Valentine’s Day: o Dia dos Namorados na Irlanda

Valentine’s Day: o Dia dos Namorados na Irlanda

Colaborador E-Dublin

3 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Se você nem se atentou à data ou anda confuso com esses corações vermelhos espalhados por todos os cantos, é porque o Dia dos Namorados na Irlanda é celebrado em 14 de fevereiro. Na verdade, nessa data, tanto irlandeses como todos os europeus e cidadãos de outros países comemoram o Valentine’s Day – ou dia de São Valentim.

Ou seja, diferente do Brasil, quando o 12 de junho é o Dia dos Namorados, na Irlanda a data vem de outra cultura e, inclusive, tem um significado mais amplo.

Se um amigo ou amiga na Irlanda te desejar “Happy Valentine’s Day”, não estranhe. Ao contrário do Brasil, em que apenas os casais celebram a data romântica, na ilha todo mundo entra no clima das demonstrações de carinho: casais, amigos e, principalmente, as crianças, pois o que se celebra neste dia é, na verdade, o amor.

Por isso, se você é solteiro, não se preocupe, o dia 14 de fevereiro também é o seu dia!

Por que Valentine’s Day?

O Dia dos Namorados na Irlanda é celebrado em 14 de fevereiro. Foto: Paweł Czerwiński/Unsplash

Acredita-se que tudo isso começou por conta de um padre romano chamado Valentinus (Valentim, em português), que viveu por volta dos anos de 270 d.C e que, durante perseguições do império, unia casais às escondidas, legitimando seus matrimônios segundo os preceitos do Catolicismo. Que bonitinho!

Porém, está não é a única versão. Acredita-se, também, que ‘Valentino’ ajudava os cristãos a fugir de prisões romanas e que, certo dia, um dos prisioneiros se apaixonou pela filha do carcereiro, deixando à ela um bilhete assinando com: ‘De seu Valentino’.

E por que 14 de fevereiro?

São Valentim (ou Valentino) é o santo que inspirou o Valentine’s Day — o Dia dos Namorados na Irlanda. Foto: Mash.ie

Outra possibilidade aponta ter sido uma decisão da Igreja Católica criar do Valentine’s Day, a fim de ‘cristianizar’ a festa pagã de Lupercália, um festival que acontecia em meados de fevereiro dedicado ao fauno da fertilidade, ao deus romano da agricultura e aos fundadores de Roma, Rômulo e Remo – com rituais bem estranhos, por sinal.

Mas fevereiro também era o mês dedicado à celebração do casamento de Zeus e Hera, no calendário Ateniense, além de ser o período do acasalamento dos pássaros.

Todos esses indícios acabam explicando o porquê dos ares românticos nesta data, tornando-se tradição a troca de cartões, presentes e a demonstração de afetividade.

Leia também: 5 dicas para você comemorar o Dia dos Namorados em Dublin

O ‘Dia dos Namorados’ na Irlanda

Assim como no Brasil, o Dia dos Namorados na Irlanda é celebrado com muito amor por todos os cantos. As lojas oferecem promoções especiais, floriculturas têm arranjos de flores aos montes e os restaurantes e pubs, principalmente, se preparam para a data.

Mas saiba que existem muitas coisas para se fazer de graça na Irlanda com o seu amorzinho. O E-Dublin, inclusive, preparou um roteiro especial (e completamente gratuito) para os “enamorados” passarem o dia 14.

Entre as atrações estão a Love Lane (Rua do Amor), a Ha’penny Bridge, além de parques, castelos e jardins secretos.

Claro que, em tempos de pandemia, vale lembrar que é preciso respeitar as regras impostas pelo governo irlandês.

 

Colaborador E-Dublin
Colaborador E-Dublin, Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do colaborador do E-Dublin e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Quer ver sua matéria no E-Dublin ou ficou interessado em colaborar? Envie sua matéria por aqui!

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar