Vídeo que mostra ‘festa’ em pub choca irlandeses e revolta governo

Vídeo que mostra ‘festa’ em pub choca irlandeses e revolta governo

Rubinho Vitti

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Vídeos de uma festa em um pub no centro de Dublin viralizaram na internet, mostrando um garçom distribuindo bebidas no balcão do bar enquanto o público dançava sem distanciamento social ou máscaras, como se fosse uma balada propriamente dita, algo que está proibido na Irlanda.

A “festa” foi divulgada como um evento restrito no Berlin D2, pub conhecido na região central da capital, com ingressos custando 25 euros, distanciamento social e reserva de mesas, o que parece não ter acontecido.

Atualmente, a flexibilização do lockdown está em sua terceira fase, com a quarta fase — que inclui abertura de pubs e casas noturnas — adiada.

Apenas pubs que funcionam como restaurantes podem atuar durante a terceira fase. Os frequentadores precisam, necessariamente, consumir algum prato e a permanência no local deve ser restrita a 90 minutos.

Sobre os vídeos e a festa, o ministro Simon Harris, do Ensino Superior, Pesquisa, Inovação e Ciência tuitou sobre o caso, e foi enfático, dizendo:

“Um chute certeiro no estômago e o dedo médio para todos em nosso país que trabalharam tanto e se sacrificaram tanto, para todos que perderam um ente querido ou adoeceram com COVID19, para todos os trabalhadores da linha de frente e para todos os proprietários de empresas responsáveis que sofreram muito. Vergonhoso.”

Em reportagem da RTÉ, o dono do estabelecimento afirmou que na maior parte do tempo, durante o sábado, o público do bar estava respeitando as premissas impostas pelo governo e que as câmeras internas do pub provam que o vídeo representa “20 segundos de loucura”.

Leia também: Pubs terão valor mínimo de pratos para abrir em junho

O ministro da saúde, Stephen Donnelly, disse que a maior parte dos restaurantes e pubs que atuam como estão seguindo as regras impostas pelo governo para conter o coronavírus. Segundo ele, a Garda esteve em 6.000 estabelecimentos no fim de semana, sendo apenas 26 identificados contrariando regras.

Rubinho Vitti
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar