Quais são os contratos e horários para cuidadores na Irlanda?

Quais são os contratos e horários para cuidadores na Irlanda?

Ávany França

3 meses atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

O mercado para assistentes de saúde, mais popularmente chamados de “cuidadores”, anda a todo o vapor na Irlanda. Mas, antes de sair aplicando para as vagas, é importante fazer um check list e saber se você tem o perfil para as vagas. Veja a seguir os requisitos:

  • ter experiência na área;
  • possuir alguma certificação, como de cuidador, psicologia, enfermagem;
  • estar disposto a trabalhar por shifts (escalas);
  • gostar de trabalhar com idosos, crianças, jovens ou pessoas com deficiência.

Se você se encaixa nos itens acima, pode ser um futuro cuidador na Irlanda. Mas, onde atuam os cuidadores?

1. Agências especializadas em saúde

Bluebird é uma das agências que contrata profissionais da área de saúde na Irlanda. Foto: Reprodução

Bluebird é uma das agências que contrata profissionais da área de saúde na Irlanda. Foto: Reprodução

As agências são as que mais contratam profissionais como cuidadores, no momento. Isso porque, na Irlanda, quando o governo não consegue suprir a demanda, é comum recorrer a empresas e organizações para prover mão de obra qualificada. Home InsteadBe Independent Home CareBlue Bird são apenas algumas delas.

2. Atendimento particular

Nesse caso, a contratação é realizada diretamente pela família do paciente para suprir os horários nos quais o governo não dá cobertura.

Não é difícil encontrar anúncio de vagas em sites diversos, muito similares aos das famílias que procuram por aupair. A diferença é que, no geral, a procura é para cuidar de idosos, pessoas com demência e similares.

3. Instituições de caridade

Na Irlanda, existem várias instituições de Caridade que atuam em parceria com o governo irlandês, dando assistência a grupos vulneráveis, como pessoas com deficiência motora e intelectual.

Nesse caso, o profissional atua para o sistema de saúde irlandês, porém de forma indireta. Brothers of CharityCheshire IrelandEnable Ireland são algumas das instituições sobre as quais vale pesquisar.

Pode-se trabalhar em período integral, meio período ou como relief. Os contratos costumam ser mais estáveis, assim como a carga horária de trabalho.

A Home Instead é uma das que possuem contratações part-time. Foto: Reprodução

A Home Instead é uma das que apresentam contratações part-time. Foto: Reprodução

Em todos os casos, as vagas para care assistant — ou seja, cuidadores — são muitas. O que varia é o tipo de trabalho e a disponibilidade do profissional. É nesse caso que entram os estudantes com Stamp 2.

Sim, mesmo estando na Irlanda com o visto de estudante — e, claro, com alguma experiência e certificações na área — você pode trabalhar como cuidador.

Como as vagas variam por carga horária, você pode, por exemplo, assumir uma vaga de relief e estar disponível para cobrir eventuais faltas, férias ou licença maternidade.

Boa parte das vagas oferecem flexibilidade de horários e contratos Part-time. Fonte.indeed.ie

Boa parte das vagas oferece flexibilidade de horários e contratos part-time. Fonte: indeed.ie

Há, ainda, contratos específicos e part-time para apenas 10h ou 20h de trabalho semanalmente. Para quem não tem a limitação das 20h por semana, pode apostar nas vagas Full-time, permanentes, que, em geral, são em torno de 38h semanais. Estas exigem, assim, maior disponibilidade.

Antecedentes criminais — Garda Vetting

Para os futuros cuidadores, vale lembrar que o processo inclui o atestado de antecedentes criminais (Garda Vetting). Diferentemente do Brasil, na Irlanda ele deve sempre ser solicitado pela empresa, ou seja, você não pode simplesmente ir à polícia local e solicitá-lo.

E, por se tratar de um estrangeiro, a busca pode demorar um pouco mais que o normal.

No meu caso, por exemplo, passei em todas as entrevistas, minhas referências foram checadas, mas a resposta da conquista da vaga demorou 7 semanas, tudo isso porque a empresa estava esperando o retorno do atestado.

Avatar
Ávany França, Jornalista por profissão, já passou por editorias de moda, gastronomia, história e turismo. Uma vida sem desafios não foi desenhada para essa baiana de Salvador. Amante das viagens, coleciona mais de 80 destinos no passaporte. Quer saber mais? Corre porque até você terminar de ler esse perfil já terei alguma novidade.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar