Quanto custa morar em Portugal?

Quanto custa morar em Portugal?

Larissa Fontes

4 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Para aqueles que estão vivendo o drama dos últimos meses como estudante na Irlanda e não querem voltar para o Brasil, Portugal acaba por ser uma das primeiras rotas de fuga que vêm à mente.

De acordo com o SEF, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, foram registrados 105.423 brasileiros residentes na “terrinha” em 2018, isso sem contar com aqueles que apresentam dupla nacionalidade.

Muitos brasileiros veem na semelhança do povo, da cultura, do clima e, é claro, do idioma uma boa saída para dar início ou continuar o sonho europeu. Mas será que, na ponta do lápis, vale a pena se mudar para terras portuguesas?

Ora pois. Comparamos o custo de vida em Portugal com o da Irlanda para você tirar suas conclusões antes de fazer as malas.

As cidades de Porto e Lisboa são os destinos mais visados por brasileiros que desejam morar na Europa. Imagem: Pixabay

Salário mínimo

Já vamos começar com o maior choque de realidade. O salário mínimo em Portugal está bem longe de ser um dos melhores da Europa, ao contrário da Irlanda, que segura o posto de segundo maior salário mínimo do continente, ficando atrás apenas de Luxemburgo. De acordo com o site Meusalario.pt, o salário mínimo em Portugal é de 600 euros por mês, trabalhando 40 horas semanais (válido de 1/1/19 até 31/12/19).

Aqui na Irlanda, o valor mínimo pago por hora é de 9,80 euros (2019), o que equivale a, aproximadamente, 1656 euros mensais. Lembrando que o visto de estudante na Irlanda dá permissão para trabalhar meio período, ou seja, 20 horas por semana, o que corresponde a 828 euros por mês (exceto durante o verão, quando é permitido trabalhar full-time com o Stamp 2).

Leia também: Saiba como será o salário mínimo na Irlanda em 2020.

Aluguel

Um dos assuntos mais temidos entre os intercambistas na Irlanda, principalmente em Dublin, é a acomodação. Os valores cobrados, muitas vezes abusivos, assustam — e muito — os estudantes. Em Portugal, a notícia é boa. O preço médio, de acordo com o Instituto Nacional de Estatísticas de Portugal, é de 5 euros por metro quadrado. O que isso significa, na prática?

O brasileiro Leonardo Gouveia, que morou em Dublin entre 2015 e 2016 e se mudou para Portugal em 2017, esclarece: hoje em dia, ele paga 500 euros em um apartamento de 2 quartos onde ele mora sozinho com a noiva.

Depois de passar quase dois anos na Irlanda, Leonardo se mudou para Lisboa, assim como muitos brasileiros. Imagem: Arquivo Pessoal

Quem mora em Dublin sabe que esse é o preço pago, muitas vezes, para dividir um quarto duplo ou, com sorte, um estúdio com outra pessoa. “Eu moro a apenas 15 minutos de ônibus do centro de Lisboa, em um prédio relativamente novo se comparado a outras construções de Portugal. No centro da cidade, dá para achar um apartamento de 2 quartos por 800, 700 euros se você procurar bem”, explica Leonardo.

Ainda segundo o brasileiro, estudantes conseguem alugar um quarto compartilhado por um valor ainda mais barato, algo em torno de 200 euros. Ponto para Portugal.

Leia também: A saga para encontrar acomodação em Dublin

Lisboa, a capital do país, atrai milhares de brasileiros todos os anos. Imagem: Pixabay

Contas e transporte

De acordo com o Numbeo, um banco de dados que reúne e compara preços de diferentes países, o valor médio pago pelas contas de um apartamento de 85 metros quadrados em Portugal é de 94,54 euros por mês. Esses são os chamados serviços básicos, que incluem eletricidade, aquecimento, água e lixo. Aqui na Irlanda, as mesmas contas ficam em torno de 144 euros.

Sobre o transporte público, aqui em Dublin, o Leap Card permite que o estudante viaje pela cidade de forma ilimitada pelo valor de 20 euros por semana, 80 euros mensais. Sem o benefício, quem usa o Dublin Bus desembolsa 108 euros por mês. Em Portugal, o valor mensal cobrado pelo governo é de 36 euros. Bem diferente, não é?

Leia mais: Quanto você vai pagar pelo transporte público em Dublin?

Lembrando que, aqui em Dublin, o uso de bicicletas é muito comum, não só entre estudantes, mas entre os nativos também. Não se espante ao se deparar com alguém pedalando de roupa social e tênis de academia. O serviço Dublin Bikes é uma ótima alternativa para quem deseja economizar.

Compras de Supermercado

A alimentação mensal em Portugal sai, em média, 33,72% mais barata do que na Irlanda. Imagem: Pixabay

Nas prateleiras, a diferença também é grande. Com base nos dados do Numbeo, as compras de mercado em Portugal saem, em média, 33,72% mais baratas do que na Ilha Esmeralda. Separamos alguns dos principais produtos e seus respectivos preços médios nos dois países:

Irlanda Portugal
Leite (1 litro) 0,98 € 0,62 €
Arroz (1 Kg) 1,53 € 0,88 €
Carne vermelha (1 Kg) 9,03 € 9,42 €
Ovos (12 unidades) 2,66 € 1,71 €
Batata (1 Kg) 1,42 € 0,86 €
Pão Branco (500 g) 1,45 € 1,10 €

Confira o nosso vídeo atualizado sobre compras de supermercado na Irlanda:

Saúde

Ao contrário do que muitos imaginam, o sistema público de Portugal não é gratuito. É cobrada uma taxa pela consulta, e o preço varia de acordo com o tipo de procedimento necessário. A média é de 5 euros por atendimento.

Brasileiros, sejam eles turistas, sejam residentes, podem usar o sistema público de saúde em Portugal por conta de um acordo entre os dois países. Porém, é necessário obter um documento chamado PB-4 antes mesmo de sair do Brasil. Confira qual é o consulado português mais perto de você para obter o benefício.

Na Ilha Esmeralda, a saúde pública é um ponto crítico. O primeiro passo para um atendimento médico é uma consulta com um Clínico Geral (GP – General Practitioner) e não sai por menos de 50 euros. Esse profissional vai encaminhar você para o especialista, e a conta só aumenta.

Outros gastos

Irlanda Portugal
Refeição em um restaurante 15,00 € 8,00 €
Cinema (1 ticket) 11 € 6,50 €
Cerveja (500 ml) 5,00 € 1,60 €
Mc Donald’s (Combo) 8,00 € 6,00 €
Capuccino (regular) 3,07 € 1,32 €

Veja também

Melhores destinos de intercâmbio

Larissa Fontes
Larissa Fontes, Jornalista, geminiana e curiosa. Dona de uma mente inquieta num corpo semi-sedentário de 20 e poucos anos. Sobrevive à base de café, música alta e papos de boteco. Acompanhe ela em @larifontes no Instagram.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar