Este site usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar o nosso site você concorda com todos os cookies de acordo com nossa Política de cookies/privacidade. Concordo
Meu Intercâmbio

Viajando com a ajuda da Internet

Caroline Rodrigues postou em 29 out 2016

Quem já deu o pontapé inicial no projeto de intercâmbio, sabe que costumamos fraquejar em alguns momentos. As dúvidas nos consomem e nos perguntamos: Será que a decisão de se afastar de tudo está correta? Será que o investimento vale a pena? Será alcançarei o meu objetivo?

Para amenizar os “serás” e te ajudar a seguir em frente, separamos alguns sites e ferramentas disponíveis na Internet que permitem uma espécie de viagem virtual. Elas nos adiantam, pelo menos em mente e espírito, o que teremos a oportunidade de ver na Irlanda.

Então, seguem as sugestões e o espaço fica aberto para colaborações. É só compartilhar suas sugestões nos comentários.

Tour virtual

Fotos: Shutterstock

Fotos: Shutterstock

O site Virtual Visit Tours tem várias fotos em 360° da Irlanda e o acesso é gratuito. O legal da página é que podemos buscar as imagens por cidades e também por tipo de lugares, como castelos e praias.

Normalmente, cada um dos pontos tem mais de uma foto e na abertura da tela sempre há uma introdução sobre o que é o lugar e a importância histórica dele para o país. A leitura também se torna uma oportunidade de exercitar o inglês.

São locais belíssimos, que fortalecem nossa decisão de continuar no projeto de intercâmbio. É tanta coisa, que pensamos até em ampliar a nossa estadia no país para poder ver o máximo possível.

Sites oficiais

VanderWolf Images / Shutterstock.com

VanderWolf Images / Shutterstock.com

Vale a pena dar uma olhada no site oficial de instituições como a Trinity College, a mais antiga da Irlanda. Lá, há um espaço destinado à biblioteca, que tem mais de 4,5 milhões de volumes e parece ter saído de um filme de tão bela.

Além de ter acesso as imagens e pontos de visitação, que são muitos, você poderá dar uma olhada no portfólio de cursos. Afinal de contas, todos que pensam em fazer um intercâmbio para aprender outro idioma, também sonham em colocar no currículo uma especialização ou capacitações mais específicas.

E para quem gosta de museus e afins, não pode deixar de lado os museus Nacional da Irlanda e de Arte Moderna. Em ambos existem muitas informações, fotos e relatos das atividades desenvolvidas.

Passeio pela cidade

Depois de saber em qual escola você irá estudar durante a estadia na Irlanda, o futuro intercambista pode dar uma volta pelas redondezas sem sair da cadeira. É só utilizar o já conhecido Google Street View e visualizar a fachada do prédio, bem como os comércios que existem nas imediações.

Com um pouco de imaginação, dá para se imaginar entre as pessoas em um dia normal, simular a rotina desejada ou até idealizar onde tomaria um café antes de entrar na aula.

Também é possível utilizar a ferramenta para calcular as distâncias e ver quanto tempo gastaria para fazer percursos usando o transporte público ou à pé, já que o carro vai ficar no Brasil.

Vídeos, filmes e documentários

Fotos: Shutterstock

Fotos: Shutterstock

Existem alguns documentários muito interessantes sobre a história e os costumes irlandeses. Neste caso, não estamos falando dos vídeos de intercambista, mas de um material mais acadêmico mesmo. Após entender as dificuldades e impasses que circundam a trajetória do país, respeitamos e conseguimos nos adaptar com maior facilidade. Um deles é o História da Irlanda – a luta pela Independência, disponível no YouTube.

Assistir filmes com temas, artistas e ambientes irlandeses também ajuda. Aqui no E-Dublin há, inclusive, uma matéria com a sugestão de 17 filmes, sendo que alguns deles estão disponíveis no YouTube e NetFlix.

Revisado por Tarcísio Junior
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Sobre o Autor


Caroline Rodrigues estudou Jornalismo na Universidade Federal de Mato Grosso e trabalhava em Cuiabá, onde perambulou por vários veículos de comunicação e assessorias de imprensa por 13 anos. Depois de tomar um café e conversar com amigos, achou que estava engaiolada e resolveu encarar um intercâmbio depois dos 30.

Veja todos meus outros Posts

Orçamento Fácil

Preencha um formulário e receba orçamento de escolas e agências

Comece agora

E-Dublin: Tudo sobre Intercâmbio


Recentes e populares

Cultura

Você já conhece Dundalk, na Irlanda? Deveria!

2 meses atrás, por Elizabeth Gonçalves
Meu Intercâmbio

Intercâmbio: o melhor ano da minha vida

3 meses atrás, por Colaborador E-Dublin
Destinos de Intercâmbio

Vale a pena viajar com a Aer Lingus?

3 meses atrás, por Colaborador E-Dublin