Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Dicas de Viagem

Usando a rede ATM pela Ásia

Ávany França postou em 14 dez 2014

atm1

Crédito: Ávany França

Se tem uma coisa com a qual você não terá que se preocupar durante sua trip pelo sudoeste asiático é com caixa eletrônico, pois a oferta é grande e eles estão a cada cinco metros. Entretanto, quando se trata de transações com cartão de débito e/ou crédito vale ficar atento para evitar transtornos durante a sua viagem.

Pensando nisso, o E-Dublin listou aqui cinco cuidados básicos que você deveria adotar para evitar roubadas durante a sua Asia trip.

1. Procure por parceiros

Verifique sempre as parcerias do seu banco com os bancos e serviços locais na região que você pretende visitar. Assim, em caso de contratempos, lidar com algum órgão/estabelecimento que esteja associado ao seu banco  facilitará imensamente a resolução do problema.

2. Utilize o mesmo serviço/rede

atm

Crédito: Ávany França

Sair sacando dinheiro em qualquer caixa será uma grande tentação, dada a oferta existente, mas é importante dar preferência a uma única rede ATM.

Sabe aquele velho ditado que diz que “em time que está ganhando não se mexe”? Pois é, essa é a ideia. Eleja uma rede, dê preferência à de melhor reputação ou à mais conhecida e utilize-a do início ao fim da viagem.

3. Use o banco local

O ideal é dar preferência ao serviço ATM fornecido pelo banco local.

Imagine que, por algum motivo, o caixa eletrônico não devolva o seu cartão ou emperre a saída do dinheiro… Como resolver se a rede não for operada regularmente por um banco da região?

Por isso afirmamos que você estará muito melhor assistido se souber onde pedir socorro, que poderá ser uma das agências filiadas ao seu banco.

4. Programe-se para não pagar muita taxa 

A maioria das redes ATM cobra 3% por cada saque. Por essa razão sugerimos que você se programe para pagar essa taxa uma única vez. Caso não seja possível um único saque pela quantia que pretende gastar, você poderá se programar para fazer saques semanais. Basta calcular quanto necessitará para cobrir as despesas por semana.

5. E se o banco engolir o seu cartão?

Acredite, isso é mais comum do que se imagina e, geralmente, acontece quando a rede utilizada não é associada ao seu banco. Por isso, durante a operação, alguns caixas eletrônicos simplesmente retêm o cartão, por não identificarem a parceira. Então, reforçamos a importância da dica número 1: procure por parceiros do seu banco.

Essas dicas foram baseadas em viajantes que estavam em trânsito pelo sudoeste Asiático, mas são válidas para qualquer destino, já que ficar sem o cartão de débito e/ou crédito durante uma viagem é sempre uma grande dor de cabeça.

Esse texto faz parte da série Mochilão pela Ásia em oito destinos

Este texto foi revisado por Camilla Gómez em Novembro/2014.

Sobre o Autor


Uma vida sem desafios não foi desenhada para essa baiana de Salvador. Jornalista por profissão, já passou por editorias de moda, gastronomia, história e turismo. Amante das viagens, coleciona mais de 50 destinos no passaporte. Quer saber mais? Corre porque até você terminar de ler esse perfil já terei alguma novidade.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Economia

Cash Back: você sabe como isso funciona?

9 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Dicas de Viagem

Experiência Camboja: Hariharalaya

4 anos atrás, por Ávany França

Posts recentes

Cultura

Quando deixei o Brasil foi que conheci o Brasil

15 horas atrás, por Colaborador E-Dublin
Saúde

Já ouviu falar em seguro família?

5 dias atrás, por Elizabeth Gonçalves