Tudo que você precisa saber sobre a greve de ônibus na Irlanda

Tudo que você precisa saber sobre a greve de ônibus na Irlanda

Edu Giansante

3 anos atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

Pra quem usa transporte público em Dublin diariamente, já deve ter percebido o caos das últimas semanas. O Dublin Bus, serviço público de ônibus na capital, anunciou diversas datas para greves.

Mais de 800.000 passageiros já foram afetados na primeira série de paralisações devido a uma disputa salarial.

Fonte: Irishtimes

Fonte: Irishtimes

Como essa greve não parece acabar tão cedo, aí vão algumas informações importantes pra quem depende de ônibus em Dublin:

Datas previstas das paralisações

Em todas as paralisações, os serviços do Dublin Bus, Airlink e Nitelink ficam suspensos. Já foram realizados 4 dias de greve, e mais alguns estão planejados pelos trabalhadores:

•  23 e 24 de setembro (sexta e sábado)
•  27 e 28 de setembro (terça e quarta)
•  1 de outubro (sábado)
•  5 de outubro (quarta-feira)
•  7 de outubro (sexta-feira
•  18 e 19 de outubro (terça e quarta)
•  24, 26 e 29 de outubro (segunda, quarta e sábado, respectivamente)

Fonte: Newstalk

Fonte: Newstalk

Serviços adicionais como Airlink, Nitelink e Ghost Bus também entram na greve

Não são só os serviços regulares de ônibus que estão sendo afetados. Os serviços Airlink e Nitelink também têm sido afetados. Todas as excursões de ônibus Dublin, bem como o Ghostbus também têm tido datas canceladas. Se for utilizar um desses serviços, consulte previamente se ele estará disponível.

Fonte: aransweatersdirect

Fonte: aransweatersdirect

Opções de transporte disponíveis

Serviços como o Luas e Dart vão continuar funcionando normalmente. Outras opções, como Hailo, também tem oferecido descontos nas tarifas em táxis nos dias de paralisação (consulte a disponibilidade com o motorista antes da corrida).

Por que a greve?

Os sindicatos que representam os trabalhadores do Dublin Bus estão pedindo aumentos salariais de até 18%, em linha com o aumento salarial que motoristas do Luas receberam no início desse ano. A greve surgiu após os sindicatos rejeitaram um aumento de 8.2%, proposto durante três anos.

Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Veja também

Como é o Regime Trabalhista na Irlanda?

Edu Giansante
Edu Giansante, Fundador e CEO do E-Dublin, Edu chegou na Irlanda em 2008, no ano pré-crise, pegou a nevasca de 2010 e comeu cérebro de cabra em Marrakesh. O Edu também é baterista da banda Irlandesa Medz.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar