses.

Foto: Cláudia Soares

Foto: Cláudia Soares

Ao contrário de outros países, como Canadá, Nova Zelândia e Austrália, a Irlanda não exige pré-visto para entrada. O visto temporário de um mês é concedido pela imigração quando o estudante desembarca no país, e a partir daí o intercambista terá que organizar a documentação necessária para o visto de um ano. Durante o primeiro mês, o intercambista fica incumbido de providenciar os documentos abaixo:

• Passagem de volta (o intercambista já deve chegar à Irlanda com ela);

• Extrato bancário comprovando depósito mínimo de € 3.000,00 em um banco irlandês;

• Carta da escola comprovando o período do curso;

• Seguro governamental.

Uma vez com toda a documentação pronta, é só se dirigir ao serviço de imigração e receber o Irish Residence Permit – o IRP – e o visto de 1 ano.

Além das vantagens econômicas, o país sabe recepcionar os estrangeiros

Dublin streets (temple bar)

Foto: Cláudia Soares

Westphal, que já participou de um intercâmbio na Ilha Esmeralda, relata que os irlandeses são famosos pelo seu espírito festivo e isso reflete no contato com os estrangeiros. “É bem comum você estar em algum dos sete mil pubs espalhados pelo país e um morador puxar papo com você”.

Além da recepção amigável, a Irlanda tem um forte histórico de imigração, o que facilita o convivio com os estrangeiros. Esse fato é ainda mais importante, já que eles costumam ser pacientes com os estudantes que ainda não possuem um bom nível de fluência do idioma. “Os irlandeses também são bastante pacientes e compreensivos com as dificuldades de comunicação que os estudantes acabam encontrando”, afirma o ex-intercambista.

Atualmente, o mercado do intercâmbio na Irlanda movimenta cerca de 800 milhões de euros por ano, uma receita importante para os cofres públicos, o que proporciona um verdadeiro Welcome para novos estudantes, já que esses também movimentam a economia do país.

E se o clima pode assustar, para Juliano o bom humor dos irlandeses parece ser uma boa forma de contornar os famosos dias de chuva, comuns durante praticamente todo o ano. “Apesar de o clima não ser uma das principais qualidades do país, os irlandeses estão sempre de bom humor e disponíveis para fazer alguma coisa em espaços abertos, mesmo com a garoa que está presente em boa parte do ano”, conta. Aliás, depois de um tempo até a chuva passa a fazer parte do intercâmbio.

Mercado de trabalho

Foto: Cláudia Soares

Foto: Cláudia Soares

Estando no país, o estudante pode entrar no mercado de trabalho em vagas do setor informal e também nos segmentos em crescimento no país. Restaurantes, pubs, cafés, hotéis e lojas continuam abrindo suas portas para imigrantes recém-chegados. Por outro lado, o mercado de TI é a grande sensação na Irlanda e para essa área, inclusive, há facilidades na obtenção do visto de trabalho.

Nos últimos anos o país tem se fortalecido como o principal polo de TI da Europa e empresas como Apple, Amazon, Microsoft, Facebook, Google, Paypal, Twitter, Linkedin, eBay e Intel possuem suas sedes por aqui. Mas, claro, para essa fatia do mercado além da experiência no setor, o domínio da língua inglesa conta muito.

Atualmente, tem crescido também as vagas para profissionais que falam Português, já que a Irlanda tem se tornado um grande centro de atendimento a clientes de várias multinacionais.

Sugestões de pacotes de intercâmbio

6 meses de inglês em Galway  com acomodação em casa de família por um mês.
6 meses de inglês em Dublin com acomodação em casa de família por um mês.
1 mês de inglês em Dublin com acomodação em casa de família.

Ou clique aqui para solicitar um orçamento diretamente para eles através do E-Dublin!

Sobre o Autor


Posts patrocinados exibem informações escritas e fornecidas pelo próprio anunciante/agência. Os editores do E-Dublin não têm relação direta com os anunciantes e não influenciam na mensagem.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

E-Dublin TV

Coordenador de recrutamento na Irlanda

1 semana atrás, por Edu Giansante
Trabalho

Engravidou? Conheça seus direitos trabalhistas na Irlanda

1 semana atrás, por Elizabeth Gonçalves
Trabalho

Uma menina de 20 a caminho de ser chef na Irlanda

2 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin
Meu Intercâmbio

Existe hora certa para pedir demissão?

3 semanas atrás, por Andre Luis Cia
Meu Intercâmbio

A Irlanda é o destino que você procura?

3 semanas atrás, por Caroline Rodrigues
E-Dublin TV

Área de comercio exterior na Irlanda

3 semanas atrás, por Edu Giansante
Trabalho

Como passei de Kitchen Porter a Chef

3 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves