Programa oferece bolsas para estudar na Holanda

Programa oferece bolsas para estudar na Holanda

Rubinho Vitti

2 anos atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

Brasileiros interessados em cursar graduação (bacharelado completo ou último ano), mestrado e MBA no exterior, têm a chance de conseguir uma bolsa de estudos parcial ou integral para cursos na Holanda. O benefício é oferecido pela Nuffic Neso Brazil por meio do programa Orange Tulip Scholarship. São mais de 70 bolsas para 33 universidades holandesas participantes. As bolsas chegam a até 50 mil euros para cobertura da anuidade e ajuda de custo. O prazo termina em maio, mas varia de acordo com a universidade escolhida.

Holanda é conhecida por ter universidades de nível de excelência internacional. Foto: Georgios Tsichlis/Dreamstime

Holanda é conhecida por ter universidades de nível de excelência internacional. Foto: Georgios Tsichlis/Dreamstime

Quem pode participar?

Para se candidatar às bolsas de estudo, os interessados precisam seguir algumas exigências. Entre elas, possuir apenas cidadania brasileira, comprovar excelência no desempenho acadêmico, não estar atualmente estudando ou trabalhando na Holanda e ter fluência em inglês, com certificado de proficiência

Interessados já devem escolher a universidade

Os candidatos à bolsa de estudos precisam já estar no processo de admissão ou já ter sido admitido em alguma instituição (ou instituições) de ensino superior na Holanda que façam parte do programa. São 33 universidades oferecendo cursos nas áreas de Artes, Ciências Biológicas, Saúde, Exatas, Tecnológicas e Humanas. Sendo assim, a primeira fase do processo é entrar em contato com a universidade e se informar qual é o processo de admissão, para então se candidatar à bolsa. É possível tentar bolsas para até quatro instituições.

Universidade de Amsterdam é uma das opções de estudo em diversas áreas. Foto: Eq Roy/Dreamstime

Universidade de Amsterdã é uma das opções de estudo em diversas áreas. Foto: Eq Roy/Dreamstime

Documentos necessários para se candidatar às bolsas de estudos

Quando o estudante entrar em contato com a universidade, ele já deve saber quais os documentos exigidos para a admissão. O programa, no entanto, lista alguns que são usualmente solicitados, como tradução juramentada em inglês do diploma e histórico escolar, exame de proficiência (TOEFL iBT ou IELTS), currículo recente em inglês, carta de motivação em inglês, cartas de referência, cópia autenticada do passaporte, etc. Os documentos devem ser enviados diretamente às instituições. Somente depois da confirmação da instituição holandesa, que envia um documento comprovando o início do pedido de admissão, que o estudante deverá se candidatar à bolsa por meio de um formulário. O site do programa dá todos os detalhes do processo.

Calendário prevê resultado final em junho

As inscrições podem ser feitas até 4 de maio, mas algumas universidades têm prazos mais curtos, por isso é preciso se informar sobre as datas de cada uma delas. A lista de contemplados sai no dia 16 de maio. No dia 23 do mesmo mês, o programa publica possíveis desistências e o resultado final será divulgado dia 15 de junho. Entre junho e julho, acontece, ainda, uma cerimônia de premiação e reuniões pré-embarque. Os estudos se iniciam em setembro, início do ano letivo europeu.

Outros programas de estudo na Holanda

Conexão Brasil-Holanda é feita por instituição que atua há dez anos na área. Foto: Ruletkka/Dreamstime

Conexão Brasil-Holanda é feita por instituição que atua há dez anos na área. Foto: Ruletkka/Dreamstime

A Nuffic Neso Brazil possui diversos outros programas para facilitar aos brasileiros estudar na Holanda. Com o objetivo de fazer essa ligação entre instituições holandesas e estudantes do Brasil, a empresa atua desde 2008 com escritório localizado em Brasília. Em seu website, é possível encontrar dicas de como estagiar e trabalhar após o estágio no país, mostrando experiências de quem viveu por lá, entre outras orientações. Eles ainda fazem palestras e reuniões, além de transmissões online para auxiliar no processo da candidatura.

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Veja também

Melhores destinos de intercâmbio

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

  • Como é morar em Lisboa, Portugal

    Destinos de Intercâmbio

    Como é morar em Lisboa, Portugal

    Quando e por que você decidiu sair do Brasil? No final de 2011, a minha casa,...

    Colaborador E-Dublin

    4 dias atrás

    Como é morar em Lisboa, Portugal
  • Entenda como funciona a frequência escolar na Irlanda

    Destinos de Intercâmbio

    Entenda como funciona a frequência escolar na Irlanda

    Chegou a hora do tão esperado intercâmbio. Desembarque tranquilo, tudo certo...

    Rael Pimenta

    1 semana atrás

    Entenda como funciona a frequência escolar na Irlanda

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar