Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Alimentação

Por que engordamos no intercâmbio?

postou em 15 jul 2018

“Separe uma vela branca, um copo d’água, uma imagem de UM Santo de sua devoção e uma fita métrica. Meça com a fita métrica a sua barriga, faça uma marca na fita com uma caneta, antes de enrolar a mesma na imagem do Santo. Coloque tudo isso aos seus pés e deite-se no chão de barriga para cima. Toque então com a ponta dos dedos (da mão) na ponta dos pés (que não devem se afastar do chão), dizendo bem alto: SANTO ME TIRA ESSA BARRIGA! Repita isso 500 vezes por dia. Você vai ver: é tiro e queda!”

Engordar no intercâmbio. Foto: jarmoluk | Pixabay

Engordar no intercâmbio. Foto: jarmoluk | Pixabay

Porque a maioria engorda no intercâmbio?

A resposta é simples. Clima, ansiedade, facilidade de comprar congelados a preços bem convidativos e o principal, a falta do conforto que certamente você tinha quando morava com a sua família no Brasil.

O frio é o principal fator para os kilinhos a mais. Até você se acostumar com a chuva quase diária, com o vento constante e com essa sensação de que o inverno nunca chegará ao fim, a tendência é você ir ficando em casa embaixo do edredom na primeira oportuniadade de tempo livre.

Ai você pensa: ir para a baladinha hoje a noite ou ficar curtido um DVD com a pizza do Tesco de 2 euros? Pronto! Só mesmo com muita disposição para escolher a primeira opção, principalmente, quando a maldita chuva está jorrando lá fora.

Você já escutou por ai que irlandês não vive sem batata? Quem dera fosse só a batata propriamente dita. Eles gostam mesmo é de chips, crisps e tudo o mais que tenha essa sonoridade envolvendo uma boa quantidade de fritura + catchup + maionese + molhos e claro, muita gordura. Você perceberá que em cada esquina tem uma portinha de Take away – Fish and Chips shop e ficar fã dessa mania irlandesa não é dificil.

A praticidade. Eu até já escrevi um outro artigo sobre uns achadinhos ótimos que todo mundo deveria saber ao desembarcar por aqui, e um deles é exatamente sobre as promoções dos supermercados, principalmente no Tesco. A seção reduced funciona como um parque de diversão para quem esta naquele processo de economia. Comprar uma lasanha por 1 euros, um franguinhos ao curry por 2 eur, ou mesmo uma variedade de alimentos pela metade do preço enche o apetite de qualquer um.

O problema é, comida congelada é sinônimo de processo químico, gordura saturada e mais um monte de coisa que sabe-se lá o que faz  aquelas embalagens deliciosas tão baratas. E ai meu bem depois de um tempo você vai perceber que a única coisa fresca que você anda comendo são aquelas folhinhas que aparecem no meio do hambúrguer do Mc Donald’s.

Ansiedade. Eis ai uma palavrinha que vai acompanhar a sua estadia em outro país, mesmo que você seja a pessoa mais zen do universo. São vários fatores que te levarão a ela, o medo da imigração na chegada, depois o prazo para a documentação, ai vem encontrar um lugar para morar, o medo de não conseguir acompanhar as aulas, o sufoco na hora de falar qualquer simples frase em inglês e mais um monte de situações do dia a dia que vão aparecendo quando se está do outro lado do mundo. Resumindo, toda essa erupção de sentimentos vai acabar influenciando no seu apetite. Pensa isso depois de um ano?

Ansiedade no intercâmbio. Foto: qimono | Pixabay.

Ansiedade no intercâmbio. Foto: qimono | Pixabay.

É verdade que os meninos emagrecem  e as meninas engordam? Não foi provado cientificamente, mas recomendo olhar ao seu redor e analizar com seus próprios olhos o seu grupo de amigos. Para as meninas, além de todos esses fatores citados acima, ainda tem a questão hormonal. Outra coisa interessante é que no dia a dia os meninos estão mais para adotar a bike para transitar pela cidade que as meninas. Eles também acabam se envolvendo mais em atividades físicas em grupo que nós. E no invernão meu bem, todas as suas promessas de ano novo, de que ia viver na academia e ficar pronta para circular pelos points do verão europeu vão virar história da corochinha.

Então meus amados, a recomendação da tia aqui que engordou um monte é, adote a oração lá em cima and good lucky!

Quer saber como manter uma alimentação saudável no intercâmbio? Clique aqui!

Sobre o Autor


Uma vida sem desafios não foi desenhada para essa baiana de Salvador. Jornalista por profissão, já passou por editorias de moda, gastronomia, história e turismo. Amante das viagens, coleciona mais de 80 destinos no passaporte. Quer saber mais? Corre porque até você terminar de ler esse perfil já terei alguma novidade.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Crônicas da Ilha

Dublin emagrece – e engorda!

2 meses atrás, por Leandro Mota
Alimentação

5 restaurantes irresistíveis em Cork

3 meses atrás, por Carol Braziel
Mercado

Irlanda têm vagas para biotécnicos e químicos

4 meses atrás, por Deby Pimentel
Alimentação

Culinária da Irlanda: Frutas e Verduras

4 meses atrás, por Edu Giansante
Pré-intercâmbio

Levando Remédios na mala

4 meses atrás, por Edu Giansante
Destinos de Intercâmbio

Quanto custa viver em Malta?

5 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Pré-intercâmbio

Quanto custa viver na Irlanda?

6 meses atrás, por Júlia Paniz
Alimentação

5 cafés para relaxar em Dublin

6 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Trabalho

Vale investir na área de gastronomia na Irlanda?

7 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Pré-intercâmbio

O custo de vida na Irlanda

8 meses atrás, por Carol Braziel