Programas da TV irlandesa e outras mídias para ajudar no seu inglês

Programas da TV irlandesa e outras mídias para ajudar no seu inglês

Rubinho Vitti

8 meses atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Intercâmbio na Irlanda é uma mistura de aprendizado e vivência. Alguns intercambistas, porém, passam pela experiência sem aprender um pouco mais sobre a ilha durante sua estadia. A imersão completa no país ajuda — e muito — na aceleração do processo de aprendizado.

Os meios de comunicação irlandeses podem auxiliar no seu inglês e, além de tudo, informar você do dia a dia na ilha. Vocabulário, gramática e fluência podem melhorar na busca por fontes de informação e entretenimento na mídia da Irlanda.

O E-Dublin listou algumas formas — muitas vezes gratuitas — de entrar em contato com o universo irlandês e, com isso, ajudar para que seu intercâmbio termine com proficiência em inglês e a sensação de dever cumprido.

Jornais: informação e vocabulário

Foto: Divulgação

Irish Times é um dos principais meios de informação jornalísticos da Irlanda. Foto: Divulgação

A Irlanda tem três principais jornais impressos que são referências para ficar informado sobre tudo o que acontece na ilha. O de maior prestígio e influência, sem dúvidas, é o Irish Times. Fundado em 1859, é um dos mais antigos da Europa.

Com notícias sérias a respeito de todos os setores da sociedade, o Irish Times tem articulistas de renome e consegue fazer um panorama importante da Irlanda em relação à Europa e ao mundo.

Na mesma linha, está a versão irlandesa do The Independent, parte do grupo Independent News and Media, que também atua no Reino Unido, outros países europeus e pelo mundo.

Voltados ao formato tabloide, os jornais Irish Mirror e The Irish Sun apostam em notícias mais, digamos, “sensacionalistas”. Entre elas, estão manchetes policiais, climáticas e bastidores políticos, além de muito esporte e entretenimento pop.

Em todos os jornais, é possível perceber a linguagem passiva, tipicamente usada para notícias. Ela é diferente do usual, mas pode ser útil para o aprendizado, já que não se vê muito isso nas escolas de inglês.

Revistas temáticas: gramática e… mais informação

Foto: Divulgação

Revista temática LGBT+, a GCN completou 30 anos de informação sobre sexualidade, gênero e afins. Foto: Divulgação

Uma opção interessante para se informar aprendendo mais especificamente sobre um assunto é entrar em contato com as revistas temáticas irlandesas.

A antiga revista Ireland’s Own surgiu em 1902 e é especializada em conteúdo leve, histórias tradicionais e conteúdo familiar, incluindo ainda quebra-cabeças e receitas. Ela está disponível em diversos locais pela Irlanda (até mesmo, em supermercados), com suas capas ilustradas.

Mais diversificada, a GCN leva informações para a comunidade LGBT+ há 30 anos. Ela é distribuída gratuitamente e apresenta versão digitalizada. Histórias de vida, atividades de movimentos sociais, ativistas e entretenimento percorrem suas páginas.

Os amantes da Economia podem se deliciar com o assunto na revista Business & Finance. A publicação é primordial para profissionais se familiarizarem com palavras em inglês da área de finanças. Além disso, podem aprender mais sobre como anda o assunto em terras irlandesas.

Websites: dicas sobre a Irlanda e treino da língua

Imagem: reprodução

Ireland Before You Die dá dicas de lugares para visitar na Irlanda. Imagem: reprodução

Muitas vezes menos jornalísticos, mas não menos informativos, websites irlandeses apostam na curiosidade da ilha com textos onde há dicas de viagem, cotidiano, saúde, cultura, entre outros assuntos.

Entre eles estão o Lovin’ Dublin e o Lovin’ Ireland, da franquia Lovin’, que está presente em grandes capitais pelo mundo. Lá é possível encontrar curiosidades sobre a cidade irlandesa, além de outras cidades pela Irlanda. Restaurantes, estilo de vida e o “the best of” da Irlanda estão nos links dessa página super acessada pelos irlandeses.

O jornal digital Irish Central é uma outra ótima fonte de informação. Da política à dança, das guloseimas à espiritualidade. Tudo é possível nas páginas desse website sobre a ilha.

No Ireland Before You Die você encontra o que pode fazer na ilha enquanto estiver vivendo em suas terras. Dicas de cidades, centros históricos, restaurantes, pubs, enfim… tudo o que está disponível para ser feito de norte a sul do país.

Podcasts: porque ouvir em inglês é importante

Imagem: reprodução

É importante ter boa audição da língua inglesa. O Irish History Podcast relembra a história da Irlanda. Imagem: reprodução

Febre na internet, os podcasts são uma forma inteligente de potencializar seu inglês. Isso porque ouvir em inglês é tão importante quanto ler. Só assim você se acostuma com a língua mais rapidamente.

Os irlandeses têm podcasts de todos os tipos e temas. Entre eles, estão os de notícias do Irish Times e The Independent. A rede de TV e rádio RTE também apresentam inúmeros podcasts de seus programas.

Para quem gosta de esportes, o Irish Daily Sports dá conta do recado. Há ainda para os fãs de cinema, com o Irish Film Institute. Quer ouvir mais sobre a história da Irlanda? O Irish History Podcast é seu canal.

Divertido, o podcast Motherfoclóir de Darach Ó Séaghdha faz ironia com o idioma gaélico e foi criado a partir de uma conta no Twitter. Ele fala sobre tudo, de feminismo a psicologia e mitologia, impostos papais na Irlanda Medieval, entre outros assuntos que, de alguma forma, se encaixem com a história e o cotidiano da Irlanda.

An Irishman Abroad tem mais de 300 episódios onde Jarlath Regan entrevista personalidades e fala sobre ser um irlandês morando no exterior. Foi considerado o melhor podcast do iTunes e é recomendado por grandes jornais mundo afora.

Vale lembrar outra técnica interessante de aprendizado: os audiobooks.

Ah, e não esqueça de conferir também o E-Dublin Cast ;)

Canais de TV: ver, ouvir e viver em inglês

Imagem: reprodução

Na RTE Player, é possível assistir gratuitamente programas da TV irlandesa. Imagem: reprodução

Você sabe quais são os programas populares na Irlanda? Reality shows, séries, novelas, programas jornalísticos? Não? Ver TV na Irlanda pode ser uma forma divertida de aprender inglês (só pelos comerciais já é diversão garantida).

Mas você pode estar se perguntando: eu não tenho televisão, como vou ver esses programas? Muito simples: assim como no Brasil, os canais irlandeses têm seus próprios “players” e você pode assistir gratuitamente.

Como já dissemos, a RTE é uma das maiores redes de TV e rádio da Irlanda. Com o RTE Player, é possível assistir toda a programação do canal online. Outra possibilidade é a Oireachtas TV, uma espécie de TV pública, que mostra os acontecimentos políticos do país.

Audiovisual: viagem fictícia pela Irlanda

Foto: Divulgação

Para os viciados em séries, produções irlandesas como Derry Girls podem ser encontradas em sistemas de streaming como a Netflix. Foto: Divulgação

Séries televisivas são uma oportunidade de entrar na cultura irlandesa. Afinal, é o resultado de ficção com realidade, iguais às novelas brasileiras. Sendo assim, são imperdíveis para aliar a cultura da ilha com o aprendizado em inglês. Existem programas clássicos irlandeses como Mrs. Brown’s Boys, Fair City, Love/Hate e Father Ted.

Um novo seriado irlandês na Netflix também tem feito sucesso em todo o mundo. Derry Girls é uma sitcom situada em Derry, na Irlanda do Norte, nos anos 90. Apesar de ser uma comédia, a produção mostra um grupo de meninas que estudam em uma escola católica e mostra toda a problemática envolvendo a República da Irlanda e a Irlanda do Norte pré-acordo de paz entre ambos os países, assinado entre católicos e protestantes apenas em 1998. Na Irlanda, porém, a série não se encontra disponível na Netflix por questões de distribuição. Mas ela pode ser assistida na plataforma 4All gratuitamente. Basta se registrar!

Irish Youtubers

Foto: Divulgação

Youtubers irlandeses falam sobre diversos assuntos, e essa é uma forma de treinar o inglês enquanto adquire informação. Destaque para Melanie Murphy. Foto: Divulgação

Falando em audiovisual, não dá para deixar de fora os youtubers. Na Irlanda, existem dezenas de canais do Youtube sobre assuntos diversos. Listamos cinco:

BrinchIRL
Engraçado, o youtuber é novo entre os canais irlandeses, mas já se destaca como um dos principais da ilha. Isso porque seus vídeos estão centrados em tudo que é irlandês, com muita sátira.

Seán Connolly
Expressões engraçadas, brincadeiras irlandesas e reclamações estão na ponta da língua desse youtuber. Além de humor, o canal apresenta comentários sobre filmes, séries e o cotidiano de um jovem irlandês.

Melanie Murphy
Melanie está entre as tops youtubers da Irlanda, com quase 600 mil seguidores. Como praticamente todas as pop-youtubers do mundo, ela dá dicas de positividade corporal, saúde, beleza, sexualidade, estilo de vida e muito mais. Ah, e claro, ela está lançando um livro.

Clisare
Clare vive em Dublin e usa o Youtube para falar de diversos assuntos de forma engraçada e informativa. Ela é a criadora da “Irish Bucket List”, que é uma série de vídeos onde ela passa pela Irlanda fazendo as coisas mais legais possíveis.

Brian O’Reilly 
Brian está no Youtube há dez anos. Cantor e compositor, é uma forma de conhecer o dia a dia de um músico irlandês e conhecer suas canções.

Dicas de como aprender:

  • Leia, ouça ou assista ao conteúdo em inglês do começo ao fim
  • Anote palavras que você não entendeu
  • A partir dessas anotações, tente adivinhar qual é o significado de cada palavra
  • Busque em um dicionário o significado (em inglês) dessas palavras
  • Se ainda assim não entendeu, tente identificar no Google uma imagem que essa palavra é associada
  • Leia, ouça ou assista o conteúdo novamente
  • Avalie sua dificuldade de aprendizado
  • Escreva um resumo ou uma resenha, em inglês ou português, sobre o conteúdo
  • Se possível, faça esse tipo de atividade com mais uma pessoa para discutir sobre o assunto (em inglês)
Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar