Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Crônicas

Tudo muda em apenas um mês na Irlanda

Colaborador E-Dublin postou em 06 mai 2017

Há um mês, a visão que tinha sobre eu mesma, sobre as pessoas que eu amo e sobre as coisas que eu achava saber, eram totalmente diferentes de hoje. Há exatamente um mês, eu estava no Brasil, me preparando para pegar um avião rumo a algo completamente novo.

Fazer intercâmbio na Irlanda provoca muitas mudanças é o que conta Ana Bernardes. Foto: Arquivo Pessoal

Fazer intercâmbio na Irlanda provoca muitas mudanças – é o que conta Ana Bernardes. Foto: Arquivo Pessoal

Há exatamente um mês, eu deixava para trás amigos, família e uma rotina já estabelecida há vários anos, para iniciar aquilo que eu tenho certeza será uma das maiores experiências da minha vida: o intercâmbio. Desde então, posso dizer que todas as coisas que vivi foram muito mais intensas do que imaginei que seriam. Todo mundo me falava – e acredito que todos aqueles que estão pensando em fazer um intercâmbio ou estão passando por um já ouviram – que tudo que eu iria vivenciar, seria muito mais novo e forte do que aquilo pelo que passei no Brasil.

E realmente é. Só que, mesmo ouvindo essa frase centenas de vezes antes de embarcar, você nunca vai realmente conseguir mensurar isso até que você possa, enfim, vivenciar. E agora sei bem o quanto é verdade. Até o mês passado, eu tinha várias certezas. Certezas sobre coisas simples, que você dificilmente para e pensa sobre, pois já está habituado. Desde que cheguei à Irlanda, as certezas se reduziram consideravelmente. E isso é novo.

Eu não tenho certeza no que vou trabalhar e nem ao menos se vou conseguir um emprego logo. Não tenho certeza se meu inglês vai realmente melhorar e se vou conseguir me comunicar sempre que chego a um lugar novo. Eu não tenho certeza se vou conseguir conhecer todos os lugares que eu quero, algo que me motivou a fazer esse intercâmbio. Eu não tenho certeza alguma sobre nada neste exato momento, e quer saber? Apesar de parecer loucura, eu acho que é isso que torna toda essa experiência ainda mais enriquecedora e especial. Todos os dias, eu sei que será um novo dia.

Eu sei que vou aprender algo novo na escola, em casa ou até mesmo pelas ruas da Irlanda. Eu sei que vou ter que lidar com alguns problemas e conseguir enfrentá-los sozinha. Eu sei que vou ter que lidar com a ausência das pessoas que amo e aprender a fazer o que preciso sem elas ao meu lado. Eu sei que vou ter que me tornar uma pessoa melhor para conseguir seguir em frente. É bem verdade que nem tudo é simples, tampouco fácil, em um intercâmbio. Mas também é bem verdade que aquilo que nos desafia é o que nos torna mais fortes e preparados para o mundo de forma geral.

Em apenas um mês, já aprendi mais do que imaginei que aprenderia, e agora me preparo para todas as outras que lições que, tenho certeza, virão ao longo de todos os outros meses. Será uma aventura!

Sobre a autora:
Catarinense, Ana Bernardes tem 23 anos, é jornalista e escolheu a Irlanda para iniciar a sua primeira grande aventura. Adora cozinhar, conhecer novos lugares e culturas e criar histórias. Tem o sonho de, algum dia, ser uma escritora e poder contar para as pessoas um pouquinho daquilo que ela viveu pelo mundo.

Revisado por Tarcísio Junior
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Trabalho

Engravidou? Conheça seus direitos trabalhistas na Irlanda

1 semana atrás, por Elizabeth Gonçalves
Crônicas

Tombos e resistências de um intercâmbio 

1 semana atrás, por Colaborador E-Dublin
Trabalho

Uma menina de 20 a caminho de ser chef na Irlanda

2 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin
Crônicas

Diga-me como te relacionas e eu te direi quem és 

2 semanas atrás, por Colaborador E-Dublin