Vai embarcar para o exterior? Se ligue nessas dicas

Vai embarcar para o exterior? Se ligue nessas dicas

Elizabeth Gonçalves

3 anos atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

Programar uma viagem de férias exige acima de tudo uma pesquisa sobre o destino que se quer visitar. Recentemente, o portal do Ministério das Relações Exteriores (MRE) lançou um alerta com algumas orientações para os brasileiros que vão se aventurar em terras estrangeiras. E aqui fica a pergunta, você se interessa em pesquisar essas questões antes mesmo de comprar as passagens?

O alerta do MRE destaca detalhes como vistos, documentos e, inclusive, cuidados com a segurança. O informativo também salienta que alguns países exigem vacinação contra febre amarela. Aliás, este é um detalhe importantíssimo que jamais deve ser esquecido, já que sem a comprovação da vacina você não será autorizado a entrar no país que escolheu como destino, caso esta seja uma das exigências.

Febre amarela

Algumas regiões do Brasil e também outros países da América do Sul e África, por exemplo, exigem que o turista esteja vacinado contra febre amarela. Quem nunca foi vacinado contra essa doença, deve tomar a vacina pelo menos dez dias antes de viajar.

Vacina contra febe amarela é exigida em cerca de 40 países Reprodução: Band

Vacina contra febre amarela é exigida em cerca de 40 países. Reprodução: Band

Em 2013 a Organização Mundial de Saúde anunciou que uma única dose da vacina garante imunidade para o resto da vida, portanto, não é mais necessário se vacinar a cada dez anos quando se viaja para uma área de risco. Mesmo assim, apesar da determinação da OMS, a decisão final depende das autoridades nacionais do país para o qual você viajará, portanto, obtenha o máximo de informações antes de embarcar.

Atualmente, cerca de 40 países exigem certificado de vacinação contra a doença. Entre eles estão África do Sul, Angola, Austrália, Bahamas, Peru, Colômbia, Índia, Jamaica e Tailândia. Consulte a lista completa aqui.

Tailândia

Com o recente golpe militar ocorrido em maio na Tailândia, a Embaixada Brasileira em Bangkok alerta os brasileiros que vão visitar o país sobre os cuidados a serem tomados em consequência das manifestações que têm acontecido por lá.

O órgão recomenda que turistas e brasileiros residentes na Tailândia evitem áreas onde ocorram protestos, aglomerações, passeatas e operações das forças de segurança em Bangkok e também no restante do país.

Manifestações contra golpe militar têm ocorrido na Tailândia Reprodução: UOL

Manifestações contra golpe militar têm ocorrido na Tailândia. Reprodução: UOL

Ucrânia

Diante dos atuais conflitos entre Ucrânia e Rússia, a Embaixada Brasileira no país recomenda que províncias como Kharkiv, Donetsk e Lugansk sejam evitadas, pois são lugares que podem trazer risco à segurança.

Estados Unidos

Brasileiros têm sido detidos no momento da entrada nos Estados Unidos por porte não declarado de valores em espécie. Portanto, se vai embarcar para o país com mais de 10 mil dólares em espécie, você deve, obrigatoriamente, declarar o valor e apresentar a declaração às autoridades alfandegárias no aeroporto americano.

A ausência da declaração poderá implicar não apenas na confiscação dos valores, mas sobretudo na detenção do portador e num eventual processo criminal.

EUA exigem declaração de valores na alfândega

EUA exigem declaração de valores na alfândega

Guiné

É bem possível que esse pequeno país africano não esteja na sua rota de viagem, entretanto, vale lembrar que recentemente foram confirmados casos de febre hemorrágica no país e, infelizmente, a doença está se alastrando para países vizinhos. Portanto, é importante ficar atento se está se programando para conhecer o continente.

O Ministério da Saúde da Guiné, com o apoio de parceiros como a OMS, UNICEF e a Cruz Vermelha Internacional, tem tomado todas as medidas necessárias para controlar a disseminação da doença. Mesmo assim,  recomenda-se a cidadãos brasileiros que mantenham os cuidados básicos de higiene pessoal e coletiva, pois isso auxilia a prevenção. Aconselha-se o saneamento de suas habitações e a lavagem frequente das mãos com sabão e cloro.

Além desses destinos, é possível encontrar outras recomendações e cuidados para viajantes. Se você está se preparando para viajar oversea, não deixe de consultar o site do Ministério e verificar as recomendações para o local da sua viagem.

Elizabeth Gonçalves
Elizabeth Gonçalves, Jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há cinco anos e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

  • 5 formas de boicotar o seu intercâmbio

    Planeje seu Intercâmbio

    5 formas de boicotar o seu intercâmbio

    É muito mais comum ouvir dicas sobre o que fazer no seu intercâmbio do que...

    Colaborador E-Dublin

    3 dias atrás

    5 formas de boicotar o seu intercâmbio
  • 5 atitudes assertivas para o seu projeto de intercâmbio

    Planeje seu Intercâmbio

    5 atitudes assertivas para o seu projeto de intercâmbio

    Hoje, para ajudar você a ser ainda mais assertivo na elaboração do seu plano...

    Colaborador E-Dublin

    5 dias atrás

    5 atitudes assertivas para o seu projeto de intercâmbio

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar