Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Vistos

Será que o passaporte europeu muda sua vida na Irlanda?

Duda Gruppi postou em 21 nov 2017

O que acontece quando você vem para Irlanda com a cidadania europeia?

Ter um passaporte europeu pode facilitar a vida de muita gente que quer viver na Europa em vários aspectos, garantindo o livre acesso aos países que fazem parte da União Europeia, incluindo o visto de permanência dos cônjuges não europeus e filhos – aliás, nesse caso, as regras para o visto da família mudam de país para país, então é bom se informar bem antes de aterrissar no país escolhido.

No caso da Irlanda, relações estáveis são aceitas para liberação de um visto para o companheiro. Outro ponto positivo na Irlanda, é que o cônjuge ou parceiro de um cidadão europeu recebe o Stamp 4, que permite que ele resida no país e trabalhe em horário integral.

Difícil sim, impossível não!

O passaporte garante seu direito de morar, trabalhar e estudar. Fonte © Fasphotographic | Dreamstime

O passaporte garante seu direito de morar, trabalhar e estudar. Fonte © Fasphotographic | Dreamstime

Então chegou a hora de mudar de mala e cuia e tentar a vida na Europa… Você pega seu passaporte vermelho e tudo certo? Bom, quase tudo! O passaporte garante seu direito de morar, trabalhar e estudar sem precisar de um visto específico, mas isso não quer dizer que as coisas são tão simples assim, que é só chegar e está tudo certo.

Quando você chega em outro país, você também vai precisar de um documento local que te permita trabalhar e recolher os devidos impostos. Aqui na Irlanda, esse documento é o PPS – Personal Public Service, que funciona mais ou menos como nosso CPF no Brasil. Sem o PPS, você não consegue trabalhar ou sequer abrir uma conta na maioria dos bancos. Quem já está em Dublin há algum tempo, sabe que as coisas vem mudando – o que antes era fácil, hoje está um pouco mais burocrático.

Mesmo possuindo um passaporte europeu, fomos criados em outra cultura, onde a relação com o trabalho é diferente, as regras da sociedade são outras e nossa língua materna também é outra. É preciso reaprender algumas coisas e aprender outras novas. O jeitinho brasileiro, por exemplo, pode te colocar em apuros por aqui.

Vantagens de chegar na Irlanda como um cidadão europeu

Por outro lado, é claro que o passaporte europeu vai te poupar de algumas dores de cabeça adicionais e vai deixar a vida um pouco mais fácil no começo.

Como cidadão europeu, você já não vai precisar se preocupar com visto e nem pagar para tirar seu Irish Residence Permit-IRP – o visto – uma economia de 300 euros. Mas lembre-se, se vier com família, eles vão precisar solicitar o visto para poderem morar aqui legalmente.

Não será necessário comprovar os 3 mil euros e nem contratar seguro ou plano de saúde – só se você quiser – e você não vai se preocupar com a frequência nas aulas. Se quiser estudar inglês, vai poder optar pelo curso que melhor atender as suas necessidades. Você também poderá estudar no período noturno e, certamente, vai pagar um valor mais acessível.

Um dos pontos mais importantes é poder trabalhar em tempo integral – 40 horas semanais. Este é a maior limitação para os estudantes Stamp 2, que podem perder oportunidades profissionais por conta dessa limitação.

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Cidadã do mundo, produzir eventos e escrever são bem mais que sua profissão. Apaixonada por viagens, adora conhecer novas histórias e novos sabores.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

E-Dublin TV

Um dia de uma brasileira na Irlanda – Mah Marra

3 semanas atrás, por Tarcisio Junior
Documentos

Tire suas dúvidas sobre a cidadania portuguesa

1 mês atrás, por Colaborador E-Dublin
Segurança

A Irlanda já não é mais a mesma

2 meses atrás, por Ávany França
Essenciais

Como planejar o seu intercâmbio na Irlanda: O Visto

2 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves