Por que aplicar pra vagas online não vai te dar o emprego dos seus sonhos (e o que fazer)

Por que aplicar pra vagas online não vai te dar o emprego dos seus sonhos (e o que fazer)

Edu Giansante

4 meses atrás

Você sabia que só 4% das vagas aplicadas online chegam a uma contratação?

Apenas 4% das vagas online são efetivadas. Repense a sua estratégia. © One Photo | Dreamstime.com

Em média, uma vaga em uma empresa conhecida recebe 250 currículos, 75% desses currículos vieram de algum tipo de portal on-line, do aplicativo da empresa ou, de um site de carreira como o Indeed.com, LinkedIn, Monster.ie, etc.

Após o envio, esses aplicativos são selecionados pelo Applicant Tracking System (ATS), que os procuram por palavras-chave. No final do processo, apenas 10 currículos, o equivalente a 4% chegam às mãos de um recrutador.

Ruim? Vai ficar pior!

De acordo com várias pesquisas realizadas por sites de recrutamento e empresas, pelo menos 70% das vagas não são postadas online. Isso significa dizer que, quando você se candidata a empregos por sites online, você de fato está competindo por apenas, 30% das vagas reais disponíveis.

Como faço pra sair dessa furada?

Será que você tem chance de encontrar um emprego nos sites online? © Artmim | Dreamstime.com

1 – Identifique os contatos certos na empresa que almeja trabalhar

Se o seu objetivo é conquistar um emprego na equipe de vendas do Google da Irlanda, o primeiro passo é criar uma via de acesso a profissionais que atualmente trabalhem na empresa, ou melhor ainda, que ocupem cargo de gerência.

Encontrar essas pessoas é simples. Tudo que você precisa fazer é acessar o LinkedIn  fa empresa e pesquisar usando esta fórmula: Nome da Empresa + Cargo + filtrar pela localização. Usando nosso exemplo acima, procuraríamos: Account Manager AND Google (AND é uma regrinha booleana).

2 – Descubra os problemas (ou desafios) que a empresa estão tentando resolver

As empresas contratam por motivos diversos, mas o principal deles é agregar um profissional qualificado, para desempenhar uma função que aumentará substancialmente a quantidade de receita. Outro motivo, pode ser a necessidade de resolver um problema/desafio que a empresa precisa solucionar, que possa estar causando ineficiência, lentidão, segurança, etc.

Sendo assim, uma boa estratégia é fazer uma pesquisa para descobrir qual é o maior desafio da empresa. Essa pesquisa, pode ser inserida  na sua interação com os seus contatos, seja por telefone ou pessoalmente. Obtenha o máximo de informações possível. Tudo o que você precisa fazer é perguntar:

  • Qual é o maior desafio que sua equipe está enfrentando atualmente?
  • Como esse problema surgiu?
  • Que limitações estão impedindo você de resolvê-lo?
  • Quais soluções você já tentou implementar?

3 – Resolva o problema deles

Esteja pronto para propor soluções efetivas para a empresa. Anyaberkut | Dreamstime.com

Depois de reunir as informações, é hora de pesquisar. Para algumas empresas, o problema pode estar relacionado, por exemplo, a legislação e processos para regulamentação de serviços. Se for esse o caso, seus melhores recursos são se afiliar a grupos  de discussões online com experientes no setor. Minhas duas recomendações são Quora e Livros de Negócios.

No Quora as pessoas adoram discutir negócios e encontrar soluções. Já no Livros de Negócios, você encontrará histórias e a trajetória de quem resolveu problemas em seus ambientes corporativos. É um canal interessante para buscar insights relacionados ao problema que você pretende resolver.

Se o problema existir em uma escala menor, tente encontrar conexões que funcionem em uma configuração semelhante. Valide o problema por eles e veja o que a empresa está fazendo para resolvê-lo.

O objetivo aqui é consolidar seus insights, agregar o aprendizado no processo de pesquisa e propor de 2 a 3 soluções plausíveis. Depois de prepará-las, envie-as de volta ao seu contato na empresa .

Se suas soluções estiverem bem elaboradas, certamente ela será apresentada pelo seu contato internamente. E, tendo um feedback positivo, geralmente resultará em sua contratação.

A oferta de emprego nesses casos, é acompanhando da frase: “As soluções que você forneceu foram incríveis. Temos uma vaga aberta em nossa equipe pra trabalhar nessa área. É algo em que você estaria interessado?”

Veja também

Como montar um currículo para a Irlanda

Edu Giansante
Edu Giansante, Fundador e CEO do E-Dublin, Edu chegou na Irlanda em 2008, no ano pré-crise, pegou a nevasca de 2010 e comeu cérebro de cabra em Marrakesh. O Edu também é baterista da banda Irlandesa Medz.

Stock Photos via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar