Tribunal suspende greve de pilotos da Ryanair na Irlanda

Tribunal suspende greve de pilotos da Ryanair na Irlanda

Rubinho Vitti

1 mês atrás

O Supremo Tribunal de Dublin aprovou um pedido da Ryanair para suspender uma proposta de greve de pilotos na Irlanda, que estava marcada para acontecer hoje, 22 de agosto, e amanhã. A liminar evita que cerca de 180 pilotos realizassem uma greve de 48 horas na Irlanda sobre condições salariais.

Por causa de acordo firmado entre Ryanair e pilotos em 2018, questão salarial foi considerada já definida. Foto: Divulgação

A Ryanair argumentou que um acordo de 2018 cobria as questões em torno do salário. No entanto, o sindicato que representa os pilotos disse que ele cobria apenas as questões que surgiram naquele momento específico. O juiz entendeu que a Ryanair estava correta.

No Reino Unido, a Associação Britânica de Pilotos de Aviação disse na segunda-feira que, como a Ryanair “perdeu tempo com ações judiciais desnecessárias”, sua chance de resolver a disputa envolvendo seus pilotos foi perdida. Lá, a Ryanair começou a buscar uma liminar na Suprema Corte para impedir a greve dos pilotos britânicos.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar