Reino Unido sai da UE às 23h desta sexta

Reino Unido sai da UE às 23h desta sexta

Rubinho Vitti

6 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Depois de três anos e meio, o Reino Unido sai de vez da União Europeia nesta sexta-feira, 31 de janeiro de 2020. A saída acontece às 23h, horário de Londres. Depois de muita, mas muita negociação entre a Grã-Bretanha e os países que compõem o bloco, finalmente houve um acordo. Na última quarta-feira, os deputados britânicos votaram a favor da saída definitiva, que foi adiada várias vezes e, agora, acontece de fato.

A “novela” Brexit durou quase 4 anos e termina com um acordo entre Grã-Bretanha e União Europeia. Transição deve durar 11 meses. Foto: Pixabay

O futuro ainda é desconhecido e não se sabe ao certo como será o destino de UK e do bloco após o racha. Para quem é a favor, o momento é de glória. Porém, outros milhões de britânicos, que se identificam com a ideia de serem europeus, não é hora de celebrar.

Os jornais irlandeses estão dando destaque para o dia de hoje. O editorial do jornal Irish Times afirma que “para a Irlanda, a UE e os milhões de cidadãos britânicos, incluindo tantos jovens, que prezam sua identidade europeia, esse é, acima de tudo, um momento profundamente triste”. Ele afirma que “o Brexit tornará a Grã-Bretanha mais pobre”, segundo própria análise do governo britânico, e “as liberdades de seus cidadãos serão reduzidas”.

O texto diz, ainda, que a Inglaterra preferiu “usufruir os confortos falsos de um nacionalismo radical inglês” enquanto “a Irlanda do Norte e a Escócia estão sendo arrastadas contra sua vontade” e que “o experimento multinacional” parece “implodir o próprio Reino Unido”.

Na RTÉ, o destaque é para o ministro de Relações Exteriores da Irlanda, Simon Coveney. Ele afirma que o Brexit vai dominar a política irlandesa pelo resto do ano, independentemente do que acontecer nas eleições gerais. Segundo o ministro, “se não houver um acordo de livre comércio até o final do ano, a Irlanda vai negociar com o Reino Unido sob as regras da OMC, o que significará tarifas significativas para a Irlanda”. O debate será intenso e existe a possibilidade de um não-acordo comercial, “o que impactaria vários setores vulneráveis”.

Leia também: Website prepara irlandeses para o Brexit

Reino Unido e UE ainda têm muito a discutir e conversar. O período de transição — também chamado de implementação — durará um período de 11 meses. Enquanto isso, o Reino Unido segue as regras da UE, e sua relação comercial permanecerá a mesma. Na próxima semana, o E-Dublin vai publicar uma matéria com todos os detalhes sobre um dos momentos mais importantes da história política recente da Europa e do mundo.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar