Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Dicas de Viagem

Quatro formas de se locomover em Cork

Carol Braziel postou em 14 jan 2017

Cork é linda e todo mundo que já esteve ou está lá sabe bem disso. Assim como todas as cidades da Ilha Esmeralda, ela oferece a opção de fazer muita coisa a pé. O que é ótimo, certo? Mas, e nesse inverno? Se quisermos usar os transportes da cidade para fugir do frio congelante, como fazermos para conhecer Cork e seus bairros cheios de charme?

1.Busão

Um dos meios de transporte mais famosos para quem quer conhecer a cidade descansando os pezinhos e fugindo dos ventos irlandeses é o bom e velho “busão”.

A partir da estação central de ônibus em Cork, localizada na Parnell Place, os ônibus partem diariamente em direção a todas as partes da cidade. Os ônibus, aqueles no estilo europeu com dois andares, possuem WI-FI e aquecedor. Ótimo pra aquecer o corpo nesse frio!

O melhor disso é que estudantes têm descontos nas passagens. Assim como em Dublin, os tíquetes são cobrados por zonas e os valores variam de acordo com o trajeto que você quiser fazer.

Divisão da cidade por zonas, assim como funciona em Dublin. Créditos: Leap Card.

Divisão da cidade por zonas, assim como funciona em Dublin. Crédito: Leap Card

Quer saber os horários e preços? Acesse aqui.

2.Carro

Nada supera o conforto de andar de carro, não é mesmo? Se quiser alugar ou comprar um (se optar por morar mais tempo na cidade), só não esqueça de que deverá se acostumar a dirigir na chamada mão inglesa (esquerda) e que o limite de velocidade na cidade é de 45 Km/h. Bem devagar, né? Na estrada os limites são um pouco mais altos, chegando a 105 Km/h, o que significa que você poderá correr mais.

3.Táxis

Assim como em qualquer cidade, Cork oferece várias empresas privadas dedicadas à prestação de serviço de táxi, quase todas localizadas em lugares mais centrais da cidade. Uma boa opção pra quem quer mais conforto e rapidez, mas gastando um pouquinho a mais por isso.

4.Bicicleta

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Assim como toda a Irlanda, Cork é ótima para conhecer de bicicleta. Por isso, se você está visitando ou simplesmente não possui uma bicicleta, não se preocupe, pois os valores de locação ficam entre €10 e €50/dia.

Pra termos noção de como a querida bicicleta é levada a sério pela população, anualmente, acontece o Cork Cycling Festival, evento que tem como objetivo disseminar a ideia de que a bike é um dos transportes mais acessíveis, rápidos, seguros e divertidos da cidade. Incrível, não?

De ônibus, carro, táxi ou bike, o importante é não perder o pique (mesmo no inverno) e explorar ao máximo essa cidade cheia de charme e história.

Sobre o Autor


Carolina Braziel é formada em Relações Públicas e pós-graduada em MKT pela ESPM|Brasil. Com mais de seis anos de experiência em MKT, decidiu vivenciar o sonho de morar na Europa, mais precisamente na terra dos Leprechauns. Apaixonada incurável por viagens, tem como vício a leitura e pesquisa sobre destinos, curiosidades e roteiros de viagens pelo mundo.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Agenda Cultural

15 eventos para você aproveitar na Irlanda em outubro

2 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Ensino Superior

Quais são as melhores universidades irlandesas?

3 semanas atrás, por Elizabeth Gonçalves
Quanto custa

Quanto custa manter um carro na Irlanda?

1 mês atrás, por Colaborador E-Dublin
Dublin

Quanto custa estacionar em Dublin?

2 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Vistos

Onde tirar o visto no interior da Irlanda

3 meses atrás, por Ávany França
Mercado

Irlanda têm vagas para biotécnicos e químicos

3 meses atrás, por Deby Pimentel
Transporte

Carsharing: economize no aluguel de carros

3 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Como alugar

7 aplicativos essenciais para quem vive em Dublin

3 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves