Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Pra Onde Ir

Pra Onde Ir! (Uma volta pela Irlanda) – Giant’s Causeway

postou em 26 ago 2009

Mais um dos encantos do interior da Irlanda, ou melhor, da Irlanda do Norte é o Giant’s Causeway.
Considerado um dos passeios mais imperdíveis de toda Irlanda, é um passeio diferente para quem está na Europa e se acostuma a ver castelos, construções, museus, estátuas e avenidas famosas, mas pouca beleza natural.
O passeio ao Giant’s Causeway dura um dia e necessita de uma ótima disposição para andar! Você pode fazer o passeio saindo de Derry, ou de Belfast. Derry fica mais perto, mas as pessoas normalmente preferem ir para Belfast porque querem conhecer a “capital rival” de Dublin.

Exibir mapa ampliado


Eu fui para o Giant’s Causeway logo depois enquanto estava em Derry, e foi uma ótima estratégia. Por cerca de 15 libras você compra um ticket de ônibus em que você pode andar o dia todo pela Irlanda do Norte, e vale mais a pena que comprar simplesmente o “return ticket” (ida e volta) pois te dá direito a usar ônibus metropolitanos também.
Apesar do medo constante de que o tempo ia ficar ruim e não conseguiríamos aproveitar, saímos cedinho do hostel e pegamos um dos primeiros ônibus rumo ao Giant’s Causeway. Quando chegamos, o tempo, apesar de nublado, nos convidava ao passeio.
Dentro do “parque”, existe um ônibus que faz uma parte do caminho e te poupa uma boa caminha, mas infelizmente…
A caminhada até as formações rochosas já é bem bonita e vai te deixando em dúvida: ando mais rápido pra ver o que me espera, ou tiro mais uma fotinho? =o)
Quando as primeiras pedras (parecem parelelepipedos ocatagonais) começam a aparecer, a gente começa a se empolgar e tirar fotos rídiculos se achando o rei do Atlântico Norte.
Essa, abaixo, é uma das partes mais incríveis e mais famosos do Causeway. Essa formação rochosa entra dentro do mar, e tem até um pico bem dentro do continente. Andar nessas pedrinhas quandos elas estão molhadas é pedir pra cair de bunda!
Conforme fomos andando, encontramos algumas partes perdidas do gigante… tipo a bota! =o)
O órgão…
e até o próprio gigante!
Depois disso São Pedro deu uma força pra gente e o solzinho (apenas a luz, nada de calor) apareceu mais forte e deixou a paisagem ainda mais sensacional.
Andando mais um pouco, chegamos ao fim da trilha. Não por que Giant’s Causey havia acabado, mas por conta dos ventos, o caminho que antes existi ali desmoronou algumas vezes, e agora a passagem está fechada.
É uma parte sensacional, em quem há uma pequena “baía” cercada por montanhas relativamente altas em forma de C. Quando o vento forte irlandês bate, é difícil até se segurar em pé sem apoiar as mãos no corrimão. O vento uiva, empurra, e a paissagem faz valer a pena…
Para o caminha de volta a entrada resolvemos subir até o topo dos cliffs para uma vista panorâmica.Nada de muito diferente podia ser visto, mas a vista do alto é sensacional. Foi quando eu realmente pensei: “Esta é a Irlanda que tanto falam, e que todo devem visitar”.
A minha frente:
Detalhe: aquele lugar onde o Gigante Mineiro está é bem estreito e ventava forte! Não repitam isso em casa…
E em minhas costas (o papel de parede do Windows)…
Antes irmos embora precisávamos matar nossas lombrigas que estavam nos matando. Logo ao lado da saída do parque, tem um restaurante muito agradável, em que pode comer um Stew servido ao molho de Guinness, com purê de batata. Simplesmente excelente, e a um preço razoável por ser o único restaurante acessível.
Descobrimos que ainda não era hora de ir embora, vendo os cartões postais e lembranças da loja de souvenirs, vimos algumas belas paisagens que no interessamos. A primeira foi a Rope Bridge, que parece sensacional. Uma ponte de cordas (tipo a ponte do rio que cai) entre dois cliffs. Infelizmente no inverno, a ponte fica desativada para turismo.
Mas encontramos outro lugar que nos apeteceu e que resolvemos ir conferir: Dunluce Castle. Pegamos um ônibus até a cidade próxima e depois um taxi que ficou bem barato (algo em torno de 15 euros, 5 para cada). Conseguimos o telefone do taxista na loja de souvenirs.
O dia que já vinha sendo maravilhoso, cheio de belas paisagens. E para finalizar, transcrevo algumas palavras do Gigante Mineiro: “Dunluce Castle é um dos castelos mais legais, ou o mais legal que eu vi na Europa”. Isso por que era um Castelo que não havia sido reformado, e aparentemente nem será. Estima-se que a construção do castelo se deu no século XIII, e tem seu registro mais antigo datado de 1513 (veja mais).
Na verdade são as ruinas do castelo, e a entrada custava 4 euros, e 2 para estudante.
Na entrada, assiste-se um vídeo muito interessante sobre a história do castelo…
Entre outras coisas…
tyle=”color: rgb(0, 0, 238); -webkit-text-decorations-in-effect: underline; “>
Depois, você está liberado para apreciar o belo castelo, que em grande parte, dispensa comentários…

Canhões…
E mais canhões…
Achou que era de verdade né? Eles também! =o)
A saída para barcos pequenos…
As escadas de acesso.
Ah, quem não é visitante não precisa ser cauteloso então?
E pra finalizar, a varandinha…
Conclusão!

Depois de tantas fotos e adjetivos que coloquei neste artigo, só tem uma coisa que tenho a dizer sobre o Giant’s Causeway e o Dunluce Castle: Imperdível!

Sobre o Autor


Fundador e CEO do E-Dublin, Edu chegou na Irlanda em 2008, no ano pré-crise, pegou a nevasca de 2010 e comeu cérebro de cabra em Marrakesh. O Edu também é baterista da banda Irlandesa Medz.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Crônicas da Ilha

Dizem que sou louco

3 meses atrás, por Leandro Mota
Cultura

Você já conhece Dundalk, na Irlanda? Deveria!

4 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Dicas de Viagem

5 destinos imperdíveis na Irlanda

5 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Dicas de Viagem

Conheça a bela Westport

5 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Cultura

Para onde ir! Galway

5 meses atrás, por Edu Giansante
Cultura

Pra Onde Ir? Castelos da Irlanda: Trim Castle

5 meses atrás, por Edu Giansante
Dicas de Viagem

Que tal curtir um dia de sol em Skerries?

6 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Esportes

Já pensou em surfar na Irlanda? Seu destino é Bundoran

6 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Irlanda

5 lugares bacanas para um encontro a dois em Dublin

6 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Conte Sua Historia

Por que eu escolhi Dublin?

9 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
E-Dublin TV

Interior da Irlanda, Whiskey Tullamore

10 meses atrás, por Mah Marra
Irlanda

5 cidades para fazer intercâmbio na Irlanda

1 ano atrás, por E-Dublin Press
Cultura

Já ouviu falar no Livro de Kells?

2 anos atrás, por Ávany França
Cultura

Quem foi Daniel O’Connell?

2 anos atrás, por Colaborador E-Dublin
Baladas e Pubs

Roteiro de bares LGBT em Cork

2 anos atrás, por Carol Braziel
Cultura

Ingressos de cinema ilimitados em Dublin

2 anos atrás, por Colaborador E-Dublin
Irlanda

Passeios de um dia! Powerscourt House & Gardens

2 anos atrás, por Colaborador E-Dublin
Dicas de Viagem

Por que Bruges encanta tanto os brasileiros?

2 anos atrás, por Elizabeth Gonçalves
Pra Onde Ir

Cinco lugares para visitar na Irlanda nesse verão 

2 anos atrás, por Colaborador E-Dublin
Cultura

Já pensou em visitar os melhores museus da Holanda?

3 anos atrás, por Elizabeth Gonçalves